Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Mudanças nas Estratégias da Doutor Coffee

13 de Fevereiro de 2012
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais, Notícias, webtown | Tags: , ,

A Doutor Coffee é uma rede japonesa de lojas para servir café e o seu nome decorreu da lembrança do seu criador em 1962, do período em que morava em São Paulo, numa rua que começava com este “Doutor”. Chegou a contar com 1.500 estabelecimentos em 2007, que se reduziu a cerca de 1.400 atualmente, basicamente em função da concorrência que vem sofrendo de redes como a Starbucks. Foi à primeira no Japão a instalar sistema como a do Brasil onde os clientes se servem, tomando café até em pé.

O jornal Nikkei anuncia que o grupo resolveu mudar a sua estratégia, passando a contar com lojas maiores e mais brilhantes e a funcionar como uma rede de fast food. Metade das suas lojas terá o dobro das dimensões atuais. As lojas maiores serão abertas nos distritos de negócios e shoppings, como as próximas às estações de trem, contando com sofás e paredes de espelhos.

imagesCAKVQI20Nni20120212D1002A05133034

Novo design das lojas da Doutor Coffee: espaços mais amplos e confortáveis

A empresa tem como objetivo conseguir nas novas lojas uma venda de 20 a 30% superior as atuais. Cerca de 10 das novas lojas já está em funcionamento. Nestes estabelecimentos não serão permitido fumar, pois no Japão existem algumas lojas com salas especiais e segregadas que ainda permitem o fumo, em algumas redes.

Enquanto o número de clientes do sexo feminino é de 50% nas lojas atuais, espera-se que atinja a 70% nas novas, que contarão com instalações mais confortáveis para um tempo maior de permanência, inclusive para refeições ligeiras.

Para se entender melhor o que vem acontecendo em países como o Japão, a partir do qual tende a se estender para outros da Ásia, é preciso uma explicação mais ampla e histórica.

No Japão havia, no passado, muitos estabelecimentos individuais ou familiares chamados “kisatens”, onde os jovens estudantes ou não permaneciam muito tempo lendo jornais, revistas, livros ou fazendo alguns trabalhos, ao mesmo tempo em que tomavam chá e outras bebidas e apreciavam alguns doces, servidos por alguém.

Com a instalação inicial de lojas como a do Doutor Coffee, eles passaram a contar com poucas instalações para uma estada mais demorada, pois o café passou a contar com um autosserviço. Aos poucos, foram aparecendo grupos europeus que também serviam outros alimentos como sanduiches, com mesas para o seu consumo, mesmo que estabelecimentos como a Mc Donald não tivessem uma expansão.

Também se expandiram as chamadas Family Restaurants para servir refeições mais simples, diferentes dos que são consumidas pelos japoneses como as casas de udon (sopa de macarrão) ou lamen (macarrão tipo chinês). Também existem outras redes japonesas de pratos orientais (como curry) ou fast food de melhor qualidade.

Com a ampliação da rede Starbucks por todo o mundo, foi sendo instaladas as facilidades para o “wi-fi” e o uso de computadores, bem como sofás para estadas mais longas ao mesmo tempo em que consome café.

Estas modificações são dinâmicas e constantes, dependendo da moda que passa a ser adotada.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: