Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Um Futebol Diferente no Brasil

3 de Maio de 2016
Por: Paulo Yokota | Seção: Cultura, Editoriais e Notícias | Tags: , , ,

clip_image001Os aficionados do futebol vêm com esperanças as inovações que estão sendo introduzidas pelo técnico Fernando Diniz que em poucos anos colocou o Audax na final do campeonato paulista competindo com o Santos, depois de ter vencido o Corinthians, o São Paulo e o Palmeiras neste torneio.

Fernando Diniz, 32, técnico do Audax

O Audax vem impressionando os torcedores de futebol no Brasil, pois depois de muito tempo algo inovador está acontecendo, com uma equipe trabalhando em conjunto, com grande velocidade, vencendo equipes consideradas entre os melhores em São Paulo e no Brasil.

Este jovem técnico de apenas 32 anos é formado em psicologia e reconhece que muitos jogadores talentosos brasileiros tiveram uma infância e adolescência complicada, muitas vezes sem o apoio da família, sendo criado nas ruas. Ele mesmo ficou órfão muito cedo e consegue conversar de igual para igual com estes jovens talentos, convencendo-os de que precisam atuar em equipe no futebol, se empenhando e atuando com grande velocidade.

clip_image003

Futebol agressivo, veloz, da equipe do Audax, bonito de se ver

Na realidade, ele atua como se fosse o pai e a mãe destes jovens, ouvindo a opinião deles, inclusive na forma de jogar do Audax, que é uma pequena empresa, sem grande tradição, muito diferente dos demais clubes de futebol, com orçamento modesto.

Apesar de ter jogado futebol sem grande destaque, formou-se em psicologia, conseguindo dar aos jogadores uma atenção pessoal, pensando na personalidade dos mesmos, sem exagerada concentração na parte esportiva ou formação física. Entende que não existe possibilidade de se destacar com a importação do futebol europeu, mas trabalhar com o que se dispõe no Brasil, onde muitos talentos não tiveram educação de alto nível.

Muitos duvidam que ele consiga sucesso em grandes clubes que já contam com jogadores consagrados e não aceitariam facilmente todas as suas orientações. Ele se preocupa com os jovens e muitos dos jogadores revelados pelo Audax já estão na mira de clubes mais consagrados. O orçamento total do Audax se compara com os salários pagos a alguns jogadores consagrados.

O que vem sendo conseguido pelo Audax impressiona analistas de futebol havendo um reconhecimento que os técnicos costumavam ser pessoas que impunham suas ideias, pouco ouvindo as opiniões dos jogadores que necessitam executar suas orientações. De qualquer forma este tipo de inovação é respeitável, ajustadas às condições de países como o Brasil que contam com talentos sem fortes formações na sua infância ou adolescência.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: