Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Regulamentação na Exploração do Xisto

24 de Fevereiro de 2014
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais, Notícias | Tags: , ,

Tradicionalmente, nos Estados Unidos, começa a ocupação como do Far West para depois chegar o xerife. No site da Bloomberg, Jennifer Oldham publica um artigo informando de um entendimento pioneiro no Estado do Colorado para uma coalizão das empresas de exploração do petróleo e gás do xisto, mediante o emprego da tecnologia do chamado fracking, com ambientalistas para estabelecer uma regulamentação visando combater o agravamento da poluição. Os maiores produtores do Estado, como a Anadarko Petroleum, Noble Energy e Encana trabalharam com o Fundo de Defesa Ambiental para obter a regulamentação da Comissão de Controle de Qualidade do Ar do Colorado, que corrigiria os vazamentos persistentes de tanques e tubulações nestas explorações.

As emissões provenientes da exploração contribuem para a poluição atmosférica excedendo as diretrizes federais para o lançamento de ozônio prejudicando as Montanhas Rochosas. Inclui o metano que causa o efeito estufa, provocando a mudança do clima. A neblina criada levou o governador John Hickenlooper a pedir para as empresas e ambientalistas elaborarem as regras para o seu disciplinamento. Alguns entendem que isto servirá de modelo para o país, mas outros atribuem intenções eleitorais. As perfurações dos Estados de Colorado, Dakota do Norte, Montana, Pensilvânia e Ohio estão se aproximando mais das comunidades, forçando regulamentações para atender as queixas crescentes de ruídos, tráfegos e riscos das contaminações do ar e da água, havendo onde se estabeleceram restrições às técnicas de perfuração horizontais conhecidas como fracking.

mapa-estados-unidos

Os legisladores estão criando mecanismos pelos quais os moradores podem monitorar e controlar as atividades de perfuração, ao mesmo tempo em que se beneficiam dos recursos gerados pela produção de energia, cujas atividades estavam atropelando os interesses da população local. Também estão estudando medidas adicionais para controlar as poluições provocadas pelos automóveis e caminhões.

Naquele país, muitas destas regulamentações são estaduais, mas, na medida em que são alcançados em alguns Estados, tendem a ser conseguidas em outros, devendo ser destacado que se trata de um processo que se inicia, permitindo aperfeiçoamentos constantes.

Alguns empresários estão conscientes que desejam aperfeiçoamentos que permitam localizar os vazamentos para serem corrigidos. Informa-se que grandes organizações, como a Chevron, que possuem muitas centenas de poços estão interessados nestes aperfeiçoamentos. A Noble Energy teria 8.000 poços e a Anadarko 5.000, e muitos estão estimando que os custos da exploração devem se elevar acima do que está sendo estimado em Colorado, mas também que estas medidas são indispensáveis.

Há esperanças que haja avanços expressivos, incluindo os pequenos produtores, pois não se poderia imaginar que o capitalismo selvagem continuaria imperando nos Estados Unidos, depois de uma ampla conscientização atingida por toda a população.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: