Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Star Wars Fortemente Influenciado por Kurosaka

7 de Janeiro de 2016
Por: Paulo Yokota | Seção: Cultura, Editoriais e Notícias | Tags: ,

No caso do filme Star Wars, muito foi adaptado de The Hidden Fortress, apresentado por Akira Kurosawa em 1958, e fascinou George Lucas, como ele mesmo admite. Antes, Kurosawa se tornou conhecido internacionalmente depois de vencer o Festival de Veneza em 1951 com Rashomon. Kurosawa utilizou muito o ator Toshiro Mifune, que fez 16 filmes com ele. A história de Hidden Fortress é apresentada a partir da perspectiva de dois personagens secundários, o que foi repetido por Lucas com adaptações. Até Obi-Wan Kenobi como a Princesa Leia estão inspirados em personagens criados por Kurosawa naquele filme.

clip_image002

Personagens de Kurosawa que inspiraram George Lucas

Não foram somente estes personagens de Kurosawa que inspiraram os de Star Wars, mas muitos outros que foram transpostos do Japão do século XVI para a era do atual sucesso mundial. Para o autor do artigo, é mais do que uma coincidência que qualquer outra coisa admitida por George Lucas.

Lucas teria considerado a possibilidade de utilizar Mifune para o papel de Ben Kenobi. As inovações do diretor, segundo o autor do artigo, teriam tornado Star Wars tão mágico como ele é.

Mas as principais tramas são similares, em cenários diferentes e na intensidade do uso de personalidades femininas, que é maior em Kurosawa. Para o autor do artigo, esta intensa inspiração não é exclusiva de Star Wars.

Seven Samurai (1954) de Kurosawa transformou-se no The Magnificent Seven (1960), de John Sturges, Yojimbo (1961) tornou-se A Fistful of Dollars, de Sergio Leone, como agora aconteceu com Star Wars. É mais que a consagração de Akira Kurosawa, destacada por este soberbo artigo de Nicholas Barber, num veículo de importância mundial como é a BBC Cultura.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: