Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Aspectos Asiáticos Que Chamam a Nossa Atenção

10 de Janeiro de 2011
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Política | Tags: , ,

É mais que natural que nossas atenções sejam voltadas ao rápido crescimento da economia chinesa bem como o aumento de sua presença mundial nas últimas décadas. Mas, para uma avaliação equilibrada, é preciso levar também em consideração os problemas que enfrenta e procura suavizar as reações que provocam no exterior. Os chineses já são tão importantes que incomodam a todos, principalmente aos seus vizinhos. Num artigo publicado no Financial Times, seu vice-premiê Li Keqiang procura enfatizar que o crescimento chinês está ajudando a economia mundial, bem como seus vizinhos.

Ao mesmo tempo, no China Daily, Mu Guangzong chama a atenção para o problema das necessidades emocionais e espirituais da grande massa de populações da terceira idade daquele país. Os acima de 60 anos já superam 160 milhões de habitantes, e somente os estão empregados nas empresas estatais contam com assistências sociais adequadas.

Li Keqiang

Vice-premiê chinês Li Keqiang

É evidente que o desenvolvimento chinês não pode continuar provocando reações que se observam atualmente no resto do mundo, pois também ela dependem do mundo globalizado. E os problemas que enfrenta são os usuais das economias emergentes, pois a sua renda per capita continua baixa, com o agravante de contar com uma estrutura populacional mais idosa, diante da política que vem adotando para manter baixa a sua taxa de natalidade.

A China e a Índia, que contam com populações que superam ao bilhão, ainda que estejam alcançando recentemente taxas de crescimento elevadas, carregam problemas sociais igualmente gigantescas. Estes desafios estão sendo encarados com perspectivas de prazo longo, com maciços investimentos efetuados no desenvolvimento tecnológico, de forma a proporcionar eficiências competitivas no mundo globalizado.

Ao mesmo tempo, com a melhoria do bem estar econômico, as novas massas que ingressam no mercado também alimentam aspirações de maior participação política, dentro de um quadro de grande diversidade étnica, cultural e religiosa. São problemas que devem ser invejados.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: