Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Necessidades do Desenvolvimento Chinês

13 de Fevereiro de 2018
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia e Política, Editoriais e Notícias | Tags: , ,

clip_image002Muitos analistas na China estão conscientes das dificuldades que o país terá de superar para atingir o objetivo das próximas décadas para continuar seu desenvolvimento.

Professor Yao Yang, decano da Escola Nacional de Desenvolvimento e diretor do Centro de Pesquisa Economia da China, Universidade de Pequim, escreveu artigo para o Project Syndicate

Leia o restante desse texto »


Rede Nacional Sem Fio 5G Discutido no The Economist

13 de Fevereiro de 2018
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Tecnologia | Tags: , , ,

clip_image002O Brasil está, infelizmente, entre os países onde a telecomunicação é lenta e ineficiente, mas existem no mundo exemplos de regiões pobres ou emergentes que já conseguiram avanços nesta área. O assunto está num artigo publicado pelo The Economist.

Foto ilustrativa constante do artigo no The Economist, que vale a pena ser lido na íntegra

Leia o restante desse texto »


Obsoletas Políticas dos EUA e do Japão com as Coreias

13 de Fevereiro de 2018
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Política | Tags: , ,

clip_image002 O governo de Donald Trump, mesmo com o apoio do governo japonês de Shinzo Abe, acostumou-se com bravatas que não funcionam no mundo atual. O fato concreto é que uma simples e pequena participação conjunta das duas Coreias nas Olimpíadas de Inverno roubaram as cenas relevantes com fatos objetivos que superam em muito as perspectivas mundiais que as questões existentes sejam resolvidas pelos meios diplomáticos.

Representantes das duas Coreias sobem para acender a pira olímpica sobre intenso aplauso do público

Leia o restante desse texto »


Perspectiva de Energia Renovável no Futuro do Mundo

13 de Fevereiro de 2018
Por: Paulo Yokota | Seção: Cultura, Editoriais e Notícias, Integração | Tags: , ,

Um artigo de Shigeru Kurokawa publicado no site do The Japan News informa sobre a possibilidade de em 2040 se produzir 40% de energia renovável e não poluente no mundo, atingindo-se a meta estabelecida no Acordo de Paris.

clip_image002

Gráfico constante do artigo no site do The Japan News, ainda que tenha um pequeno percentual da energia atômica

Leia o restante desse texto »


Fiscalização da Aplicação dos Recursos do Chamado S

13 de Fevereiro de 2018
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia e Política, Editoriais e Notícias | Tags: , ,

Com a vantagem do parentesco, tenho utilizado dos muitos bons serviços prestados pelo SESC – Serviço Social do Comércio em variadas atividades que beneficiam os comerciários. No entanto, em algumas entidades do mesmo tipo muitos dos recursos são desviados para atividades meramente políticas que beneficiam somente alguns dirigentes.

clip_image002

Recursos do SESC bem aplicados em atividades culturais, esportivas e outras, como alimentação, que beneficiam os comerciários

Leia o restante desse texto »


O Que a Política Monetária Pode Fazer

9 de Fevereiro de 2018
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia e Política, Editoriais e Notícias | Tags: , , ,

Muitos economistas, como outros acadêmicos, tendem a pensar que o pouco que conhecem de seus instrumentos seja o suficiente para provocar a melhoria da economia, não tendo a compreensão que a realidade é muito mais complexa, envolvendo conhecimentos importantes dos mais variados setores da sociedade. A economia, notadamente na política econômica, não é uma ciência, mas meramente uma arte que exige reconhecer em cada momento os fatores que podem proporcionar alguns parcos resultados quando manipulados. Mesmo o artigo do atual número da revista The Economist parece incapaz de captar toda esta complexidade e limitação da realidade que deixa os economistas perplexos.

imageAlan Greenspan que não compreendia por que a tecnologia da informação ainda não estava aumentando a produtividade na década de 1960, mas teve o privilégio de comandar o FED – Banco Central dos EUA no período mais longo de crescimento da economia norte-americana

Leia o restante desse texto »


Turbulências Normais das Economias de Mercado

8 de Fevereiro de 2018
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia e Política, Editoriais e Notícias | Tags: , , , ,

clip_image002Artigos constantes da revista The Economist do próximo fim de semana analisam as turbulências que se registraram nos Estados Unidos e se espalharam pelo mundo. Sempre existem os que desejam atribuí-las à falta de experiência da equipe do presidente Donald Trump, mostrando que a radicalização política vem ocorrendo em muitas partes do mundo.

Capa do novo número da revista The Economist

Leia o restante desse texto »


Agricultura Chinesa e a Alimentação de sua População

8 de Fevereiro de 2018
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia | Tags: , ,

clip_image002Dois artigos publicados no Nikkei Asian Review mostram como os chineses estão superando suas dificuldades para o abastecimento de alimentos para o seu povo, ampliando as pesquisas para o aumento da produtividade do arroz e substituindo as importações de soja pelo excesso de milho que produzem.

Yuan Longping, pesquisador de 87 anos da Academia Chinesa de Engenharia chegou à produção de 17,2 toneladas de arroz por hectare, o mais alto do mundo. Foto publicada no Nikkei Asian Review.

Leia o restante desse texto »


Vozes Contra o Aumento de Armamentos Nucleares dos EUA

8 de Fevereiro de 2018
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Política | Tags: , ,

clip_image001O jornal japonês Asahi Shimbun publicou um editorial informando que o apoio dado pelo governo japonês à decisão de Donald Trump de aumentar o seu estoque de armamentos atômicos é vender a alma do Japão.

Estima-se 140 mil japoneses morreram em Hiroshima e 80 mil em Nagasaki

Leia o restante desse texto »


Ironia da Aceleração da Venda de Ativos da Petrobras

8 de Fevereiro de 2018
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais e Notícias | Tags: , ,

Um artigo de Cristiano Romero publicado no Valor Econômico informa que num entendimento estabelecido entre o Tribunal de Contas da União com a Petrobras procura-se uma nova sistematização para a venda de ativos daquele estatal brasileira. O produto das vendas seria destinado à redução das pesadas dívidas que apresentam uma alavancagem de 3,2 vezes, ou seja, a dívida é 3,2 vezes maior que a geração de caixa daquela empresa e se procura reduzir a 2,5 vezes até dezembro deste ano.

clip_image002

Muitas das reservas do pré-sal devem ser privatizadas, visando a redução do pesado endividamento da Petrobras

Leia o restante desse texto »