Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Alerta Importante Sobre o Mundo Virtual

8 de Abril de 2016
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais e Notícias | Tags: , ,

clip_image002Quando se ouve falar de negociações de bilhões de dólares envolvendo empresas que potencialmente poderiam contribuir, mas que avaliações cuidadosas não foram efetuadas ou as hipóteses utilizadas não correspondem à dura realidade, fica-se com a impressão que existe algo de errado no mundo atual.

Douglas Rushkoff, professor da Universidade da Cidade de Nova Iorque

A Folha de S.Paulo publica um artigo de Anna Virginia Balloussier sobre o alerta do professor Douglas Rushkoff, de teoria midiática e economia digital da Universidade da Cidade de Nova Iorque, sobre negócios digitais que destroem o valor quando deveriam ajudar a todos.

Segundo o professor, no passado uma empresa produzia algo, pagava os funcionários, os materiais utilizados, e depois distribuía os lucros obtidos para os seus acionistas. Hoje, o mercado espera que as ações destas companhias subam no mercado, mesmo sem contar com justificativas para tanto, na esperança que um dia possa valer muito, sem estudos sérios para estas avaliações.

Ouve-se falar de bilhões de dólares envolvidos em transações que poderiam apresentar potencialidades, mas não foram avaliadas com o rigor indispensável e todas as circunstâncias indispensáveis para o seu sucesso. Dependem da campanha publicitária efetuada, criando no mercado virtual uma imagem que nem sempre corresponde à realidade.

Todos sabem de dezenas de fatos em que isto vem ocorrendo e muitos casos que se comprovam os fracassos com o tempo, impondo pesados prejuízos para os desavisados, enquanto poucos “espertinhos” obtêm lucros fabulosos.

Tudo indica que existem muitas ações emocionais, sendo o mercado manipulado por alguns que conseguem produzir uma onda, sem que ninguém faça uma avaliação profunda e realista, considerando todas as hipóteses que nem sempre se observam na realidade ao longo do tempo.

Muitos acabam estourando depois das primeiras dificuldades, outras continuam sobrevivendo sem que haja razões para justificar as cotações atingidas pelas suas ações, sem medidas cautelares por parte de autoridades ou responsáveis pelo gerenciamento das bolsas.

Isto acontece principalmente no Vale do Silício e tem se repetido mundo afora, inclusive no Brasil. É preciso recomendar cautela nestes negócios “fabulosos”, que costumam envolver riscos extremamente elevados.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: