Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Se Existe Uma Música Universal…

17 de Janeiro de 2011
Por: Paulo Yokota | Seção: Cultura | Tags: ,

O grupo musical brasileiro Mawaca completou 15 anos de existência com uma excelente apresentação no SESC Pinheiros em São Paulo, com a coordenação e promoção de Jo Takahashi. Se existe uma música que pode ser considerada universal, a deste grupo é a que mais se aproxima dela, sendo de origem brasileira, ousada. Acompanhando a sua carreira por mais de uma década, nota-se o seu amadurecimento, cobrindo um repertório que pode ser considerado de influência mundial. Tem raízes profundas no Brasil, nas suas variadas etnias indigenistas e na herança musical da Europa e da África, mas foi buscar contribuições nas mais variadas partes do mundo, nas Américas, na Ásia, nos países que são considerados ainda exóticos. Nos povos que tem visitado, numa jornada de amizade, sempre utilizando a linguagem da música e da expressão corporal.

Numa parceria que já perdura há tempos com a Fundação Japão, incorporou aspectos incomuns como os shamisens, kotos e o taikos, tendo no seu repertório algumas músicas de fundo folclórico do Japão, coisa muito rara no Brasil. Numa recente temporada na China, onde o grupo se apresentou inúmeras vezes na Expo Xangai 2010, o grupo Mawaca absorveu também as contribuições da música chinesa. Já tinha influências hindus e, portanto, completou o que há de relevante na Ásia, acontecimento incomum entre músicos de qualquer parte do mundo.

py222

O grupo tem o espírito do viajante, do imigrante, considerando-se um locatário do mundo, o que tanto acontece com os seres humanos como com a sua música. Mesmo tendo uma origem determinada, ela vai recebendo leituras diferentes em outras paragens com outros intérpretes, incorporando novas contribuições. Na do grupo Mawaca fundem-se contrastes diferentes, como a chinesa com o candomblé da Bahia, da japonesa com a nordestina do Brasil, sempre de forte carga popular.

Sente-se a forte influência cigana, por excelência de origem na Europa Central e nômade, como dos traços acentuados que os árabes deixaram na Península Ibérica. Como todas as contribuições se fundem harmonicamente, não se pode destacar uma no seu conjunto, mas em alguns números inspirados em canções de alguns países ou povos. Mas a base marcante é brasileira, fora das correntes mais tradicionais, espontânea.

É um grupo criativo, ele é paralelo ao dominante, aberto a todos os tipos de manifestações musicais populares, aquelas utilizadas pelo povo para expressar a sua alegria, para estimular o seu trabalho. Também para contar sobre as suas lutas, sobre os seus amores. Nem todos os instrumentos musicais utilizados são consagrados, alguns produzem simplesmente sons musicais.

Que tenham vida longa e promovam os entendimentos entre os povos, ajudem a derrubar barreiras, mostrem que o mundo é uma aldeia, constituída de seres humanos ávidos para se comunicarem uns com os outros, o que é deveras facilitado pela música.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: