Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Vietnã Moderniza a sua Capital para Acolher Estrangeiros

2 de Abril de 2018
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia e Política, Editoriais e Notícias | Tags: , ,

Um artigo publicado no Nikkei Asian Review informa que o Vietnã pretende modernizar parte de sua capital Ho Chi Minh para atrair empresas estrangeiras ao país. Até agora, os vietnamitas provaram que conseguem fazer tudo que planejam, tendo derrotado os japoneses, os franceses e os norte-americanos militarmente, não permitindo serem dominados pela China, o que é algo ímpar no mundo.

image

Projeto de US$ 21 bilhões para modernizar parte de sua capital Ho Chi Minh para acolher empresas estrangeiras constante do artigo no site do Nikkei Asian Review, que vale a pena ser lido na íntegra

O Vietnã, além dos feitos militares derrotando as maiores potências do mundo, também conseguiu resultados expressivos na sua economia. Com lote de até cinco hectares, tornou-se o segundo produtor de café no mundo, superando a Colômbia e ficando atrás somente do Brasil, que dispõe de um amplo território para tanto, mesmo sem a qualidade dos melhores cafés do mundo.

A sua capital, como de muitos países pequenos do Sudeste Asiático, conta com estruturas antigas que só permitem um trânsito confuso com muitas motos, atendendo a uma população que continua crescendo e pode oferecer recursos humanos competitivos para produtos de exportação, como as confecções, atraindo empresas estrangeiras que procuram manter a sua competitividade com tecnologias adaptadas à economia global.

vietna

Ho Chi Minh, como muitas grandes cidades do Sudeste Asiático, conta com um trânsito caótico com muitas motos

Os japoneses costumam oferecer financiamentos oficiais e participação de suas empresas de construção em projetos bilaterais, como estão executando hoje na Índia e já fizeram no Brasil. No Vietnã, seria executada a chamada HoREA com o governo local, numa nova área de nove mil hectares, a cerca de 40 quilômetros do centro da atual capital. Empresas de alta tecnologia seriam concentradas na área para aproveitar as condições locais.

O projeto seria executado até 2020, com um terço dos investimentos de orçamentos da cidade e o restante com investimentos publico-privados de outras fontes, empresas privadas locais como estrangeiras. Eles procuram empresários como de Cingapura-Malásia, Hong Kong, Coreia do Sul e Japão.

Com as limitações de recursos locais para investimentos imobiliários, os vietnamitas procuram fontes do exterior. Com a forte determinação que possuem, devem conseguir atingir seus objetivos que inspiram outros países que contam com mais recursos para projetos importantes de desenvolvimento.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: