Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Diversidade Econômica e Política

12 de janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais | Tags: , , , , , | 12 Comentários »

Muitos se desesperam com as muitas confusões econômicas e políticas recentes em países sul-americanos, que podem prejudicar a imagem de todos do continente. No entanto, o quadro é similar nos países asiáticos, mostrando que não se trata de um privilégio local. Há que se conviver com a diversidade de situações, procurando se diferenciar dos demais, pelos critérios que são aceitos pela maioria dos países desta aldeia global.

Mesmo o conceito de democracia ocidental não é tão universal como parece, ainda que aparente ser o menos ruim de todos. Nascido das revoluções francesa e americana pressupõe-se que todos sejam iguais, tendo os mesmos direitos. Mas parece que os seres humanos acabam sendo diferenciados pelas suas riquezas e rendimentos. Uns são mais que os outros.

Leia o restante desse texto »


Problemas Políticos Desnecessários

12 de janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais | Tags: , ,

Se existe um problema que está bem resolvido na transição do regime autoritário brasileiro para a democracia foi a anistia, que absorveu todos os envolvidos de ambas as partes, de forma razoável. Outros países vizinhos enfrentaram dificuldades maiores na sua transição, até porque o regime autoritário parece ter sido mais violento.

Este instituto de anistia foi criado internacionalmente para resolver problemas decorrentes das guerras e revoluções, para se começar vida nova, sepultando-se o passado. E vem funcionando em muitos países, resolvendo problemas complexos, que se remoídos prejudicariam os novos caminhos que são perseguidos por todos. Sem que isto signifique tomar partido de um dos lados, pois hoje existe uma convivência razoável de todas as partes.

Leia o restante desse texto »


Fase Experimental do Site

11 de janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Notícias

Pedimos escusas para os internautas que estão interessados neste site, pois ainda estamos na sua fase experimental, sem o seu formato definitivo. Esperamos chegar a um adequado na medida em que incluímos novos textos, procurando melhorar o seu conteúdo.

Muitos dos textos ainda se encontram sem a devida revisão da redação e ilustrações estão sendo incluídas para torná-los mais atrativos. Com a recente reforma ortográfica, ainda estamos utilizando as novas regras junto com as anteriores. E existem as incorreções da nossa falta de experiência e das imperfeições do software Words que utilizamos.

Alguns textos estavam preparados anteriormente, como pode se notar, e as datas foram agrupadas quando da elaboração do site. As seções estão sendo melhores definidas, e as contribuições de outros autores constam nos que chamamos Depoimentos.

Esperamos chegar a um formato razoável com a brevidade possível. Os tags ainda estão inadequados e estamos tentando nos padronizar melhor, de forma a facilitar a pesquisa e a localização dos diversos textos. Os mesmos ainda não chegaram aos que são adequados para sites desta natureza e muitos estão longos. Esperamos compensar com a qualidade dos conteúdos.

Esperamos chegar a ponto de satisfazer os internautas que nos prestigiarem. Suas sugestões são sempre bem vindas.


Experiências e Novas Técnicas Eletrônicas

8 de janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Notícias | Tags: , , , ,

Estamos diante dos estimulantes desafios para conciliar as experiências contidas nos livros e artigos acumulados, com as novas técnicas da comunicação eletrônica. Estou muito feliz com isto. Vivendo e aprendendo. Como os orientais informam que novos celulares, de baixo custo, estarão conectados com a Internet, os tipos semelhantes aos atuais BlackBerry serão as vedetes de 2010. Para que os idosos não sejam excluídos deste novo mundo será preciso aperfeiçoar celulares manipuláveis por eles, com leituras possíveis por aqueles que possuem limitação de visão e baixa capacidade para usar pequenos teclados.

Há algum tempo um grande produtor de celulares presenteava o seu pai com os novos modelos desenvolvidos. O idoso pai os guardava, todos, diretamente numa gaveta, sem usá-los. O empresário perguntou o que ele desejava e recebeu a resposta que precisava de um celular que só recebesse telefonemas e que fizesse as ligações que ele desejava. Este empresário produziu este celular barato, básico, que vendeu mais de 2 milhões de unidades num só mês.

Leia o restante desse texto »


Interesses Estrangeiros na América do Sul

8 de janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais | Tags: , , , , , , | 2 Comentários »

Sempre há interesse em separar o joio do trigo.  Todos sabemos que os interesses de grupos estrangeiros tendem a se comportar como manadas, com muitos especuladores aproveitando a ingenuidade dos mais inocentes, antecipando-se a fatos que alimentam o imaginário coletivo.  Não podemos nos interessar em bolhas que valorizam o câmbio e acabam prejudicando os legítimos interesses locais.

A recente valorização das Bolsas, ainda que parte seja uma recuperação da queda ocorrida anteriormente, parece a “exuberância” a que se referia Greenspan.  Se os investimentos estrangeiros contribuírem para a ampliação da capacidade interna, competitiva internacionalmente, trazendo tecnologias, criando empregos para os trabalhadores locais, muito bem !  Se só se destinam a ganhos financeiros de curto prazo, aproveitando um câmbio extremamente valorizado, juros altos em termos internacionais, uma mera troca de papeis, há que se tomar a devida cautela.  Mesmo admitindo que a especulação ajuda a lubrificar o mercado, e possa representar a vanguarda de investimentos diretos.

Leia o restante desse texto »


Matriz Energética Mundial

8 de janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais | Tags: , , , , , , | 24 Comentários »

Há indícios que nos próximos anos haverá uma radical mudança na matriz energética no mundo todo, em decorrência de múltiplos fatores. Os atuais preços do petróleo vão induzir a redução dos usos dos seus derivados, principalmente nos transportes. Os norte-americanos desenvolverão pesquisas para redução da energia que importam, para reduzir a sua dependência externa. Os esforços ecológicos vão aumentar o uso de energias não poluentes. Entre outros motivos.

Leia o restante desse texto »


Problemas Crônicos

8 de janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais | Tags: , , , , , , , ,

Mesmo que alguns problemas de infra-estrutura nos países emergentes sejam considerados crônicos, heranças de desleixos das administrações públicas passadas, parece que muitos deles estão se agravando e pouco está se fazendo. Um exemplo é o caso das diárias inundações que ocorrem em metrópoles considerados promissores como São Paulo. Todos sabem qual é o período das chuvas mais intensas, e a cada inundação a desculpa é que se trata de precipitação excepcional.

Os dados estatísticos disponíveis são longos, e a infra-estrutura necessita ser preparada para os picos mais elevados de chuvas, como ocorre com as represas para a produção de energia. Não parece razoável que as inundações sejam diárias.

Leia o restante desse texto »


Consumo de Atum no Mundo

8 de janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Notícias | Tags: , , , , ,

A pesca do atum vem aumentando velozmente, com a disseminação do consumo de sushis e sashimis cada vez mais apreciados em todo mundo, inclusive na China (mais de um bilhão e trezentos mil habitantes) onde não havia o hábito de se consumir peixes crus. Esta demanda está colocando em risco a sobrevivência de alguns tipos de atum, cogitando-se colocá-los entre as espécies em extinção. Entre eles está o atum azul, cuja carne gordurosa da parte da barriga, chamada de toro, é muito apreciada pelo seu sabor raro. Chega a pesar cerca de meia tonelada, e é um dos peixes mais caçados pelos mares. Estuda-se a sua criação em cativeiro, ainda inviável, pois é bem mais complexa que a criação do salmão, por exemplo.

Recentemente noticiou-se que no mercado de Tokyo um atum da variedade “rabilho”, a mais apreciada pelos japoneses, pesando 232 quilos, foi leiloado por US$ 175 mil, arrematado por um consórcio de restaurantes, um deles de Hong Kong. Isto resulta em cerca de US$ 750 o quilo. Limpo e transformado em sashimi vai ficar em cerca de US$ 1.500 o quilo, só de matéria prima. Uma pequena fatia de 10 gramas vai ficar em torno de R$ 80 para o consumidor final, incluindo a margem do restaurante. Cogita-se colocar também esta variedade de atum, pescado no norte do Japão, entre as espécies em extinção.

Leia o restante desse texto »


Governo Japonês do Hatoyama Enfrenta Dificuldades e Outras Notícias Asiáticas

8 de janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Notícias | Tags: , , , , ,

Hatoyama tornou-se primeiro ministro japonês pelo DPJ com promessas de mudanças radicais, como a diminuição dos poderes da burocracia pública, mudança das relações com os Estados Unidos e outros assuntos vitais para o Japão. Não conseguiu nem reduzir a recessão econômica que se abateu sobre aquele país, que já continua patinando por mais de uma década. Seu prestígio está em declínio, havendo comentários de que não conseguiria se sustentar até as próximas eleições para renovação de parte da Câmara Alta.

Leia o restante desse texto »


Notícias Rápidas Locais e Asiáticas

4 de janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Notícias | Tags: , , , , , , , ,

No Ano Novo, muito comemorado em muitos países asiáticos, rigorosa nevasca atinge a Ásia, e provocam diversas paralisações. As precisões de um inverno rigoroso se confirmam, criando problemas de toda a natureza, assim como a América do Sul é atingida por um violento El Niño, que provoca irregularidades climáticas na região. Não é só na Ilha Grande, em Angra dos Reis, onde os falecidos já superam quatro dezenas, mas também em Cunha, onde um grupo de artesãos se dedica a produção de cerâmicas, que sofrem influências asiáticas. Em São Luiz do Paraitinga, onde havia um conjunto de casas tombadas, totalmente inundadas, foi onde nasceu Oswaldo Cruz, que aceitou a vinda e trabalhou com Isamu Noguchi, o primeiro cientista japonês que pesquisou no Brasil a febre amarela e outras doenças tropicais. Lá próximo existe um conjunto de mais de 2.000 cerejeiras, o mais amplo no Brasil. As preocupações na preservação do meio ambiente devem ganhar um novo impulso.

Leia o restante desse texto »