Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Superando as Limitações da Saúde e dos Idosos no Brasil

10 de Maio de 2016
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Saúde | Tags: , ,

clip_image002Dentro das dificuldades atuais da política e da economia brasileira, estão sendo multiplicadas clínicas médicas de baixo custo, como também iniciativas para atender aos idosos de variados poder aquisitivo.

Cinco redes de clínicas médicas populares estão em expansão no Brasil, como nesta foto publicado no artigo do Valor Econômico

Um artigo de Beth Koike publicado no Valor Econômico informa que houve uma redução de 1,6 milhão de pessoas que estavam segurados nos Planos de Saúde com a atual crise econômica. Ao mesmo tempo, o SUS sofreu uma diminuição de recursos da ordem de R$ 12 bilhões, criando um espaço para a ampliação das redes de consultas médicas que custam de R$ 89 a R$ 120. Foram investidos cerca de R$ 500 milhões em cinco redes: Dr. Consulta, Meu Doutor, Clínica Fares, Dr. Agora e Clínica SIM -Serviços Integrados de Medicina.

Pelo que consta do artigo, estas redes procuram atender às consultas com preocupações preventivas, sendo administradas por pessoas experientes na área da saúde, utilizando técnicas que foram adquiridas até no exterior. Contam com investidores que esperam bons retornos com este novo segmento no sistema de saúde. O que não fica claro é como superam os problemas quando ocorrem necessidades de cirurgias mais custosas e tratamentos prolongados em hospitais, que não podem ser arcados pelos pacientes e suas famílias, possivelmente sobrecarregando o SUS.

Outro artigo de Juliana Cunha foi publicado na Folha de S.Paulo referindo-se à multiplicação de casas de repousos para idosos, desde os pequenos com custos mais modestos até os mais custosos que atendem clientes de posse. O que vem acontecendo é que muitos idosos evitam ficar isolados em suas residências ou depender dos seus familiares.

clip_image004

Foto que ilustra o artigo publicado na Folha de S.Paulo, com alguns idosos de Santos, SP

Nos países desenvolvidos, onde existem mais idosos, este é um segmento já consolidado, havendo instituições públicas que atendem aos mais necessitados e outros que apresentam serviços de alto nível para abrigar os que podem arcar com seus custos. Certamente, é um mercado que tende a aumentar também no Brasil, havendo já muitas instituições, muitas delas que contam com insuficiência de pessoal para os atendimentos adequados.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: