Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Investimentos em Energia Limpa

25 de março de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Notícias | Tags: , | 2 Comentários »

Todos sabem que há um esforço mundial investindo na produção de energia limpa, e que a China é considerada um dos países mais poluentes do mundo.

Os levantamentos feitos pela Pew Charitable Trusts sobre os investimentos efetuados na geração de energia limpa mostram que os chineses começaram a fazer pesados investimentos na área, quase o dobro efetuado pelos Estados Unidos.

grafico

É evidente que estes esforços foram afetados pela crise recente, mas os dados indicam que já há uma recuperação, sendo a quase totalidade feita dentro do chamado G20.

O Brasil figura no sexto lugar, mas não fica muito claro quais tipos de investimentos estão sendo considerados. Sugere-se que ter metas específicas seria mais interessante, mas alguns países resistem.

Porém, os entendimentos internacionais continuam e a pressão da opinião pública mundial está aumentando a consciência das autoridades de que esforços substanciais terão que ser efetuados, para evitar o aquecimento global e suas consequências.


2 Comentários para “Investimentos em Energia Limpa”

  1. Missao Tanizaki
    1  escreveu às 17:54 em 25 de março de 2010:

    Energia limpa X Energia Sustentável & AGUAPÉ

    Prezado Cidadãos Brasileiros,

    Eu arriscaria em afirmar que a Energia Solar, Hidrogênio, entre outras fontes, são as Energias Mais Limpas, porém o AGUAPÉ é ÚNICO porque, através da sua BIOMASSA, podemos produzir Energia SUSTENTÁVEL, Biofertilizante, Derivados Similares aos do Petróleo, como podemos Gerar Milhões de Empregos Dignos & Distribuição de Renda, Preservar o Meio Ambiente & Biodiversidade, entre outros benefícios, evitando-se Futuros Conflitos, entre os POVOS.

    Porque com o AGUAPÉ se pode Produzir Energia SUSTENTÁVEL ? ? ? ? ? ?

    Para a Produção & Industrialização do AGUAPÉ requer estabelecer muitos Milhares de Pequenas Barragens por todo o Brasil – essas Barragens podem proporcionar a Produção do AGUAPÉ, em Grande ESCALA, podendo ser utilizadas para Instalações de Pequenas Hidrelétricas.

    O AGUAPÉ pode ser utilizado para a Produção de Biofertilizante & Biogás, podendo esse Biogás ser utilizado em Sistema Moto Gerador de Energia Elétrica e muito mais – Além de ser o mais Importante Despoluidor das ÁGUAS & Recuperador dos Solos Degradados ele pode, também, substituir toda Produção do Petróleo & Derivados (isso não é UTOPIA). Quer mais ? ? ? ? ? – ele poderá vir a se tornar numa Importante Fonte de BIOMASSA para Produção de Alimentos & Ingrediente para Ração Animal.

    As Pequenas Barragens, também, é FUNDAMENTAL para que a ÁGUA possa ser Melhor Distribuída por toda Sociedade Brasileira, independente de ser Rico ou Pobre, como, também, possa ser melhor utilizada na Produção Agropecuária, independente de ser da Agricultura Familiar ou ser um Grande Produtor Rural.

    Energia Limpa pode até ser Barato, mas se enquadra como NÃO-ÉTICO, Centralizador, entre outros aspectos NEGATIVOS, mas não é sinônimo de ENERGIA SUSTENTÁVEL.

    O AGUAPÉ pode produzir ENERGIA SUSTENTÁVEL e pode contribuir decisivamente para LIBERTAR definitivamente o Povo Brasileiro das ameaças & escravidão do século, como das Pressões Internas & Externas, entre outros ABUSOS, porque promove o Desenvolvimento SOCIAL & Econômico do Brasil, de FATO, SUSTENTÁVEL.

    NOTA: fica aberto o Seu Espaço para apresentação das suas manifestações (Comentários & Sugestões) – elas serão sempre Bem Vindas e a Sociedade Brasileira em breve AGRADECERÁ por isso.

    ALERTA: NÃO VOTE em POLÍTICOS NÃO-ÉTICOS que PROMETEM e NÃO CUMPREM.

    Um Abraço Fraterno aos Interessados pelo AGUAPÉ,

    MISSAO TANIZAKI
    Fiscal Federal Agropecuário
    Bacharel em Química
    missao.tanizaki@agricultura.gov.br (Com Problemas)
    missao.tanizaki@gmail.com (NOVO)
    Equipe BR do AGUAPÉ
    TUDO POR UM BRASIL & MUNDO MELHOR

  2. Paulo Yokota
    2  escreveu às 17:37 em 25 de março de 2010:

    Caro Missao Tanizaki,

    Apesar de concordar parcialmente com suas colocações em termos enfáticos, autorizei a sua publicação. Conheço algumas pesquisas científicas feitas sobre o produto que mencionou, mas ainda não encontram respaldo nos organismos considerados internacionalmente. Apesar de todos os atos nossos terem alguma conotação política, não concordamos com nenhuma manifestação, mesmo do seu tipo, no nosso site.

    Paulo Yokota


Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: