Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Mudanças que se Observam nos Shopping Centers

29 de Fevereiro de 2016
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais e Notícias | Tags: , , ,

clip_image002Quem frequenta os shopping centers nos grandes centros urbanos como São Paulo, nota mudanças que estão ocorrendo no varejo, com o aumento de atividades relacionadas à alimentação, por exemplo.

Foto constante do artigo da Folha de S.Paulo, informando sobre uma frutaria num shopping

Na atual retração econômica, muitos espaços acabaram ficando disponíveis e os shopping centers parecem disputar com pequenos estabelecimentos já consagrados nas suas redondezas oferecendo vantagens para atividades sem grandes rentabilidades, mas proporcionam uma movimentação mais estável. Frutarias, por exemplo, como outros estabelecimentos voltados para a alimentação, estariam nos seus alvos.

Nos períodos de intenso calor e sujeitos às chuvas, muitas famílias parecem preferir frequentar estes shopping centers com seus filhos menores, bem como grupo de jovens acabam usufruindo dos ambientes com ar-condicionado e são considerados mais seguros. Muitos contam com facilidades de estacionamento e acabam sendo preferíveis aos que estão localizados nas ruas comerciais.

Os shopping centers, por oferecem diversos produtos como serviços, acabam sendo convenientes para muitas famílias, e desde que as suas taxas de ocupação sejam competitivas, nota-se que estão aumentando suas lojas e espaços com atividades não existentes no passado.

Parece necessário que os pequenos empresários tenham experiências anteriores, pois produtos alimentícios são perecíveis e exigem uma rotação mais rápida. No passado, haviam fornecedores dos grandes mercados que selecionavam seus produtos para os comerciantes que tinham redes. Parece estar aumentando as atividades de pequenos lojistas regionais que já contam com uma clientela mínima.

Observa-se também o aumento de lojas destinadas aos produtos orgânicos para os consumidores mais exigentes. Alguns empresários já possuem mais que um estabelecimento, em diversos shopping centers próximos, procurando uma escala razoável.

Parece que aumentam também os pequenos empresários a utilizarem franquias que são consideradas menos arriscadas pelos shopping centers, como os que estão presentes nas praças de alimentação. Mas, algumas diferenciações acabam proporcionando movimentações maiores, pois os consumidores possuem a capacidade de comparar os produtos oferecidos, e a publicidade boca a boca parece muito rápida.

Tudo indica que todos estão procurando se acomodar à nova realidade.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: