Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Importância do Tráfego Naval no Comércio

20 de Janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Intercâmbios | Tags: , | 2 Comentários »

Ainda os dados definitivos não foram publicados, e precisam ser examinados com cuidado, mas a ilustração que acompanha o artigo de Rafael Garcia, na Folha de S.Paulo de hoje, ainda que elaborado para aspectos ecológicos, é muito promissora para os que cuidam de intercâmbios.

Todos que atuam no comércio internacional sabem que as “praças” que indicam a frequência dos navios em determinados portos são cruciais para estas atividades. Os tráfegos de navios, principalmente os que transportam “contêiners” entre a Europa e os Estados Unidos, ou da Ásia para os Estados Unidos, e vice-versa, são intensos, enquanto a América do Sul fica um pouco fora das rotas internacionais, nos prejudicando.

Passei por uma experiência que exigia a importação urgente de um grande equipamento médico do Japão pelo Brasil. Ele teve que ser transportado, em contêiner, para os Estados Unidos e de lá embarcado, via aérea, para o Brasil.

Ainda que os navios transportadores de contêiners tenham aumentado de frequência para o Brasil nos últimos anos, ainda continuam insignificantes quando considerado o que acontece no comércio mundial. No mundo globalizado, a logística ganhou maior importância, exigindo entregas “just on time”, para que todas as condições mais vantajosas de cada local possam ser aproveitadas.

É uma preocupação que deve ocupar as mentes das autoridades, principalmente quando está havendo uma maior descentralização das atividades pelas diversas regiões, como no Brasil, e os seus portos necessitam contar, não só com retaguardas e equipamentos adequados e armazéns alfandegados, com a frequência dos navios.


2 Comentários para “Importância do Tráfego Naval no Comércio”

  1. edson
    1  escreveu às 17:33 em 13 de Fevereiro de 2010:

    gostaria de ficar mais imformado desta questao

  2. Paulo Yokota
    2  escreveu às 02:16 em 15 de Fevereiro de 2010:

    Caro Edson, o tráfego maritimo entre a Ásia e Estados Unidos ou Estados Unidos são elevados, com muitos porta conteiners saindo e chegando diariamente. Lamentavlmente, com relação à America do Sul são baixas, salvo os que transportam minérios por Tubarão ou Itaquí. Mas precisam de carga de retorno para serem eficientes.


Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: