Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Evolução na Qualidade do Café no Brasil

25 de Fevereiro de 2015
Por: Paulo Yokota | Seção: Cultura, Economia, Editoriais, Notícias | Tags: , , ,

clip_image002Num artigo elaborado por Paulo Pedroso, publicado no Valor Econômico, informam-se os esforços que estão sendo feitos no Brasil para e desenvolvimento de cafés de elevada qualidade.

Coffee Lab da Isabela Raposeira, uma das pioneiras na melhoria da qualidade do café servido no Brasil

O Brasil que sempre se destacou no mercado internacional de café pela quantidade e não pela qualidade dos seus produtos caminha recentemente por um esforço variado de muitos para aperfeiçoamento das bebidas possíveis, procurando recuperar o tempo perdido.

O artigo informa sobre o cafeicultor e educador mineiro Bruno Souza, que procura seguir a tendência do Specialty Coffee dos Estados Unidos, que está sendo mencionada em revistas especializadas como o Roast Magazine, Barista Magazine e Coffee Review. Ele, que é de uma família de cafeicultores, acabou conhecendo a torrefação mais famosa dos norte-americanos, a Intelligentsia de Chicago.

Retornando ao Brasil, criou a Academia do Café em Belo Horizonte com foco na qualidade da bebida, treinamento de baristas e torra da matéria prima com o sistema chamado “on demand”, usando microlotes de algumas fazendas mineiras.

Isabela Raposeira, do Coffee Lab, também vem fazendo esforços semelhantes, trazendo o torrefador norueguês Tim Wendelboe, que tem ensinado as técnicas que eram usuais dos provadores que se chama “cupping”, desconhecida dos mais jovens. Este norueguês tem três livros publicados sobre o assunto.

Muitos egressos do Coffee Lab, do Suplicy, do Santo Grão e do Octavio Café estão multiplicando estabelecimentos, como o Sofá Café já apontado como um dos três melhores em São Paulo, com apenas dois anos de funcionamento. O movimento no Brasil ainda é considerado discreto quando comparado com o que vem acontecendo em Nova Iorque, Londres e Tóquio, entre outros centros importantes.

Na realidade, com as variedades disponíveis no Brasil, inclusive entre muitos pequenos produtores, está se elevando a qualidade das matérias primas. Também os pontos de torrefação como as misturas com o blend estão se sofisticando, apresentando o café que agrade aos diversos paladares, como se fossem vinho.

clip_image003

Bons cafés costumam exigir maturação uniforme, mas muitos outros cuidados, como na sua secagem e torrefação adequada

Segundo os especialistas, uma verdadeira revolução está ocorrendo com o café de boa qualidade no Brasil, mas, para um país que tinha tradição na quantidade e não cuidou da qualidade, ainda existe uma longa jornada para ser cumprida até se chegar ao ponto já atingido por muitos países. Mas a caminhada já começou…



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: