Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Programa Japonês Para Aumento de Carros com Hidrogênio

19 de Maio de 2017
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais e Notícias | Tags: , , | 2 Comentários »

clip_image002A imprensa japonesa está anunciando que o governo japonês está apoiando uma campanha das principais indústrias automobilísticas e das redes de abastecimento de hidrogênio para reduzir as poluições provocadas pelos veículos.

Postos de serviços para abastecimento de hidrogênio no Japão

O Japão está apoiando um forte impulso para o aumento de veículos movidos a hidrogênio que não provocam poluição, planejando contar com 40 mil veículos em 2020. Os postos de serviços para abastecer estes veículos nas cidades e nas estradas que atualmente são de 90 devem chegar a 160 em 2020. Onze empresas automobilísticas, incluindo a Toyota, a Nissan e a Honda, estão engajadas no programa, que provoca zero de poluição, combinando somente oxigênio com água. O programa foi anunciado naquele país nesta sexta-feira.

Até o momento, somente um pequeno número de veículos utiliza o hidrogênio no Japão. A Honda entregou até agora seu Clarity e a Toyota o seu Mirai, mas espera-se que com o programa esta nova tecnologia ganhe um forte impulso. Mas o Japão também conta com veículos elétricos e híbridos que combinam energia elétrica com a gasolina.

A infraestrutura com a rede de postos de abastecimento de hidrogênio é considerado de fundamental importância. A consciência japonesa com a poluição e o aquecimento global está aumentando sensivelmente e este programa deve ajudar na efetivação da contribuição com o aumento dos veículos não poluentes.

Muitas indústrias como as de fornecimento de componentes para estes tipos de veículos também estão sendo envolvidas com o estímulo do governo para os desenvolvimentos tecnológicos no mesmo sentido.


2 Comentários para “Programa Japonês Para Aumento de Carros com Hidrogênio”

  1. Raul Gomes de Souza
    1  escreveu às 13:15 em 20 de Maio de 2017:

    Caro Yokota, essas novas tecnologias foram criadas para prejudicar o nosso etanol. Trata-se de INVEJA da nossa capacidade.

  2. Paulo Yokota
    2  escreveu às 10:32 em 21 de Maio de 2017:

    Caro Raul Gomes de Souza,

    Não acredito. A primeira notícia que temos do uso do etanol como combustível para veículos foi na China, em torno de 1931 quando eles estavam em guerra com o Japão.

    Paulo Yokota


Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: