Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Cassinos Podem Ser Admitidos Para Alguns Benefícios

13 de Março de 2017
Por: Paulo Yokota | Seção: Cultura, Economia, Editoriais e Notícias | Tags: , , | 2 Comentários »

Lamentavelmente, mesmo no Japão, os jogos de azar mesmo nos cassinos sempre foram praticados de forma camuflada, principalmente nos chamados pachinkos. Agora está se esperando uma regulamentação rigorosa sobre a autorização legislativa obtida. Se inevitáveis, pode-se cogitar a sua autorização para recuperação de regiões problemáticas, como as afetadas pelas radiações, mas a tendência parece a de copiar o modelo de Cingapura, concentrando nos chamados “resorts integrados”.

image

Mapa constante do artigo publicado no Nikkei Asian Review

Constata-se uma tendência de proliferação de cassinos na Ásia e na região do Pacífico, ainda que sua rentabilidade indique já se ter passado do ponto máximo, tendendo a reduzir-se, ao mesmo tempo em que a queda de criminalidade está mostrando uma lenta recuperação. Um artigo sobre o assunto, elaborado por Kentaro Iwamoto e Mayuko Tani, foi publicado no site do Nikkei Asian Review.

Numa reunião realizada em Tóquio, empresários internacionais relacionados com os cassinos estavam entusiasmados com a atual tendência no Japão, havendo alguns que se mostravam interessados a investir até US$ 10 bilhões nestes projetos, para um mercado estimado para a renda bruta de US$ 25 bilhões anuais, como o estipulado para Macau na sua fase mais brilhante, que já começa a registrar prejuízos.

Muitos admitem que é preciso haver uma proteção para evitar viciados pobres a adentrarem nestes cassinos, estabelecendo entradas de um razoável valor e a listagem dos que não poderiam frequentá-los. Todos sabem que os cassinos custosos como de Mônaco só são frequentados pelos ricos, muitos turistas internacionais. A boa intenção de ajudar na recuperação de áreas afetadas com as contaminações de radiações parece remota e as alternativas mais consideradas são as de Tóquio, Osaka e Yokohama, afirmando-se que se visam ingressos de turistas de todo o mundo. Os lobbies para estes projetos de cassinos são poderosos em todo o mundo, só apontando suas vantagens.

Cingapura resistiu por muito tempo aos cassinos, mas hoje se estima que sua receita bruta no ano passado tenha chegado a US$ 17,6 bilhões, ainda que já registrando queda e a demissão de muitos trabalhadores. Mas deve-se admitir que Cingapura já era um centro regional que atraia muitas atividades das mais variadas partes do mundo.

Apesar de todas estas dificuldades recentes, muitos países asiáticos estão cogitando da instalação de novos cassinos, que se estima em 200 na região de Ásia-Pacífico. Mesmo com o sentimento que eles trazem mais mal do que bem, sempre se imagina que com regulamentações rigorosas podem se coibir seus inconvenientes, ficando com os benefícios de suas receitas tributárias que podem assistir aos menos favorecidos.


2 Comentários para “Cassinos Podem Ser Admitidos Para Alguns Benefícios”

  1. 1  escreveu às 09:56 em 14 de Março de 2017:

    Pois é, no Brasil também estão pensando em legalizar os jogos…

  2. Paulo Yokota
    2  escreveu às 17:59 em 14 de Março de 2017:

    Caro Zé,

    Os seres humanos apresentam muitas limitações e precisamos encontrar formas de evitar suas dificuldades maiores.

    Paulo Yokota


Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: