Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Bento Box Faz Sucesso na França

25 de Abril de 2013
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais, Gastronomia, Notícias, webtown | Tags: , , , ,

No intenso intercâmbio da gastronomia francesa com a japonesa, tudo indica que os mais variados motivos acabam ganhando um destaque na fusion que ocorre intensamente entre duas consagradas culinárias. Os japoneses, que sempre tiveram consideração pela cozinha francesa, suavizando seus usos de sais, gorduras e açúcares, com apresentações esmeradas, ganharam uma admiração dos consagrados chefs franceses como Paul Bocuse e Joel Robuchon. Um artigo no Yomiuri Shimbun, de gigantesca tiragem no Japão, escrito por Yoshiko Kosaka, destaca o papel destacado que o Bento Box de Noriyuki Hamada, do Hoshino Resort, ganhou no concurso Bocuse d’Or realizado em Lion, na França.

É preciso esclarecer que o chamado genericamente de Bento Box ganha as mais variadas formas no Japão, desde simples lanches que oferecem uma refeição fria nas estações de metrô ou trens japoneses, como refeições tipo executivos nos restaurantes comuns, até formas sofisticadas que são apresentadas nos estabelecimentos de alta cozinha. O que os diferenciam são os variados conteúdos, mas que costumam envolvem diversos alimentos apresentados dentro de um tipo de caixa, formando um conteúdo que vão de esplêndidas apresentações até as mais simples e práticas.

540972_538443392863129_418557672_nhoshinoya_karuizawa_food_9_11untitled

O artigo menciona que no concurso francês o que foi apresentado não é o usual dos japoneses, pois, além de uma apresentação esmerada, o aroma que atingiu os juízes quando da abertura de sua tampa era impressionante. Mas, mencionando Joel Robuchon que tem diversos estabelecimentos no Japão, informa que ele se esforça para apresentar aos franceses a grande cozinha caseira dos japoneses, que começou com um tipo de marmita que todos levavam de casa para seus locais de trabalho no passado.

Muitos informam que o bento acaba sendo mais econômico que ir a um restaurante, mas acaba apresentando o inconveniente de ser utilizado em reuniões de trabalho, quando os lanches acabam sendo ligeiros, ao mesmo tempo em que não se interrompe as discussões ou trocas de ideias. Muitos estabelecimentos japoneses fornecem estes tipos de bento para escritórios, inclusive no Brasil.

Numa descrição superficial, o artigo menciona até empresas japonesas que oferecem estes tipos de bento online até para estrangeiros, com estabelecimentos instalados na Europa, Estados Unidos e Austrália. Evidentemente, podem haver sistemas de entrega, mas não podem atingir grandes distâncias, pois são alimentos preparados que devem ser consumidos rapidamente.

O artigo informa que no Japão está havendo um renascimento do bento, com programas envolvendo designers famosos, que devem estar caprichando nas apresentações. Indústrias de alimentos estão efetuando palestras usando designers gráficos conhecidos. Revistas consagradas, como o Bungei Shunju, voltadas para assuntos culturais, estão cuidando também do assunto, inclusive na forma de livros.

Ainda que se trate de iniciativas criativas que permitem muitas adaptações, parece que o recomendável é que os tempos para as refeições sejam exclusivos também para um relaxamento, não devendo ser confundido com o fast food.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: