Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

O Brasil Surpreende Muitos Analistas

17 de Abril de 2018
Por: Paulo Yokota | Seção: Cultura, Editoriais e Notícias, Política | Tags: , , ,

clip_image001É natural que muitos analistas entendam que é difícil o Brasil eleger como presidente da República um candidato como o afrobrasileiro Joaquim Barbosa. No entanto, a história brasileira vem demonstrando que muitos mitos foram superados ao longo do tempo, tendo se acelerado recentemente.

Lula da Silva, operário nordestino sem curso superior, foi eleito presidente da República

Um país novo aberto à imigração de variados povos sempre tem maior facilidade para aceitar a diversidade existente na sociedade. Assim, apesar de ser considerado um país machista, mulheres já chegaram à Presidência da República pela eleição. Uma líder de origem africana, favelada, homossexual como Marielle Franco foi consagrada nacionalmente depois de ser brutalmente assassinada, possivelmente por suas posições inovadoras. Virou um símbolo e uma heroína nacional, mesmo com aspectos que contrariam as preferências pessoais, mostrando a sensível mudança que está ocorrendo no país.

clip_image003

Vereadora Marielle Franco

Não se pode acreditar que, mesmo com a resistência de segmentos ultraconservadores em qualquer sociedade, uma personalidade que chegou à Presidência do Supremo Tribunal Federal por seus méritos pessoas sofra percalços por causa da cor de sua pele. O Brasil já mudou, ainda que talvez menos do que muitos esperavam, mas, comparando com outros países, acredito que de forma sensível.

Até há poucas décadas, era difícil aceitar uma mulher assumir sua homossexualidade, mas, mesmo que não seja por todos, hoje se acredita que uma grande maioria aceita e considera natural que isto aconteça. Comparando com o que acontece sem outros países, mesmo desenvolvidos como os Estados Unidos, há que se admitir que o que acontece no Brasil em pouco tempo é notável.

Os norte-americanos, ao mesmo tempo em que elegem figuras como Donald Trump, já deu vitória a Barack Obama, apesar de contar com segmentos ultraconservadores que beiram os fanáticos como os que continuam com movimentos como o Klu Klux Klan. Parece que os brasileiros são mais tolerantes, mesmo que também contem com alguns extremados, que não chegam às violências abertas, mas uma discriminação mais sutil.

clip_image005

Ministro Joaquim Barbosa, ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, nasceu pobre e se empenhou nos seus estudos, é possível candidato à Presidência da República pelo PSB

Na próxima eleição presidencial, tudo indica que os diversos candidatos estejam todos com percentuais de votos pouco expressivos no primeiro turno. Dois mais votados seguirão para o segundo turno, quando a tendência dos eleitores é votar contra os que não desejam, onde os considerados corruptos estão os que contam com maior rejeição, sendo que o vencedor dificilmente terá mais de 50% dos votos.

Os eleitores parecem esperar que o novo presidente seja alguém que tenha a coragem de contrariar os políticos tradicionais, contando com auxiliares capacitados tecnicamente para gestão eficiente dos poucos recursos disponíveis, capaz de implementar as reformas indispensáveis, pouco dependendo da cor da sua pele.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: