Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Dificuldades do Governo na Área Cultural

18 de Maio de 2016
Por: Paulo Yokota | Seção: Cultura, Editoriais e Notícias, Política | Tags: , ,

imageEntre as manifestações contrárias ao governo interino de Michel Temer, vem se destacando as dos setores cultural e feminino, mostrando quanto é difícil agradar a todos.

Foto publicado na Folha de S.Paulo sobre a manifestação feita em Cannes

Entre as manifestações contra o atual governo interino de Michel Temer que vêm se registrando e recebem destaque na imprensa, estão as que se processam em São Paulo pela ausência de uma mulher na equipe ministerial, ainda que de forma pacífica. O número de participantes é surpreendente, chegando a se igualar aos que eram contra o processo de impeachment em que está se julgando a presidente Dilma Rousseff. Em termos internacionais, a equipe brasileira que disputa no Festival de Cannes com o filme Aquarius conseguiu fotos de primeira página, posicionando-se contra o impeachment.

Ainda que o governo alegue que as indicações foram feitas pelos partidos, no mundo atual soa estranho não haver uma ministra entre as dezenas de escolhidos, como se observou até no exterior. Também a falta de presença de um representante das minorias raciais ou sexuais num país como o Brasil também indicam que os responsáveis pela assessoria de Michel Temer não se mostraram sensíveis aos aspectos que afetam os sentimentos da população. Informa-se que muitas mulheres sondadas para ocupar a Secretaria de Cultura recusaram o convite, diante da falta de recursos e pela possibilidade de destacar o gênero como uma das razões da escolha, como tem acontecido com a Presidência do BNDES.

image

Manifestações contra o governo interino Michel Temer

Na realidade, muitos projetos culturais no Brasil só se sustentam com patrocínios das estatais ou de fundos como a da Lei Rouanet. Ainda que isto ocorra em diversos países, a situação brasileira parece exagerada, havendo muitos artistas e projetos que só conseguem destaque se contarem com estes favores oficiais. Os patrocínios privados estão escasseando com a atual crise.

Como o mandato de Michel Temer, que ainda é interino, deve se restringir a um prazo curto, este problema de comunicação social torna-se crucial, notadamente nesta fase em que as manifestações ditas populares ganharam importância. Mesmo que existam outras prioridades, não se pode prescindir de alguns responsáveis por estes aspectos que podem se agigantar, quando criticar qualquer autoridade se tornou quase uma mania.

Será sempre difícil convencer a todos que o cobertor está extremamente curto, havendo ainda outras despesas que não estão explicitadas, mas devem agravar as limitações dos recursos disponíveis.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: