Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Sabores Doces e Amargos Influenciam no Comportamento

29 de Março de 2016
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Gastronomia | Tags: , , ,

imageUm artigo publicado por Marta Zaraska e publicado no The Washington Post informa sobre pesquisas científicas que estão sendo efetuadas comprovando que os sabores doces contribuem para atitudes mais românticas e os amargos induzem a comportamentos mais hostis.

Ilustração constante de um artigo publicado no The Washington Post

A professora de psicologia na Occidental College, em Los Angeles, Nancy Dess, afirma que a língua pode ser a janela da psique, apontando os crescentes estudos realizados no mundo sobre a percepção do paladar até mesmo com os tipos de personalidades. Os estudos mais recentes sugerem que a degustação de bebidas doces tende a tornar as pessoas mais românticas, e com as amargas elas ficam mais emocionais, com raiva, triste ou medo.

Pesquisas efetuadas com ratos, mesmo com a sacarina, mostram que eles detectam o sabor amargo. As indicações são que com muitas gerações os animais associaram em suas mentes os sabores amargos com os perigos ligados a algumas toxinas. Em um estudo publicado na revista científica PLOS One, os ratos deixam de lado os alimentos amargos.

Entre os seres humanos, para 30% o gosto amargo, chamado cientificamente de 6-n-propythionracil, é considerado menos prazeroso. Esta sensibilidade está relacionada com o número de estruturas na língua chamadas de mushroomlike, que são papilas fungiformes. Quanto mais as pessoas as têm, acabam mais sensíveis ao amargor. Em 2014, pesquisadores norte-americanos e alemães descobriram que as pessoas mais sensíveis ao amargor tendem a ser mais nervosas.

O estudioso alemão Michael Macht, professor de psicologia na Universidade de Würzburg, sugere que a sensibilidade ao amargor acaba transferindo os sinais de perigo para outras áreas da vida, como a social. Pesquisa efetuada com mil norte-americanos indica esta possibilidade. Estas reações tendem a ocorrer nos fatos do cotidiano.

image

                          Os brasileiros costumam apreciar os chocolates de diversos tipos

Também pesquisas estão sendo efetuadas com a doçura. Nossas emoções e sensações degustativas são ligadas através dos hormônios e neurotransmissores como a serotonina, noradrenalina e glicocorticoides. O que se constata na prática, entre os brasileiros, é que os momentos felizes são comemorados com doces e bolos com boa dose de açúcar. Enquanto estas pesquisas estão avançando, parece recomendável que, nos Dia dos Namorados, os chocolates continuem sendo os presentes adequados, ainda que para serem consumidos com moderação.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: