Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Guerra de Pesquisas e Artigos Sobre Elas nos EUA

12 de Março de 2014
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais, Notícias, Política | Tags: , ,

Não é somente no Brasil que pesquisas e artigos são publicados visando efeitos eleitorais. O The Wall Street Journal/NBC News Poll divulga os resultados de uma pesquisa telefônica bastante modesta de 1.000 adultos em todos os Estados Unidos, incluindo 300 que utilizam apenas um telefone celular, entre 5 a 9 de março, efetuada pelas organizações de pesquisas Bill McInturff em Estratégias de Opinião Pública e Fred Yang at Hart Research Associates. Eles contrariam os obtidos pela Bloomberg National Poll e divulgados pelo site da Bloomberg ainda que apresentem os mesmos resultados nas questões relacionadas ao aumento do salário mínimo proposto pelo presidente Barack Obama para os próximos três anos.

Segundo o artigo divulgado por Patrick O’Connor no site do WSJ, a aprovação de Barack Obama teria atingido um novo mínimo, chegando a 41% de aprovação, quando em janeiro era de 43%, ainda que esteja no intervalo de confiança da pesquisa. 54% dos pesquisados desaprovariam o trabalho que está sendo efetuado pelo presidente, com destaque no assunto relacionado com a saúde. Também a política externa dos Estados Unidos estaria sendo condenada. Como a eleição de novembro próximo refere-se aos parlamentares, o artigo informa que ele poderá ajudar pouco os seus colegionários.

bloomber

Ainda que existam divergências com relação aos diversos tópicos consultados pelas pesquisas, o artigo aponta que os democratas possuem na questão relacionada com o aumento dos salários mínimo federal para US$ 10,10 por hora a partir do atual US$ 7,25 nos próximos três anos. A pesquisa indicaria que 58% estão propensos a apoiarem os candidatos a favor, ainda que contrários os que apoiam a segurança social e o Medicare.

Também os pesquisados não parecem propensos a apoiar os que pretendem que os Estados Unidos deveriam adotar uma posição mais afirmativa no cenário mundial.

Estas diferenças que costumam ocorrer em países emergentes parece que ocorrem também nos Estados Unidos, mostrando que sempre existem os que tendem a apoiar o governo como os que são contrários, mesmo que as eleições ainda estejam longe, e a tendência entre os norte-americanos seja uma tradicional rivalidade entre os republicanos e democratas, numa sociedade bastante dividida.

O que aparenta começar a criar um problema difícil para o governo Barack Obama parece ser os problemas como de espionagem que se antes estava voltado para o exterior com a NSA – National Security Agency, agora se volta contra a CIA deste governo que está sendo acusada por figuras inquestionáveis até dos democratas, diante de ações ilegais e inconstitucionais voltadas contra membros do Congresso.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: