Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Os Retornos Econômicos dos Investimentos em Educação

10 de Março de 2017
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais e Notícias | Tags: , ,

clip_image001Um artigo de Emma Brown publicado há algum tempo no The Washington Post refere-se às pesquisas efetuadas pelo Prêmio Nobel de Economia James Heckman e que estão influenciando a educação nos Estados Unidos.

Premio Nobel em Economia James Heckman estuda os retornos dos investimentos feitos em educação das crianças em escolas públicas

A primeira pesquisa feita por ele mostrou que os investimentos efetuados em escolas públicas de alta qualidade para alunos de três e quatro anos de baixa renda proporcionam retornos elevados ao longo de suas vidas. Isto influenciou os políticos dos dois partidos norte-americanos a suportarem iniciativas de educação aos jovens naquele país. Agora ele efetuou novas pesquisas que mostram que as crianças de baixa renda do nascimento aos cinco anos que recebem educação de qualidade em escolas públicas tendem a graduar-se nos cursos superiores, são menos presos e possuem QI mais elevados, bem como são mais saudáveis durante suas vidas, provocando uma poupança para a sociedade a longo prazo.

A taxa de retorno econômico por ano chega a 13%, o que é muito elevado, para os que começam estudando desde o nascimento, e de 7 a 10% para os que começam com três anos. Os de zero a cinco anos costumam custar na sua educação US$ 18.500 por ano, mais que a média do que investem os norte-americanos nas escolas públicas até os 12 anos. Mas cada dólar gasto nesta educação beneficia a sociedade em US$ 6,30. Ele afirma que isto é uma evidência que estes investimentos devem continuar.

Estes dados foram obtidos em dois programas no Estado da Carolina do Norte, tendo começado em 1970 e acompanhando até a graduação até chegarem a 35 anos. Foram pesquisados também os alunos afro-americanos. Estes estudantes foram acompanhados também com check up de suas condições de saúde. Muitos eram de mães que trabalhava e sustentavam sozinhas os filhos.

Muitas considerações adicionais também são feitas considerando as diferenças de sexo, mas há pessoas que evitam estas questões. As pesquisas foram sustentadas por fundos especiais que existem para estes tipos de estudos.

Como estes estudos são de grande importância, o interessante seria que fossem examinados na sua íntegra, o que pode ser feito no https://www.washingtonpost.com/local/education/a-nobel-prize-winner-says-public-preschool-programs-should-start-at-birth/2016/12/11/2576a1ee-be91-11e6-94ac-3d324840106c_story.html?utm_term=.138509c68dac, em inglês, mas podem ser traduzidos para o português com facilidade.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: