Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

A Sempre Impressionante Gastronomia Chinesa

18 de julho de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Gastronomia | Tags: ,

Até os que conhecem um pouco da gastronomia chinesa acabam impressionados pelas novidades que podem ser apresentadas pelo Chef ChaoYuexiang, de Hong Kong, em Xangai. É uma fusão da saudável culinária de frutos do mar, combinando o que há de melhor nos estilos Chao, Cantonês e Xiang, com a profusão de temperos como os de origem indiana, ou disponíveis no Spice Market de Istambul. Mas que acabam dando uma harmonia e leveza que se destacam.

Todos conhecem melhor o estilo cantonês que se espalhou pelo mundo. Em Xangai predominam os pratos elaborados com o uso do vapor, utilizando os abundantes frutos do mar e o arroz. Nem todos têm a coragem de encarar os pratos mais exóticos, mas os temperos acabam sendo moderados, leves, ou advertidos nos cardápios que alguns são carregados nas pimentas.

atum

Atum especial do Minya Hotels

Leia o restante desse texto »


Culinária Japonesa e Modernização

14 de julho de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Gastronomia | Tags: , | 2 Comentários »

Voltando a Tóquio depois de pouco mais de dois anos, impossível não notar as mudanças que ocorrem, preservando o fundamental. Na arquitetura, por exemplo, um dos orgulhos do trabalho do arquiteto Kenzo Tange, um dos mais conhecidos japoneses no exterior, o prédio do Akasaka Prince Hotel, concluído em 1982, e onde morei por um tempo, já vai ser derrubado para a construção de um novo complexo. A estação de Tóquio, que resistiu à Segunda Guerra Mundial, está sendo demolida, mantendo-se o mínimo.

No velho bairro de Akasaka, voltei ao meu preferido restaurante, pequeno, Tamaki, cuja proprietária é uma verdadeira gueisha, filha de geisha, criada em São Paulo, amiga de minha família toda. Os que se lembram um pouco da história da culinária japonesa no Brasil se recordam do antigo restaurante Akasaka na Rua Treze de Maio, em São Paulo, ou em Copacabana, ou do primeiro Steak House na Basílio da Gama. Sou recebido não como um cliente, mas como amigo da proprietária, do chef de décadas, das antigas atendentes, que continuam bonitas com seus elegantes quimonos, num ambiente sóbrio, quase zen. E olhe que nem tive tempo da fazer a reserva antecipada, mas quando a concierge do hotel deu o meu nome, a atendente logo lembrou: “o velho amigo da okamisama, tem um lugar para ele imediatamente.

Akasaka Prince Hotel

Leia o restante desse texto »


Benefícios da Natureza para a Saúde

7 de julho de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Saúde | Tags: , ,

Uma interessante matéria foi publicada no New York Times por Hugh Pickens informando que alergias e outros problemas criados pelo ar-condicionado podem ser “imunizados” por caminhadas pelas florestas, parques e onde existam muitas árvores.

Um estudo efetuado no Japão com 280 pessoas sadias que praticam o que se chama “Shirin-Yoku”, ou “banho de floresta”, visitando parques naturais, mostra que há efeitos terapêuticos. Produtos encontrados entre plantas provocam menores concentrações de cortisol, reduzem as pulsações e baixam as pressões arteriais.

Outro estudo mostrou que um ser humano com duas horas de caminhada por dois dias reduzem em 50% o nível de morte natural das células, e outro estudo ainda mostrou o aumento de células brancas no sangue que se mantiveram por uma semana nas mulheres expostas às “fitocidas” dos ares das florestas.

Nestes períodos do inverno paulistano, quando os poluentes desencadeiam reações respiratórias, seria de se desejar a multiplicação de parques na cidade, para que a população possa “curar” parte das poluições de que sofre.


Tecnologia na Administração Hospitalar

25 de junho de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Saúde | Tags: , ,

O jornal econômico japonês Nikkei informa que a NEC, Sanyo e a CSI juntam seus esforços para atuar em conjunto na área do intercâmbio de informações de todos os pacientes, estabelecendo algo como um prontuário único, com as suas autorizações. Incluem as imagens dos diagnósticos e todo o histórico médico dos pacientes, que podem ser transmitidos “on line”.

A NEC detém 20% do mercado japonês de sistemas desta natureza com hospitais com um mínimo de 200 leitos, enquanto a CSI 20% dos hospitais menores, com menos leitos. A Sanyo controla cerca de 30% do mercado de clínicas médicas. As três empresas, atuando em conjunto, devem gerar grandes vantagens de escala e aglomeração, devendo ampliar as informações de um paciente numa região. O custo para os hospitais e clínicas é mínimo, algo como 30 dólares por clínica e 600 a 1.000 dólares por hospital.

Leia o restante desse texto »


Redução do Sal da Culinária Mundial

20 de junho de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Gastronomia | Tags: , ,

saleiro Na cultura de muitos povos asiáticos não se faz uma distinção entre alimentos e remédios, como na chinesa, e o seu consumo está aumentando com a globalização. E está se generalizando o uso menos intensivo do sal nas principais culinárias mundiais, diante do reconhecimento de que populações urbanas efetuam menores esforços físicos, não necessitando de tanto sal como no meio rural, onde o suor ajuda a reduzir os malefícios deste produto.

Entre as muitas contribuições das pesquisas dos hábitos alimentares, existe quase uma unanimidade que o sal contribui para a elevação da pressão arterial, um dos grandes males que afetam alto número de seres humanos. A divulgação ampla destes conhecimentos está provocando mudanças significativas em todo o mundo.

Leia o restante desse texto »


Novas Técnicas de Cirurgia Cardíaca Com Robô

18 de junho de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Saúde | Tags: , , | 2 Comentários »

O jornal Nikkei anunciou hoje que a empresa japonesa de equipamentos médicos Olympus, numa cooperação com a Universidade de Tóquio, conseguiu o protótipo das instalações necessárias para efetuar cirurgias cardíacas decorrentes de anginas e infartos. É efetuado com o uso de robô e uma plataforma de controle, sem a necessidade de abertura ampla do peito e com o coração em movimento. Pode ser feito a uma distância apreciável dos cirurgiões com os pacientes.

A equipe comandada pelo Dr. Ichiro Sakuma desenvolveu o novo procedimento usando técnicas de endoscopia, fórceps, instrumentos de cirurgia eletrônica e pode ser efetuado com uma perfuração mínima no peito, informa o jornal.

Leia o restante desse texto »


Gastronomia Popular em Istambul

10 de junho de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Gastronomia | Tags: , , , , | 2 Comentários »

Certamente, a gastronomia popular em Istambul, que é boa, vem sofrendo naturais mudanças com as influências que recebe de todo o mundo, ajustada à ampla disponibilidade local de matérias-primas e as culturas locais. Como em muitas outras grandes metrópoles do mundo, notadamente no Mediterrâneo, percebe-se a sua evolução, mas continuam sendo os “kebabs”, os assados, os que estão mais à disposição da clientela popular. Não só dos locais, como da multidão de turistas vindos de todo o mundo, com ênfase nos que possuem tradições árabes e muçulmanas de todas as matizes. Malaios, indonésios, iranianos, da Ásia, do Sudeste Asiático com as mulheres vestidas de formas mais variadas, desde toda coberta de preto, cabeças e rostos protegidos como até as mais modernas com vestimentas ousadas.

Verifica-se a ampla disponibilidade de saladas, com vegetais e legumes frescos de boa qualidade, intensamente produzidos no país. O “messe”, um conjunto de entradas, oferece uma ampla variedade de pratos frios e quentes, a que se seguem assados com amplas opções, desde carnes dos mais variados tipos e frutos do mar, tudo consumido com muito vagar, e conversas animadas. O que atrai muitos turistas é a produção do pão árabe, preparado na hora por senhoras, que já sofre influências como dos “crepes” franceses, e já vem com variados ingredientes. Uma evolução clara é o menor uso do sal no preparo, que fica disponível na mesa para os clientes, junto com o óleo de oliva, mais usado no preparo. Nesta época, início do verão, impressiona a oferta de frutas e castanhas na rua.

Leia o restante desse texto »


Culinárias Inesquecíveis Que Permanecem na Memória

24 de maio de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Gastronomia | Tags: , , | 2 Comentários »

Lendo ontem dois artigos publicados na renovada separata Serafina, da Folha de S.Paulo, do crítico de culinária Josimar Melo e da chef Mari Hirata, sobre a visita que fizeram ao hoje consagrado restaurante Noma, do chef René Redzepi, de Copenhague, tomo a liberdade de fazer alguns comentários. Ele usa, na sua culinária, ingredientes locais e da época.

Na sua carreira constam períodos de trabalho em alguns famosos restaurantes que tive o privilégio de conhecer, como o Le Jardin des Sens, de Montpellier, e Per Se, de Nova Iorque, que constam dos melhores que se dispõem no mundo. Afirma que adquiriu a liberdade de criar, tendo passado por experiências como no El Bulli, do Ferran Adrià, que forma uma espécie de clube exclusivo do qual fazem parte Josimar Melo e Alex Atala.

rene rene_prato

René Redzepi e um prato preparado por ele no Fórum de Gastronomia de Santiago de Compostela, no Chile, em 2008. Ele utilizou raízes e plantas silvestres da região

Leia o restante desse texto »


Redes Internacionais de Saúde na Ásia

14 de maio de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Saúde | Tags: , , | 2 Comentários »

Notícia publicada no jornal Nikkei, proveniente de Cingapura, informa que estão se expandindo redes de hospitais para atender diversos países na Ásia, aproveitando as oportunidades geradas pela elevação da idade e melhoria econômica da população.

Um grupo indiano efetuou expressivos investimentos numa rede de Cingapura, tendo já 45 hospitais na Índia, expandindo suas atividades para outros países como a China, Brunei, Malásia e a própria Cingapura. Isto criou a maior rede asiática nestas atividades relacionadas com a saúde, intercambiando tecnologia e pessoal.

serviços medicos

Leia o restante desse texto »


Culinária Japonesa em São Paulo

4 de maio de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Gastronomia | Tags: ,

Com a disseminação até exagerada de restaurantes destinados à culinária japonesa em São Paulo, está se tornando muito difícil distinguir os que são de boa qualidade dos que simplesmente aproveitam a moda. Esforços estão sendo feitos, ainda que não se pretenda “certificar” os mesmos, pois existe demanda para tudo, e a maioria vem se empenhando em servir o que faz bem à saúde. O tempo selecionará os melhores.

Mas existem, infelizmente, alguns fundamentos que nem sempre são seguidos, principalmente por aqueles que não receberam um treinamento longo e cuidadoso, mesmo com toda a criatividade e boa vontade. Outros se esmeram em contar com uma frequência de uma clientela “badalada”, gente bonita, o que é sempre agradável, mas que não distinguem a qualidade do que é servido.

rangetsu rangetsu_prato

Saquês e pratos especiais do Rangetsu

Leia o restante desse texto »