Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Lamentável, mas Compreensível Decisão de Joaquim Barbosa

9 de Maio de 2018
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Política | Tags: , ,

clip_image002As expectativas de muitos eleitores brasileiros para mudanças significativas na política brasileira, com a colaboração de alguém que tivesse conhecimentos amplos acumulados até no exterior, contando com imagem que atendia às aspirações de variados grupos, acabaram frustradas.

Joaquim Barbosa anunciou a sua desistência da pré-candidatura à Presidência da República alegando razões pessoais

Todos sabiam que a resistência dos políticos e dos partidos não seriam poucas e o que se lamenta é que estes fatores não fossem de seu conhecimento prévio quando considerou a sua inscrição no PSB. Somente agora, pressionado pelos potenciais apoiadores, é que Joaquim Barbosa comunicou a sua desistência, alegando razões pessoais, quaisquer que sejam elas.

Muitos esperavam um novo levantamento da pesquisa da Datafolha que poderia indicar uma melhoria de sua posição que, sem nenhuma campanha, girava em torno de 9 a 10%. Se ela fosse significativa, os políticos e o seu partido teriam que aceitar a situação, mesmo que ela lhe fosse desconfortável, reconhecendo que não eram os sonhos daqueles que ainda dominam a política eleitoral no Brasil, gozando de privilégios.

Tanto ele, pessoalmente, como seus familiares sofreriam um intenso vasculhamento de todos os detalhes de suas vidas e eventuais falhas seriam exploradas pelos adversários numa campanha eleitoral. Todos os seres humanos possuem ao longo de suas vidas algumas falhas, pois não são santos que alguns problemas insignificantes poderiam ser agigantados pelos que se sentissem afetados por novos líderes que surgissem no cenário nacional.

Joaquim Barbosa era reconhecido como um cidadão que nasceu pobre e, sendo um afro-brasileiro, pelos seus méritos pessoais chegou brilhantemente até a presidência do STF – Supremo Tribunal Federal, apesar de suas dificuldades de relacionamentos com outros e com a imprensa. Com o seu papel no Judiciário, acabou identificado como alguém que combatia a corrupção, considerado por muitos como um dos principais problemas brasileiros. Teria condições para elaborar um bom programa de governo contando com uma equipe de especialistas para tanto, mesmo contrariando os políticos tradicionais brasileiros. Mas alguns notavam que ele não se sentia confortável para desempenhar um papel que teria que contrariar o quadro político vigente.

Ele deixa um grande número de brasileiros frustrados, que viam nele uma esperança de significativas mudanças no quadro atual. Estas oportunidades não se repetem com frequência, ainda que não exista um determinismo político que condene o Brasil a conviver com a atual situação. Agora, de forma pragmática, os seus potenciais eleitores terão que optar por alternativas ainda que não atendam todas as suas aspirações.

Em economia existe o conceito chamado de Second Best, ainda que o First Best fosse o ideal. Algo parecido vai acabar acontecendo na política brasileira, lamentavelmente deixando uma incerteza por um período mais longo.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: