Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Providências Europeias Para os Produtos Brasileiros

30 de Março de 2017
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Saúde | Tags: , ,

clip_image002 Os cuidados sobre os alimentos produzidos no Brasil para consumo interno ou exportação deveria se mirar nos rigorosos sistemas que os europeus efetuarão para 100% das carnes brasileiras destinadas à Europa.

Comissário europeu Vytenis Andriukatis e o ministro Blairo Maggi se cumprimentam em Brasília

Os europeus estão com total razão e podem ensinar às autoridades brasileiras como deve ser rigorosa a inspeção sanitária sobre as carnes de todos os tipos. 100% dos produtos a serem embarcados para a Europa serão submetidos a rigorosos exames, providência que deveria ser estendida aos destinados à alimentação dos brasileiros, pois com a alimentação não se brinca. Uma vez detectadas algumas irregularidades, não bastam exames por amostragem, mas todos devem ser examinados, pois podem afetar a saúde da população. As técnicas para tanto devem ser absorvidas e o pessoal técnico preparado para tanto, não se aceitando de forma categórica qualquer interferência política nestes trabalhos. Mesmo assim, para se recuperar a confiança dos consumidores no exterior haverá necessidade de tempo, para comprovar que as medidas estão sendo eficazes.

O artigo sobre o assunto preparado por Assis Moreira e Cristiano Zaia foi publicado no Valor Econômico e deve ser lido na sua íntegra por todos que se preocupam com o assunto. Existe um Comitê Permanente de Vegetais, Animais e Gêneros Alimentícios e Alimentos para Animais – Comitê PAFF na União Europeia e a oportunidade será ímpar para as autoridades brasileiras aprenderem o que pode ser feito, com qual tecnologia. Não serão somente os 21 estabelecimentos suspeitos, mas os 260 que possuem autorização para exportar para a Europa.

Como o Brasil lutou muito para que estes produtos fossem exportados para a Europa como também para a Ásia, a África e as Américas, estas conquistas não pode ficar sujeitas aos interesses de alguns políticos e empresários inescrupulosos.

Este setor é importante para o Brasil, tanto para abastecimento do mercado interno como para a exportação. Muitos cuidam da criação do rebanho, dos frigoríficos e de todo o complexo para fazer chegar às mãos dos consumidores. Em qualquer fase pode haver uma contaminação que afetará a saúde da população.

É uma dura lição que os brasileiros estão recebendo, mas uma oportunidade para a melhora da qualidade dos produtos alimentícios de toda a ordem, não só relacionados com a proteína animal.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: