Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Aproveitamento de Plásticos Para a Produção de Combustíveis

7 de Maio de 2012
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais, Notícias, webtown | Tags: , , | 2 Comentários »

Minha amiga professora Mineko Tominaga, pesquisadora da Universidade Federal de São Paulo, solicita-me divulgar estas informações, o que faço com o maior prazer. Um japonês chamado Akinori Ito desenvolveu um equipamento que, mediante aquecimento, sem a produção de CO2, transforma plásticos de diversos tipos em gasolina, diesel e querosene. O assunto pode ser acessado pelo vídeo: http://www.flixxy.com/convert-plastic-to-oil.htm

O seu custo é extremamente baixo, e os modelos podem ser localizados pelo texto em inglês:

The machine produced in various sizes, for both industrial and home uses, can easily transform a kilogram of plastic waste into a liter of oil, using about 1 kW·h of electricity but without emitting CO2 in the process. The machine uses a temperature controlling electric heater instead of flames, processing anything from polyethylene or polystyrene to polypropylene (numbers 2-4).  Comment: 1 kg of plastic produces one liter of oil, which costs $1.50. This process uses only about 1 kW·h of electricity, which costs less than 20 cents!                                             

Brochure: pdf   Contact: e-mail


2 Comentários para “Aproveitamento de Plásticos Para a Produção de Combustíveis”

  1. Lucília Lopes Silva
    1  escreveu às 09:24 em 8 de Maio de 2012:

    Eu vi uma outra notícia, se não me engano na CNN, que estão a experimentar ou já a fabricar táxis com placas para captação de energia solar no lado externo do teto. Fantástico! Com o abandono (espero que definitivo) da energia nuclear pelo Japão, os engenhosos japoneses terão de colocar toda a sua capacidade criativa para captar energia limpa da própria Natureza. Espero que as bem sucedidas descobertas sejam compartilhadas com todo o mundo. Este tem de ser o milênio do conhecimento. Como Steve Jobs disse e fez, precisamos dar uma mordida no Universo, ou seja, buscar a verdadeira ciência que nos beneficie a todos – e não a que gera poluição, a que nos envenena e mata. Será que um dia teremos ônibus e caminhões a expelirem fumaça benéfica para os pulmões e o coração? Cigarros com as mesmas propriedades seriam muitíssimo bem-vindos 🙂 Forte e cordial abraço a todos!

  2. Paulo Yokota
    2  escreveu às 18:51 em 8 de Maio de 2012:

    Cara Lucilia Lopes Silva,

    Obrigado pelo comentário. Existem muitas coisas que estão avançando e esperamos que no Rio + 20, apesar das dificuldades presentes os sonhos por um desenvolvimento sustentável fiquem mais claros e funcionais. Mas, ainda temos muitos obstáculos de países fortemente poluidores como os Estados Unidos e a China. Mesmo no Brasil temos muitas limitações que precisamos superar.

    Paulo Yokota


Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: