Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

O Incrível Crescimento Asiático Sem o Japão

24 de Março de 2015
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais, Notícias, Política | Tags: , , | 1 Comentário »

Se existe algo invejável para a América Latina é o crescimento que continua sendo observado na Ásia, mesmo com a desaceleração do crescimento chinês, segundo dados do ADB – Asian Development Bank.

clip_image001

Tabela que ilustra matéria publicada no Nikkei Asian Review

A tabela acima é impressionante, mostrando que o crescimento asiático não depende somente da China, mas de muitos países emergentes de grandes populações que mantêm aquela parte do mundo como a mais dinâmica no mundo atual.

Segundo artigo publicado por Cliff Verzon da Nikkei Asian Review, a ligeira desaceleração que se observa na China, prevista pelo ADB – Asian Development Bank para os dois próximos anos, está sendo compensada pela redução do custo do petróleo e melhorias na Índia, no Sudeste Asiático e nos Estados Unidos. É de fazer inveja para a América Latina, notadamente o Brasil, que não pode continuar com a desculpa de que as dificuldades atuais decorrem da economia mundial.

Mas, cautelosamente, o ADB aponta fatores que podem prejudicar as previsões efetuadas para os próximos anos. A China pode enfrentar problemas no controle de sua redução moderada, a Índia pode sofrer eleitos colaterais do seu crescimento que está se elevando, a crise europeia provocada pela Grécia pode ser mais complicada, a Rússia poderá aprofundar a sua recessão, a elevação dos juros nos Estados Unidos podem prejudicar outros países, a queda dos preços do petróleo podem gerar dificuldades geopolíticas, além de outros pequenos problemas.

É evidente que projeções no atual mundo globalizado são difíceis, pois existem dificuldades localizadas que podem ser tornar mais importantes para outros países. O novo normal acaba provocando flutuações exageradas que exigem atenções continuadas em todos os problemas que aparecem em qualquer parte do mundo.


Um comentário para “O Incrível Crescimento Asiático Sem o Japão”

  1. Boris Becker Marques
    1  escreveu às 02:44 em 8 de Abril de 2015:

    Matéria muito interessante, obrigado por compartilhar!


Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: