Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Asiáticos Estão Estudando a Pâtisserie Francesa no Japão

11 de Abril de 2016
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Gastronomia | Tags: , ,

clip_image001Um artigo elaborado por Reiko Bando e Yukako Oishi e publicado no The Japan News, a versão em inglês do The Yomiuri Shimbun informa que estudantes asiáticos estão estudando a pâtisserie no Tokyo Belle Epoque College of Confectionery and Culinary.

A pâtisserie francesa acabou sendo aperfeiçoada no Japão com menos uso da manteiga e do açúcar, tornando os doces mais leves

Quem conhece os doces franceses e os apreciam precisa ficar atento, pois seu consumo tende a provocar aumento de peso, ainda que possa ser compensado com exercícios físicos. Quando se aprecia os mesmos produtos em boas casas no Japão, observa-se que os mesmos são mais leves por conterem menos manteiga e açúcar. Muitos franceses evitam estas boas práticas, entendendo que suas tradições devem ser preservadas, mesmo colocando os aspectos de saúde em segundo plano.

Atualmente, existem estudantes do Sudeste Asiático, com destaque com os provenientes de Taiwan e da Indonésia, que estão frequentando cursos longos no Japão, de quatro até anos envolvendo práticas nas execuções que permitem o aprendizado de aproximadamente 270 receitas por ano. É o reconhecimento da qualidade do ensino e dos produtos apresentados no Japão.

Evidentemente, estes estudantes dedicam os primeiros anos ao aperfeiçoamento do idioma local, e acabam adquirindo técnicas de classe mundial, pois os japoneses costumam ser cuidadosos nas execuções, preocupando-se tanto com as receitas como as apresentações, que devem ser agradáveis à vista.

Os ingredientes utilizados costumam ser muito frescos, e mesmos os cremes são extremamente leves. Muitos asiáticos entendem que a França é muito distante e as culturas asiáticas são mais próximas umas das outras. Também os aspectos de segurança acabam afetando as opções destes estudantes.

Os cursos não são baratos e existem burocracias a serem vencidas. Estas escolas de culinária não existem somente em Tóquio, mas em outros centros importantes, como Osaka. Para serem diplomados, há uma preocupação dos japoneses que os chefs tenham também outros conhecimentos sobre a culinária, mesmo sendo especializados nos doces de origem francesa.

Existem também concursos até internacionais para os estudantes terem conhecimento da variedade dos produtos que estão sendo inovados. Não se trata de improvisos que alguns pensam que podem ser utilizados com suas criatividades, pois as profundas bases destes conhecimentos são revisadas.

Famosos chefs japoneses se orgulham dos ingredientes frescos, variando com a estação do ano, como acontece em toda a culinária japonesa. O prestígio que os chefs japoneses estão obtendo até em Paris ajuda na disseminação da qualidade dos trabalhos executados.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: