Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Japan Foods 2010 São Paulo

20 de fevereiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Gastronomia | Tags: , , , , , | 4 Comentários »

Com a presença do vice-presidente da JETRO – Japan External Trade Organization, Yukiriro Uehara, e do cônsul geral adjunto do Japão, Masahiko Kobayashi, e dezenas de convidados, foi realizado o coquetel de lançamento do Japan Foods no restaurante Kinoshita.

O evento que irá até o dia 10 de março, no Supermercado Pão de Açúcar do Shopping Iguatemi, apresenta novidades. Como o chá verde orgânico, licor de ameixa, saquê cítrico de yuzu (limão japonês), conserva de legume, yuzu kosho (pimenta com limão japonês), missô (pasta de soja fermentada) branco orgânico, missô líquido, molho de alho para bife, geleia de cereja, e outros produtos importados do Japão. Todos eles são bem-vindos.

Este evento traz ao conhecimento dos consumidores brasileiros produtos que usualmente não são encontrados nas casas especializadas. Contribuirá, sem dúvida, para o aperfeiçoamento da culinária japonesa no Brasil, pois alguns destes produtos só são utilizados nos restaurantes muito especiais.

Com a crescente globalização que está se processando, espera-se que produtos brasileiros, num intercâmbio sadio, também sejam apresentados aos consumidores japoneses, com base na diversidade disponível neste país. Além dos já colocados no Japão tradicionalmente, como o suco de laranja e frango, já estão devidamente autorizados pelas autoridades sanitárias japonesas muitos produtos que são consumidos não só pelos brasileiros residentes naquele país como os de outras origens.

Muitos produtos, principalmente conservas, utilizados na culinária oriental, estão sendo produzidos no Brasil, com diferenciações que os distinguem. Chegou a hora das restrições políticas e absurdas para carnes, como as bovinas, com a alegação da existência de aftosa (em todo o sul do México), serem derrubadas, quando o Japão já importa quase tudo da China.

No passado, a alegação da restrição para os produtos brasileiros era o risco de uma invasão de produtos chineses, que já ocorreu. Como o Brasil não apresenta restrições não tarifárias aos produtos japoneses, o mínimo que se pode esperar é uma reciprocidade.


4 Comentários para “Japan Foods 2010 São Paulo”

  1. Sandra
    1  escreveu às 10:38 em 1 de março de 2010:

    O site se equivocou ao mencionar o nome do vice-presidente da JETRO matriz. A pessoa em questao é o Sr. Tokuyuki Sudo e não Yukihiro Uehara como consta.

  2. Paulo Yokota
    2  escreveu às 11:52 em 1 de março de 2010:

    Cara Sandra,

    Muito obrigado pela retificação. Fiz uma confusão com os cartões de visita que recebí na ocasião.

    Paulo Yokota

  3. márcia maria
    3  escreveu às 12:40 em 3 de abril de 2011:

    Por favor, informar a data do evento em 2011, para que possamos participar. Sou de Salvador BA e minha filha estuda gastronomia e esta direcionando para a cozinha japonesa.

  4. Paulo Yokota
    4  escreveu às 16:59 em 3 de abril de 2011:

    Cara Márcia Maria Mendes da Mata,

    O governo japonês, diante das catástrofes naturais que o país sofreu, está restringindo estas atividades. Mas, o setor privado continua ajudando no intercâmbio nesta área. No próximo mês de junho, no Hotel Hyatt devemos ter a visita de dois chefs de Kyoto, da chamada Kaiseki Kyori, ou seja, alta cozinha japonesa. Possivelmente haverá um workshop que costuma ser efetuado na Faculdade Anhembi Morumbí que tem diversos cursos de gastronomia e dependências para tanto.

    Paulo Yokota


Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: