Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

O Futuro do Nordeste Brasileiro

28 de Março de 2018
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia e Política, Editoriais e Notícias | Tags: , , , ,

clip_image002O seminário promovido pela Folha de S.Paulo resultou no suplemento sobre os principais aspectos debatidos. Deve se destacar a produção de energia limpa na região, a educação a distância que está mantendo uma razoável qualidade, sentindo-se ainda a necessidade de intensificação das pesquisas visando tirar partido de sua biodiversidade, bem como aperfeiçoamentos no turismo para compatibilização com a preservação do meio ambiente.

O Nordeste Brasileiro tem elevada potencialidade para geração de energia elétrica limpa

Existe um mundo de providências que permitem aproveitar as qualidades do que dispõe o Nordeste brasileiro, mas há que se concentrar em algumas prioridades, pois os recursos disponíveis tanto de recursos humanos como financeiros são sempre limitados. Para os que conhecem a região e todos os seus recursos, fica difícil de entender por que sempre se deu prioridade para o que se dispõe de forma limitada, como a água que é usada também na produção de energia elétrica. Se o que se dispõe de forma abundante é a forte insolação ainda pouco aproveitada para a energia solar, quando comparada com outras regiões no mundo como a China. A dimensão do que seja feito nesta área pode proporcionar redução dos custos dos equipamentos indispensáveis.

Também os ventos são constantes no Nordeste, dia e noite. Durante o dia, o vento corre em direção ao mar que apresenta uma temperatura mais baixa, e a noite inverte-se da direção do mar para a terra, proporcionando uma brisa tornando o clima suportável mesmo para uma região tropical. Começam a se instalar algumas unidades de energia eólica, mas modesto diante da escala que poderia produzir tanto para o consumo regional como para ser ligado à rede nacional de transmissão de energia elétrica com grande capacidade.

Existem analistas que consideram que os desafios acabam por aperfeiçoar as formas de superação das dificuldades por parte da população. Todos sabem que o Nordeste apresenta condições climáticas que nem sempre são favoráveis, com as concentrações das chuvas que, não contando com barragens suficientes, escorrem para o mar rapidamente. Os nordestinos aprenderam a conviver com o problema, muitos migrando para regiões como a Amazônia ou o Centro-Sul, levando sua capacidade de ajustamento que é uma criatividade que já faz parte de sua cultura. Os imigrantes são valentes que se conseguiram a melhoria do seu padrão de vida em outras regiões brasileiras, exercendo as mais variadas atividades.

O Nordeste luta para superar as suas dificuldades, como o que está se verificando na educação, onde escolas públicas apresentam padrões invejáveis para as regiões mais desenvolvidas do país, com a ativa participação da comunidade. Há uma clara consciência que é um dos meios indispensáveis para a ascensão social.

No desenvolvimento regional, os mecanismos para juntar iniciativas de pequenos grupos sempre existiram, e o caso de maior sucesso acabou sendo o de Cingapura. No Nordeste, está se implantando o chamado Porto Digital, que já reúne mais de 300 empresas e startups que poderiam se multiplicar pela região. Também as zonas especiais de exportação vêm funcionado de forma eficiente, notadamente na Ásia, podendo ser intensificada no Nordeste, principalmente onde se conta com portos para importação e exportação. O que parece estratégico é que as pesquisas sejam intensificadas no Nordeste, visando principalmente o melhor aproveitamento da ampla biodiversidade com que se conta na região.

O suplemento destaca os danos ecológicos causados por alguns projetos de turismo, mas, com o devido cuidado, há que aproveitar as condições naturais que atraem tanto turistas locais como internacionais. Isto acaba estimulando a produção do artesanato que sempre é intensivo no uso de recursos humanos, com características próprias do amplo Nordeste brasileiro.

Há, portanto, um conjunto de atividades capaz de proporcionar ao Nordeste brasileiro condições para um desenvolvimento expressivo, até acima da média nacional.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: