Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Novidades na Integração Gastronômica Brasileira

26 de novembro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Gastronomia | Tags: , , ,

Dois importantes jornais brasileiros, O Estado de S.Paulo, no seu suplemento Paladar, e o Folha de S.Paulo, no seu Ilustrada – Comida, traz matérias interessantes que mostram a integração da culinária brasileira com o que acontece de importante em outros países. O primeiro refere-se a uso do yuzu, um tipo de cítrico japonês que já conta com uma produção razoável no Brasil, e está sendo utilizado em alguns restaurantes, acompanhando o que acontece também em centros importantes como Nova Iorque.

No segundo, acompanhando uma onda de multiplicação da culinária andina, especialmente do Peru, refere-se a uma viagem àquele país e um jantar de um grupo de chefs brasileiros que realizou no restaurante La Mar, de São Paulo, maravilhando-se com a culinária lá praticada, que, além de tirar partido dos bons frutos do mar do Pacífico, utiliza produtos deixados pela civilização inca, considerados benéficos para a saúde humana, que está se espalhando por todo o mundo, como no já noticiado neste site, quinua.

www.tbfoto.com.br
LA MAR - SP/SP - 15/04/2009
Foto: Tadeu Brunelli
ATENÇÃO: Toda foto deve ser publicada com o crédito do autor, de acordo com a Lei Nº 9.610 de 19/02/1998. Yuzu

Restaurante La Mar, no Itaim, em São Paulo e o fruto cítrico Yuzu

Leia o restante desse texto »


Culinária Andina no Brasil

20 de novembro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Gastronomia | Tags: , ,

pratos

Acompanhando a multiplicação de restaurantes da culinária asiática no Brasil, observa-se o aumento recente de estabelecimentos que procuram apresentar cardápios andinos, principalmente peruanos, que trazem contribuições do que os incas deixaram para o mundo. Além de utilizarem muitos frutos do mar frescos, como no caso dos mais conhecidos como ceviches, que tiram partido dos bons peixes abundantes no Pacífico, também fazem uso de cereais como o quinoa, deixados pelos incas, que reconhecidamente são benefícios para a saúde dos seres humanos.

Os brasileiros eram avessos aos peixes crus, mas com a multiplicação de restaurantes servindo sushi e sashimi, os frequentadores destes estabelecimentos começaram a apreciá-los, o que levou a experimentar os com temperos mais tropicais, como os ceviches. Somaram-se aos que visitaram os Andes e passaram a apreciar a sua culinária. Um restaurante de nome Killa, que significa lua, explica em seu site (www.killa.com.br) a sua influência nos ciclos também na culinária, à semelhança do que acontece no Oriente.

Leia o restante desse texto »


Shigueru Japanese Food no Itaim Bibi

11 de novembro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Gastronomia | Tags: , , | 4 Comentários »

Para os que apreciam a verdadeira culinária japonesa, os detalhes são importantes, e quem já veio adulto do Japão costuma ter conhecimentos que nem sempre são usuais entre os estrangeiros que aprenderam a prepará-la. Isto começa com os molhos básicos usados neste tipo de culinária. Mas quando os japoneses se instalam no Brasil, precisam incorporar algumas coisas adaptadas à clientela local. O novo restaurante Shigueru, instalado na conhecida rua Leopoldo de Couto Magalhães, 275, no bairro de Itaim Bibi, em São Paulo, próximo à avenida Juscelino Kubitchek, consegue um adequado equilíbrio entre estas exigências.

Shigueru Hirano, seu proprietário e chef, acumulou uma importante e preciosa experiência atendendo uma clientela dominada por não nikkeis no bairro da Vila Madalena, com o seu Tanuki. Sabe selecionar os materiais a serem usados, fugindo um pouco do trivial neste tipo de restaurante, indo além dos usuais sushi e sashimis. Mereceu um comentário do Josimar Melo, crítico da Folha de S.Paulo.

Cartão

Leia o restante desse texto »


Alimentação Asiática do Cotidiano

7 de novembro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Gastronomia | Tags: , , , , | 4 Comentários »

Um interessante artigo foi publicado no jornal japonês Nikkei sobre o sucesso de uma empresa do Japão, a House Foods, na China. Eles estão ampliando a venda de diversos produtos utilizando o “curry” indiano, adaptando os utilizados no Japão para os paladares dos chineses. Na realidade, há uma distorção dos ocidentais sobre os costumes alimentares dos asiáticos, imaginando que os japoneses, por exemplo, vivem comendo sushis e sashimis, que são caros. Uma jornalista brasileira ficou muito satisfeita no Japão ao descobrir que os mais usuais do cotidiano são baratos udons (massas feitas de trigo) ou sobas (massas feitas de trigo sarraceno) na forma de sopas, com custos em torno de US$ 5 por tigela.

Também são usadas cotidianamente adaptações japonesas do lámen chinês (massa na forma de sopa), do yakissoba (massas com legumes e carnes preparados na chapa), do “curry” indiano, normalmente servido com arroz, bem como “guiudon” (carnes sobre o arroz em tigelas), todos de custos modestos. Algumas refeições são acompanhadas de picles e um missoshiru (sopas de pasta de soja). Também são muito consumidos os odens, cozidos de legumes e massas derivadas de peixes, mantidas em caldos, até vendidos em barracas na rua, principalmente à noite. Muitos destes pratos já se tornaram populares no exterior, inclusive em São Paulo.

missoshiru copy gyudon copy oden yakissoba

Missohiru, guiudon, oden e yakissoba: pratos do dia-a-dia no Japão

Leia o restante desse texto »


Suplemento Paladar Com Artigos Sobre Saquê

4 de novembro de 2010
Por: Kazuhiro Kurita | Seção: Gastronomia | Tags: , ,

Para alegria dos amantes da boa gastronomia, o suplemento Paladar de hoje, do jornal O Estado de S.Paulo, traz algumas reportagens de grande interesse. Numa matéria bem ampla, de Luiz Horta, informa-se detalhadamente sobre o saquê, o prestígio que conseguiu em famosos restaurantes de Nova Iorque, bem como as múltiplas variedades existentes. Mas, o mais importante, são as experiências de compatibilização feitas em São Paulo com pratos da culinária brasileira, italiana e francesa.

De outro lado, Cintia Bertolino informa sobre a experiência do chef Yoshihiro Narisawa, proprietário do Les Créations de Narisawa, no elegante bairro de Minami Aoyama, em Tóquio. Ele esteve em São Paulo visitando a Ceagesp, onde pôde provar na Frutífera Trindade sapoti, pequi, atemóia, jabuticaba e açaí, ficando em dúvida como seria utilizá-los na sua culinária. Ele as achou todas saborosas e que deveriam ser consumidas, naturalmente, como frutas mesmo. O jornalista Luiz Américo Camargo visitou seu restaurante em Tóquio, ficando maravilhado com suas originalidades pelo uso de matérias-primas não convencionais.

pequi jabuticaba saquê

Pequi e jabuticaba, exemplos de frutas do Cerrado, e saquê puro e de qualidade

Leia o restante desse texto »


Água de Coco: Bom Para o Corpo e Para a Natureza

4 de novembro de 2010
Por: Naomi Doy | Seção: Saúde | Tags: , ,

Ideal para os dias quentes, a água de coco é preferência nacional. Matéria publicada na Folha de S.Paulo, pelo jornalista Mauro Zafalon, relata que pesquisa recente mostra o consumo de água de coco como um dos que mais crescem no país: 18% ao ano, a bebida manufaturada, com continuidade de crescimento em franca ascensão.

Por ter baixo índice de calorias (22 cal por 100 ml), nutricionistas recomendam seu consumo entre as refeições, quando bate aquela “fominha”, para se manter satisfeito de forma saudável. Além de deliciosa e refrescante, contém sais minerais e nutrientes: magnésio, potássio, sódio moderadamente, cálcio, vitamina C. Funciona, portanto, como isotônico natural, bom para repor líquidos e minerais perdidos pela transpiração durante malhações e prática de exercícios físicos. Como possui composição semelhante ao plasma sanguíneo, pode substituir o soro fisiológico para abrandar efeitos de diarréia, como riscos de desidratação. Ajuda a equilibrar a circulação do sangue, regulando o nível de sódio e água no corpo, prevenindo assim cãibras e fraqueza muscular. É diurético eficiente, eliminando o excesso de água no organismo sem interferir no nível de potássio. E é muito bem tolerado por pessoas que sentem enjoos, como na gravidez e nos tratamentos de quimioterapia.

Foto do site kboing.com.br

Leia o restante desse texto »


Guias Como Michelin no Japão

23 de outubro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Gastronomia | Tags: , ,

O jornal Valor Econômico reproduz um artigo da jornalista Mariko Sanchanta, do The Wall Street Journal, comentando que o Guia Michelin elege o Japão como o centro culinário do mundo, ao premiar 12 estabelecimentos da região de Kansai, ou seja, Quioto, Osaka e Kobe, mais que Tóquio ou Paris. A edição anterior se referia à região de Kanto, ou seja, Tóquio, que já impressionava por contar com mais estabelecimentos estrelados que as grandes capitais do mundo gastronômico. Nesta edição, evitam-se as críticas efetuadas anteriormente e as avaliações foram feitas pelos inspetores japoneses. No entanto, é preciso compreender que isto só serve para a orientação dos turistas e não para os verdadeiros gourmets.

De qualquer forma, o que consta do artigo é que somente em Tóquio, já em 2006, se contava com 160.000 restaurantes, incluindo os estrangeiros, enquanto Paris tinha 15.000. O que se encontrou foi uma grande dificuldade, pois muitos estabelecimentos não permitiram que seus pratos fossem sequer fotografados.

premiados

Chefs premiados pelo Guia Michelin, que elegeu o Japão como o centro culinário do mundo

Leia o restante desse texto »


Rangetsu e os Pratos Preferidos de Akira Kurosawa

22 de outubro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Gastronomia | Tags: , , ,

O Restaurante Rangetsu prepara cardápio especial para celebrar o centenário de nascimento do cineasta japonêsAkira Kurosawa, homenageado da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Uma série de importantes eventos vai comemorar a data. A Mostra Internacional de Cinema, cujo cartaz oficial traz um desenho de Kurosawa, vai exibir uma cópia restaurada do clássico Rashomon; o Instituto Tomie Ohtake recebe uma exposição com os desenhos criados pelo mestre japonês; a editora Cosac Naify  publica À Espera do TempoFilmando com Akira Kurosawa, livro da diretora, assistente e produtora do cineasta Teruyo Nogami, que está especialmente no Brasil para a Mostra, a exposição e o lançamento. Somado a isso, o restaurante Rangetsu preparou um cardápio especial, assinado pelo chef Shin Koike, com os pratos preferidos do cineasta japonês, que podem ser degustados no jantar a partir do próximo dia 25 até o dia 27 de novembro.

O chef Shin Koike explica que Kurosawa apreciava o kurogue buta (porco negro), que ele prepara como entrada, como milanesa acompanhado de rice curry. Há também um course completo batizado de “Ran”.

!cid_1BC3CECF-6C08-4D7E-99EE-C9F90797E4CD !cid_F540A28F-8B7D-48C7-B41B-B9541B9AF388 !cid_4EF50651-F222-4590-AD31-70E3BE44D3C2 !cid_C9704703-2B28-49D5-AAEF-954D356E4FB3

1 e 2. RAN – Menu completo. O prato principal é o shabu shabu
3. Tonkatsu – Milanesa de carne de porco negro
4. Medalhão – Medalhão de porco negro enrolado com bacon

Leia o restante desse texto »


jojoscope Comenta Hamatyo com Destacada Competência

17 de outubro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Gastronomia | Tags: , , , | 4 Comentários »

O competente blog dirigido por Jo Takahashi, profundo conhecedor da cultura japonesa, www.jojoscope.com.br, traz uma imperdível reportagem sobre o estabelecimento especializado em sashimi e sushi, Hamatyo, sediado em São Paulo, no bairro de Pinheiros. É como as casas habituais no Japão, discreto, sem nenhuma badalação. O artigo postado, ricamente ilustrado por fotos impecáveis, descreve em detalhes esta casa que só é frequentada por aqueles que conhecem a verdadeira arte de apreciar o bom sushi.

Não adianta pedir outros pratos, pois o chef Yoshida, como um bom sushiman, secundado por sua esposa, só serve sashimi e sushi, acompanhado por um suimono, um caldo delicado da melhor qualidade, mais adequado que o missoshiru, usualmente servido em restaurantes japoneses no Brasil, geralmente de qualidade discutível.

No Japão, pedir um tempurá, um sukiyaki ou outras especialidades da culinária japonesa numa casa de sushi pode sujeitar o cliente a uma expulsão do estabelecimento com ofensas, encaminhando-o para outros estabelecimentos.

Tirashi Zushi

Tirashi zushi do chef Yoshida

Leia o restante desse texto »


Produtos Amazônicos na Culinária Saudável

9 de outubro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Gastronomia | Tags: , , | 2 Comentários »

Uma interessante matéria de autoria da jornalista Iara Biderman está sendo publicada pela Folha de S.Paulo, Saúde, com o título “Dieta amazônica aumenta longevidade”. A reportagem informa que os 50 mil habitantes de Maués, no Estado de Amazonas, contam com mais moradores de 80 anos, o dobro quando comparado com a capital Manaus ou outras cidades do Estado. O assunto acabou sendo motivo de estudo do gerontólogo Euler Ribeiro, da Universidade Estadual do Amazonas, bem como da bióloga e geneticista Ivana Mânica da Cruz, da Universidade Federal de Santa Maria, do Rio Grande do Sul.

Alem da expectativa de vida mais elevada, os habitantes de Maués gozam de boa saúde, com 60% menos diabetes, hipertensão, reumatismo e demência. Constatou-se que eles possuem mais filhos, mesmo com a idade avançada, e consumem regularmente guaraná em pó. Sua dieta tem as mesmas propriedades da mediterrânea e as do uso do chá oriental, que também facilitam a longevidade com saúde.

cupuaçu Guarana peixes da amazonia

Leia o restante desse texto »