Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

China Parece Acelerar a Desvalorização do Yuan

25 de Maio de 2016
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais e Notícias | Tags: , ,

clip_image001Tudo indica que a China possui mais espaços para a sua política econômica que o Brasil e para ativar novamente suas exportações parece provocar uma maior desvalorização do yuan.

Ilustração de um artigo no Nikkei Asian Review, sobre a desvalorização do yuan

Um artigo publicado no Nikkei Asian Review refere-se a mais baixa cotação do yuan desde março de 2011, em 6,5693 nesta quarta-feira. Com a desaceleração do crescimento da economia chinesa e redução das suas exportações, as autoridades do People’s Bank of China aceleram a desvalorização do yuan, visando ganhar maior competitividade internacional dos seus produtos exportáveis.

Eles consideram os fluxos financeiros da China para o exterior, notadamente para os Estados Unidos que, procurando as expectativas para aumentar os seus juros, acaba atraindo recursos de muitos países estrangeiros. Todos estão noticiando que os chineses abandonaram a política anterior, voltando a atuar de forma tradicional, ainda que baseados no mercado.

Lamentavelmente, na economia brasileira, ainda que o câmbio esteja favorecendo algumas exportações e reduzindo os gastos dos turistas no exterior, não existe muito espaço senão acompanhar o atual nível, diante das pressões inflacionárias e as tendências de elevação dos juros, que agravariam a situação da dívida pública. Espera-se é que as autoridades mantenham a calma, provocando somente ajustamentos pequenos decorrentes de diferenças das inflações externas e internas.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: