Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Aumento das Tensões da China com os seus Vizinhos

27 de Maio de 2012
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais, Notícias, Política, webtown | Tags: , , | 2 Comentários »

Yuriko Koike foi ministra de Defesa do Japão e é atualmente a líder da oposição na Dieta daquele país, considerada uma das mais competentes especialistas em assuntos internacionais. Num novo artigo distribuído pela Project Syndicate, ela expressa que a China está expandindo o conceito de seus “interesses fundamentais”, fazendo fracassar a recente reunião de cúpula entre os três países do Extremo Oriente, o Japão, a Coreia e a China, além de aumentar as tensões com relação aos seus vizinhos. Intensificou-se a ação chinesa nas disputas das chamadas Scarborough Schoal com as Filipinas e as ilhas Senkaku do Japão.

A autora explica que a China está reafirmando as suas posições com relação a Taiwan, Tibet e Xinjiang, não admitindo discutir os problemas dos direitos humanos relacionados aos seus habitantes, considerando os como seus “interesses fundamentais”. Quando da recente reunião de cúpula do Japão, Coreia e China, o premiê Wen Jiabao mencionou que os movimentos de independência de Xinjiang Uyghur e os relacionados com as Ilhas de Senkaku também faziam parte dos seus “interesses fundamentais”, sendo a primeira vez que tal qualificação era usada com relação ao Mar do Sul da China. Isto levou ao fracasso da reunião de cúpula, não permitindo sequer a condenação da Coreia do Norte sobre seus testes com foguetes, segundo a autora, como esperado pelo Japão e pela Coreia.

Japanese PM Candidates Hold Press Conference ik9OCcokuTpl

Yuriko Koike

A China nunca teve pretensões de expansão territorial, mas evita problemas de independências das áreas que consideram do seu território. As recentes disputas e aumento das tensões decorrem do fortalecimento de sua capacidade militar, tanto procurando defender as rotas vitais para o seu abastecimento, com as possibilidades de localizações de minérios, notadamente petróleo e gás, no Mar do Sul da China, o que aumenta as tensões com os seus vizinhos.

Enquanto muitos destes países vizinhos avançam no seu processo de respeito aos direitos humanos como no aperfeiçoamento do seu sistema político, aproximando-se da democracia como conhecido no Ocidente, existem concepções chinesas que estão ligadas as suas tradições históricas e culturais. E o seu acelerado processo de desenvolvimento econômico visando incorporar os seus pobres absolutos no mercado acabam criando tensões internas e externas.

Com a redução da capacidade militar dos Estados Unidos em todo o mundo, as apreensões aumentam na Ásia, pois nem todos conseguem acompanhar o aumento de suas forças militares para fazer frente à China. O mercado chinês, mesmo com a desaceleração da sua expansão, continua necessitando de abastecimentos adicionais, e muitos países continuam interessados no seu fornecimento.

Separar estas questões nem sempre é fácil, mesmo nos períodos normais, e quando as turbulências mundiais se acentuam, acabam ficando mais difíceis.


2 Comentários para “Aumento das Tensões da China com os seus Vizinhos”

  1. Ilhas Senkaku, motivo de tensão entre Japão e China » Blog SURIEMU
    1  escreveu às 20:56 em 19 de setembro de 2012:

    […] Blog Asia Comentada – Aumento das Tensões da China com os seus Vizinhos […]

  2. Paulo Yokota
    2  escreveu às 22:54 em 19 de setembro de 2012:

    Obrigado pela menção.

    Paulo Yokota


Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: