Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Nikkei Começa a Subscrição da Versão Online

26 de Fevereiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Notícias | Tags: , ,

 O maior jornal econômico do mundo, o Nikkei, do Japão, maior que o Wall Street Journal, de Nova Iorque, e o Financial Times, de Londres, tornou-se o pioneiro nesta iniciativa entre os diários daquele país.

Este Nikkei é a “bíblia” dos empresários, altos executivos, políticos e todos que acompanham o que acontece no Japão e no mundo.   Quando chegamos para visitar uma unidade industrial nas proximidades de Tóquio, fomos recebidos com “red carpet”, pois este jornal tinha publicado a agenda do primeiro-ministro e informou que tínhamos sido recebidos por ele numa audiência particular.

Os jornais japoneses estão entre os que menos tiveram redução dos seus anúncios nos últimos anos, mesmo com a atual crise que continua afetando todo o mundo.

Ainda assim, todos estão se movimentando para as notícias, que envolvem trabalhos importantes de muitos jornalistas, que são onerosos, para manter a viabilidade da imprensa livre.  Mas, é preciso que se mantenham atualizados tecnologicamente, acompanhando o que vem acontecendo no mundo atual, com mudanças numa velocidade assustadora.

Como dizia um velho observador, “quem não corre muito é atropelado…”  Os jornais japoneses continuam com uma tiragem das mais elevadas do mundo, com mais de 50 milhões de exemplares/ dia. Só o Yomiuri tem uma tiragem diária que supera a soma do USA Today, Wall Street Journal, New York Times, The Sun e The Daily Mail.

A circulação dos jornais caiu 6% com relação a última década, e muitos jovens se voltaram para os celulares móveis e para a internet.  Os jornais precisam acompanhar este movimento.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: