Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Plano Japonês de Energia Limpa

18 de Abril de 2016
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia e Política, Editoriais e Notícias | Tags: , , | 2 Comentários »

clip_image001O Japão é um arquipélago dos mais preocupados com o meio ambiente e está sendo um pioneiro no estabelecimento de uma estratégia de longo prazo para atingir os objetivos mundiais estabelecidos em Paris.

Japão está preocupado com a preservação do meio ambiente

O governo japonês foi um dos primeiros a anunciar uma estratégia de longo prazo para 2050, visando atingir as metas estabelecidas pelas Nações Unidas em Paris. Um artigo publicado por Kenji Kaneko publicado no Japan Today traz um resumo do plano japonês para atingir os objetivos estabelecidos mundialmente, concentrando sua estratégia no desenvolvimento de baterias de grande capacidade e uso do hidrogênio como uma fonte de energia limpa.

Num mundo globalizado que enfrenta muitas dificuldades, a estratégia estabelece tecnologias definidas em sete categorias: 1) inovação nos processos de produção; 2) utilização de materiais ultraleves, resistentes ao aquecimento; 3) próxima geração de baterias de estocagem de energia; 4) produção, estocagem e uso de hidrogênio; 5) nova geração de energia solar; 6) nova geração de energia termal; e 7) imobilização efetiva do uso do CO2. Trata-se, portanto, de uma estratégia bem definida.

Um papel relevante é dado para a o uso do hidrogênio e as baterias que permitam a armazenagem das energias geradas, como as obtidas por fontes não poluentes. Quatro das sete categorias relacionam-se com as energias renováveis.

Todos estes objetivos estão concatenados com o que já vem sendo feito pela NEDO – New Energy and Industrial Technology Development Organization do Japão, já anunciado em setembro de 2014. O que se persegue são tecnologias inovadoras diferentes das já utilizadas.

Esta estratégia japonesa pode inspirar outros países a estabelecerem também programas ousados de inovação para que as metas possam ser atingidas de forma eficiente.


2 Comentários para “Plano Japonês de Energia Limpa”

  1. Mauricio
    1  escreveu às 21:50 em 19 de Abril de 2016:

    Existe uma corrida por alternativas economicamente viáveis ao petróleo, o Japão lógico não quer ficar para traz.
    O interessante neste caso e que mesmo com o petróleo com preço barato as pesquisas continuam
    Visão de longo prazo faz todas diferença

  2. Paulo Yokota
    2  escreveu às 07:57 em 20 de Abril de 2016:

    Caro Mauricio,

    Existem muitas fontes de energias limpas e cada país deve perseguir a matriz que mais lhe convém.

    Paulo Yokota


Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: