Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

O Assassinato de Marielle Franco Provoca o Mundo

16 de Março de 2018
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Política | Tags: , ,

imagePoucos fatos dramáticos despertaram tanta indignação universal como o cruel assassinato da vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco (PSOL), que vinha se destacando na sua carreira pela posição corajosa a favor dos pobres e oprimidos, notadamente das mulheres que sofriam injustiças. Nascida na favela da Maré, conhecia na pele o que sofriam os negros pobres do Brasil e expressava com veemência a sua inconformidade, que se transformou em algo mais que nacional. Vitoriosa com seus estudos, tornou-se vereadora com votação consagradora. Que outras tomem o seu bastão para prosseguir neste desesperado revezamento.

Vendo os noticiários nacionais, com as manifestações que vêm até do exterior, de gente simples até “elevadas” autoridades que nunca estiveram numa favela, observa-se a repercussão que esta brutal morte provocou não somente no Brasil como no mundo. Multidões anônimas manifestam as suas indignações, que precisam encontrar formas de provocar consequências mais profundas e concretas. Ainda diante do impacto que o brutal acontecimento causou a todos, se ficou até agora somente nas manifestações de profunda inconformidade e contrariedade que necessitam ser canalizados para algo mais objetivo, que evite acontecimentos semelhantes.

Há que se encontrar formas de punições exemplares consolidadas em legislações mais objetivas que, com presteza, deixem claro que os que cometem tais barbaridades não fiquem impunes, servindo para inibir outros que pretendam resolver com o emprego da força crimes desta natureza.

Lamentavelmente vivemos numa sociedade que consagrou a injustiça, onde poderosos gozam de odiosos privilégios, manifestando em ambientes com ar-condicionado seus falaciosos discursos vazios, ainda que cheios de adjetivos, enquanto os humildes são submetidos a crimes que não são somente revoltantes, mas com muitos que permanecem impunes.

Há que se deixar estas farsas para que o Brasil aproveite esta oportunidade única para mostrar que o triste episódio seja um verdadeiro ponto de inflexão, onde muitos políticos sejam apupados quando tentam se valer da Lei de Gerson, tirando vantagem de tudo.

Que o sacrifício da vereadora Marielle Franco não tenha sido em vão. Além da veemente manifestação universal, que ele resulte em fatos concretos de punição daqueles que usam a violência pensando que isto resolve as divergências. Aprendamos um pouco mais com as lições deixadas por pensadores como Mahatma Gandhi e Martin Luther King.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: