Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Um Passo Adiante Para São Paulo

26 de Janeiro de 2014
Por: Paulo Yokota | Seção: Cultura, Economia, Editoriais, Notícias | Tags: , , , , ,

Em função dos 460 anos de São Paulo, muitas sugestões foram apresentadas, muitos procurando uma visão de longo prazo como o Plano Diretor, enfatizando os problemas mais agudos de mobilidade, além da aspiração de maior participação da população nas decisões que afetam a todos, procurando aperfeiçoamentos em muitas coisas que já estão sendo efetuadas. Parece que há necessidade que estas sugestões encontrem formas operacionais para serem aproveitadas, considerando as limitações naturais dos recursos, respeitando as tendências futuras desta metrópole, aproveitando e adaptando mecanismos que estão funcionando adequadamente em outras localidades. Muitas sugestões foram formuladas, mas parece que há necessidade de que sejam adequadamente agrupadas num conjunto orgânico para poderem receber as críticas da população, que são sábias sobre suas necessidades, e que podem complementar os de seus representantes escolhidos eleitoralmente.

Existem tendências que estão se observando em metrópoles como São Paulo em todo o mundo e que são inexoráveis. Uma decorrente da evolução demográfica, que é condicionante implacável com diferenças nas muitas regiões desta metrópole, como aumento relativo da população idosa, que já supera os 20% em muitos bairros. Outro seria a disseminação crescente dos meios de comunicação eletrônica, com custos decrescentes, que permitem um processo de interação das autoridades com a população, que ainda não está sendo utilizados, considerando as diferenças entre as diversas localidades, que podem atender com eficiência as aspirações de maior participação nas decisões. São aspectos que já contam com experiências exitosas em outras metrópoles semelhantes com São Paulo.

1402553

Editoria de Arte/Folhapress

Existem experiências como de Tóquio, uma metrópole tão complexa como São Paulo, onde estão disponíveis em linguagem simples, todas as informações úteis para a população, como os eventos educacionais, culturais e esportivos que podem ser aproveitados pela população pela internet, de forma interativa. Desde os que interessam às crianças como até aos idosos. Também são fornecidas as informações sobre os orçamentos públicos existentes, bem como as fontes dos recursos, além dos investimentos em infraestrutura urbana programados. O aumento destas informações rápidas aumenta a eficiência dos investimentos públicos efetuados, que são hoje baixos, podendo receber também críticas sobre os que são considerados inadequados pela população, minimizando os inconvenientes das obras para a população. Tais sistemas podem ser aperfeiçoados e adaptados paulatinamente também para iniciativas público-privadas, fazendo com que seus custos possam ser arcados por publicidades relacionados às informações que interessam a população.

As contribuições atuais para as melhorias no Plano Diretor exigem ritos que exigem o dispêndio de tempo e organização para aumentar a participação, ainda que contribuam para uma visão de prazo mais longo. Pelos meios eletrônicos são facilitadas as contribuições de qualquer cidadão e as mais plausíveis podem ser aproveitadas pelas autoridades aumentando a coesão social para aqueles que serão adotados. Com as limitações orçamentárias, seriam adotadas as prioridades, sabendo-se o que estaria sendo postergados nas suas execuções.

A eficiência poderia ser alcançada também no aproveitamento dos eventos que seriam programados, permitindo as reservas antecipadas dos interessados, como nos eventos culturais. Na educação, seriam ampliados os conhecimentos das alternativas disponíveis, o que poderia ser efetuado também no setor de saúde e de assistência social.

Reconhecendo que a população está mais interessada nas informações da região em que circulam que não é de toda a metrópole, haveria mecanismos para facilitar as suas divisões, como pelos bairros. Estas informações não se restringiriam aos públicos, mas também promovidas por outras entidades sem finalidade de lucro ou comerciais.

Hoje, os custos de elaboração destes sistemas vêm se reduzindo, podendo contar com a participação de centros universitários e outros que estão se aprofundando nestes tipos de iniciativas. Poderiam oferecer também informações como de economia de energia e de água, bem como reaproveitamento dos resíduos, forma de redução da poluição.

Com o sistema cada vez mais integrado dos meios de transporte, as alternativas mais eficientes poderiam ser destacadas para eventuais deslocamentos necessários, inclusive dos horários mais convenientes. São inesgotáveis as informações que poderiam ser oferecidas, contando interativamente, com a contribuição da população para o seu aperfeiçoamento constante.

A disseminação do uso destes sistemas eletrônicos também contribuiria para a inserção de mais habitantes nestes avanços que são possíveis com as tecnologias disponíveis, com velocidades crescentes com os novos avanços que estão obtidos, tanto dos meios de acesso como das bandas que estão sendo utilizados pelas gerações que continuam avançando.

Na realidade, o futuro já chegou e a população de São Paulo está tirando partido dos avanços, mais rapidamente do que imaginam muitas autoridades, que estão ficando defasadas com relação aos meios já disponíveis.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: