Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

The Economist Especula Sobre a Medicina do Futuro

2 de Fevereiro de 2018
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Saúde | Tags: , ,

clip_image001Muitas são as notícias alvissareiras sobre a saúde que estão sendo divulgadas principalmente pelos países desenvolvidos, antecipando o que pode ocorrer no mundo para todos no futuro.

Capa do The Economist da próxima semana

Foi noticiado que a Amazon, Berkshire Hathaway e a JPMorgan Chase anunciaram um novo projeto conjunto que oferece cuidados de saúde melhores e mais baratos para seus funcionários, que se baseia na possibilidade que cada paciente disponha de todos os seus dados históricos, de forma a aproveitá-los para diagnósticos precoces de seus problemas. Isto está sendo permitido pelo uso da Internet e Inteligência Artificial, que possibilitam que muitos exames possam ser feitos rapidamente pelos próprios pacientes e enviados para uma central que poderá informar sobre o que está acontecendo, mantendo estes dados sigilosos. Criaram para tanto a empresa inicial chamada Akili Interactive.

As pessoas poderão monitorar sua própria saúde usando todas as tecnologias de ponta disponíveis, permitindo diagnósticos sobre os quais ainda os médicos cometem volumosos erros. A Apple está solicitando que seus iPhones sejam utilizados. As gestões de moléstias complexas serão aperfeiçoadas. Os pacientes podem melhorar a eficiência de seus cuidados. A Alphabet, a mãe do Google, está trabalhando com a Inteligência Artificial para estas necessidades, criando a Cityblock Health para pacientes de baixa renda, abrangidos pelo Medicaid.

Sabe-se que nos Estados Unidos violações relacionadas à saúde são as mais elevadas, apresentando desafios para a sua superação. Parece que estão conseguindo na Suécia, onde até 2020 todos os cidadãos terão acessos aos registros eletrônicos dos seus dados médicos.

Os ensaios que estão ocorrendo nos Estados Unidos e no Canadá estão indicando pacientes mais felizes e custos mais baixos. A revista entende que o mais interessado na sua saúde é você mesmo. Pede que confie no Doctor You. Esperamos que isto chegue aos países emergentes como o Brasil com a urgência possível.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: