Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Uma Virada de Ano Com Alguns Destaques

1 de janeiro de 2020
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias | Tags: , , ,

As viradas dos anos têm sido protocolares, com os balanços dos anos que se esgotaram e as esperanças de mudanças nos novos, as notícias das comemorações com fogos que costumam começar na Austrália e terminam nas Américas. Neste ano, algumas notícias mais interessantes parecem chamar as atenções de todos e, no Brasil, a entrevista de Gilberto Dimenstein dando sua nova visão do mundo diante do câncer que está enfrentando, a fuga de clip_image002Carlos Ghosn do Japão para o Líbano e as elevadas subidas nas bolsas de valores com as tendências de redução dos juros acabam dando um novo panorama pouco usual para esta época do ano.

Gilberto Dimenstein na foto publicada na Folha de S.Paulo, cuja entrevista para a jornalista Ana Estela de Sousa Pinto vale a pena ser lida na íntegra

Leia o restante desse texto »


Nada Supera a Inteligência

14 de dezembro de 2019
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias | Tags: , , | 2 Comentários »

clip_image002Tudo indica que o presidente Jair Bolsonaro, com o seu estilo que tenta lembrar Jânio Quadros, mas a quem não consegue nem servir de sombra, tenha chamada a jovem sueca de 16 anos, Greta Thunberg, de “pirralha”, esperando provocar uma polêmica. Ela, com sua inteligência exemplar, simplesmente “absorveu” a expressão que passou a usar na sua rede social, desarmando totalmente o presidente brasileiro, a quem não restou senão ficar calado.

Greta Thunberg, sueca de 16 anos, é uma inteligência privilegiada

Leia o restante desse texto »


O Mundo Como Ele É…

13 de dezembro de 2019
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia e Política, Editoriais e Notícias | Tags: , , ,

A vitória eleitoral dos conservadores no Reino Unido foi mais expressiva do que esperada por muitos analisas e Boris Johnsen, que não chega a ser considerado um estadista, deve eclip_image002xecutar a saída do seu país da Comunidade Europeia nos próximos meses, o que, em vez de resolver os problemas, pode aumentá-los.

Boris Johnson conseguiu uma vitória expressiva dos conservadores no Reino Unido e deve promover a saída do seu país da Comunidade Europeia nos proximos meses

De outro lado, os Estados Unidos e a China chegaram a um primeiro acordo para evitar a elevação das tarifas de importação, reciprocamente e de forma pragmática, reconhecendo que a guerra comercial não ajudava nenhum dos dois países, provando uma redução do crescimento da economia mundial. Estas mudanças importantes alteram o cenário mundial e clip_image004se de um lado reduz os potenciais de estragos de outro acaba criando oportunidades. Os chineses sempre afirmaram que são nos períodos de alteração do quadro geral é que costuma aumentar muitas oportunidades.

Estados Unidos e a China chegaram a um primeiro acordo, evitando a elevação das tarifas de importação, reciprocamente

Leia o restante desse texto »


Novas Tendências dos Economistas

13 de dezembro de 2019
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia e Política, Editoriais e Notícias | Tags: , , , , ,

Em economia sempre surgem novas tendências de pesquisas que, passando por medidas gerais de política macroeconômica, estão se concentrando agora em casos concretos que afetam pequenas comunidades. A nova Prêmio Nobel, de apenas 47 anos, pesquisou com as clip_image002melhores técnicas os casos concretos que afetam pequenas comunidades. Como a dos indianos que, com doação de pequenas quantidades de lentilhas, aumentaram as vacinações, proporcionando expressivos resultados na melhoria da saúde, com gastos menores.

Esther Duflo, seu marido Abhijit Banerjee e Michael Kremer receberam o Prêmio Nobel de Economia de 2019

Leia o restante desse texto »


Ricardo Galvão é uma das personalidades do ano da Nature

13 de dezembro de 2019
Por: Paulo Yokota | Seção: Ciência, Editoriais e Notícias | Tags: , ,

Um artigo de Giovana Girardi e Paloma Cotes do Estadão antecipam informações que seriam divulgadas na próxima semana informando que o ex-diretor do INPE, o cientista brasileiro Ricardo Galvão, foi incluído pela prestigiosa revista científica Nature como uma das pclip_image002ersonalidades do ano. Não decorreu da publicação de um artigo relevante, mas de sua firmeza em contrariar o governo brasileiro que, apesar das evidências científicas, atribuía o aumento dos incêndios na Amazônia a ação de algumas Ongs.

Ricardo Galvão, ex-presidente da INPE, contrariando o governo brasileiro, mostrou que havia evidências científicas sobre o aumento dos incêndios na Amazônia

Leia o restante desse texto »


Medida Provisória 910 de 10 de Dezembro de 2019

13 de dezembro de 2019
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias | Tags: , , , , ,

Mesmo examinando a íntegra da Medida Provisória 910, fica difícil efetuar uma avaliação correta da nova providência adotada pelo governo federal, que se não aprovado pelo Congresso Nacional em 120 dias perderá a sua validade. Pela nota distribuída pela Agência Nacional, procura-se acelerar com a providência os processos de obtenção da documentação, em alguns casos específicos e dimensões limitadas de cada lote, mas pode se começar discutindo se atende a todas as condições previstas para o uso de Medidas Provisórias que exigem urgência, entre outras restrições. As antigas ações de discriminação de terras, mais cuidadosas, procuravam conciliar a pretensão das propriedades, evitando-se possíveis conflitos entre eles, permitindo que os advogados do INCRA tomem as medidas com base nas clip_image002documentações apresentadas pelos interessados. Hoje, se dispõe de meios como o GPS que deixam claros os limites e os confrontos das pretensas propriedades, permitindo ouvir as argumentações de possíveis conflitantes.

Presidente Jair Bolsonaro assina a Medida Provisória nº 910 que altera as operações de regularização fundiária, com discutível urgência, pois estas questões são de longo prazo

Leia o restante desse texto »


Greta Thunberg é o Futuro

13 de dezembro de 2019
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Meio Ambiente | Tags: , , , , ,

imageÉ impressionante que uma jovem de 16 anos seja escolha a Personalidade do Ano por uma revista importante como o Time. Dirigentes, como Jair Bolsonaro e Shinzo Abe, não percebem que já estão superados em suas concepções sobre o clima, sendo substituídos por jovens ousadas como a sueca de 16 anos, Greta Thunberg, que merece o aplauso de todos.

O presidente Jair Bolsonaro pensou que a estava atingindo quando a chamou de “pirralha”, o que ela assumiu e adotou nas suas comunicações sociais. Shinzo Abe e o seu governo continua apoiando o poluente carvão mineral nos países asiáticos mais atrasados, como se o problema climático não fosse universal. Eles não estão percebendo que estão ultrapassados e que, para o futuro, os jovens que sofrerão as consequências dos desmandos governamentais tenham palavras fortes que estão impressionando o mundo. Os jovens estão baseados nas pesquisas científicas e não estão interessados em resultados eleitorais imediatos. São os legítimos representantes do futuro e estão sendo reconhecidos até por revistas importantes como a Time. Vendo as manifestações que estão se multiplicando pelo mundo, nota-se que também pessoas de mais idades, sensatas, que não estão interessadas nos resultados eleitorais atuais, estão apoiando os jovens. Procuro incluir-me entre eles.

Na reunião que está ocorrendo em Madrid, exigindo que o mundo estabeleça metas mais ousadas, todos que querem ver podem constatar que os degelos que estão ocorrendo, as irregularidades climáticas que estão se multiplicando com maior violência e a elevação do nível do mar, entre outros sinais alarmantes. Já estamos sofrendo os desmandos atuais das poluições que já estão nos atingindo, tendendo a se agravar rapidamente.

A nossa esperança é que as vozes dos jovens soem mais fortemente, chamando a atenção das responsabilidades das autoridades e dos comandos das grandes organizações empresariais. Os custos dos desastres são crescentes, como todos estão vendo com as inundações que ocorrem, bem como dos incêndios que se multiplicam até nos países desenvolvidos como os Estados Unidos e europeus.

Não há mais tempo, precisamos tomar medidas drásticas para minorar os problemas que estão se multiplicando. O que está sendo feito é insuficiente, precisamos intensificar os usos de recursos energéticos não poluentes, que estão se tornando cada vez mais competitivos. Precisamos inibir os lucros de fontes já ultrapassadas como do carvão mineral e até do petróleo, ou tomar medidas concretas para que seus danos se tornem mínimos.

Os mais pobres e os jovens estão sendo afetados, facilitando doenças que exigirão pesados encargos para serem evitados. Comprova-se que as poluições dos rios, como no Brasil, estão exigindo gastos cinco vezes maiores em saúde pública. Os mares estão inundados por plásticos, os peixes estão cada vez mais contaminados, como pode se verificar nos estômagos das baleias.

Já estamos pagando mais pelas nossas mazelas e somente os jovens estão liderando movimentos sérios para reverter os problemas. Greta Thunberg está se movimentando somente há dois anos, começando quando tinha 14 anos, com cartaz em frente ao Parlamento sueco e hoje percorre o mundo, frequenta as reuniões mais importantes nestes assuntos, colocando de forma inteligente, o que os velhos políticos e executivos de empresas privadas não estão realizando.

No Brasil, apesar da poluição dos litorais brasileiros, continua se aumentando as explorações de petróleo em condições de alto risco no pré-sal. Precisamos intensificar usos como do etanol, da eletricidade decorrente do Sol e do vento, com baterias como de lítio que proporcionou o Prêmio Nobel a um velho cientista japonês. Vamos ajudar de forma expressiva e concreta com estas correções, aprendendo com Greta Thunberg, esta brilhante jovem de 16 anos, que já merece um Prêmio Nobel, por bater forte contra Jair Bolsonaro ou Shinzo Abe.


O Brasil que Pouco Conhecemos

10 de dezembro de 2019
Por: Paulo Yokota | Seção: Cultura, Editoriais e Notícias | Tags: , , ,

Drausio Varella com sua reconhecida capacidade em variados setores do conhecimento humano descreve o voo que efetuou pela região conhecida como Cabeça de Cachorro na Amazônia, maior que Portugal, na fronteira brasileira com a Colômbia e a Venezuela até Manaus. Visava ajudar num programa que amplia o que os brasileiros conhecem da gigantesca região abrangida pelo Rio Negro. Conheci parte desta área desde estudante de economia há dezenas de anos até o exercício de tarefas do Banco Central do Brasil e do Iclip_image002NCRA – Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária por longos períodos. Do chão da Amazônia existem muitas outras visões que nem sempre são conhecidas pelos que sobrevoam a região somente de avião.

A imperdível Vitória Regia na Amazônia, que, para vê-la diretamente, exige uma caminha pela floresta, com alguns percalços

Leia o restante desse texto »


Alarmante e Criminoso Abate da Embuia de 535 Anos em SC

3 de dezembro de 2019
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Meio Ambiente | Tags: , , ,

É incompreensível que algo semelhante tenha ocorrido num estado do sul brasileiro, Santa Catarina, ou seja, a derrubada de uma embuia de 535 anos para transformar a sua madeira em vigas para cercas em 2018. É um crime ambiental, pois só pode ocorrer isto com a embuia – ocotea porosa (que é apresentada com variados nomes, com destaque a imbuia ou octeia porosa, segundo a Embrapa) que tenha sido plantada, como reflorestamento, o que certamente não era sequer conhecido antes do Brasil ser descoberto por Pedro Álvares Cabral.

imbuiaAs fotos relacionadas com este assunto contam com variadas restrições para o seu uso, como os direitos autorais, mesmo de órgãos oficiais como a Embrapa e da Wikipédia, quando parece que deveria permitir avaliar o seu porte, que pode chegar à altura de diversos andares de um edifício, bem como diâmetros de muitos metros. A matéria sobre o assunto foi publicada por jornais brasileiros, como a Folha de S.Paulo e O Globo, valendo a pena ser lida na íntegra.

O que restou da embuia de 535 em Santa Catarina

Leia o restante desse texto »


Avanços Significativos no Diagnóstico de Câncer no Japão

28 de novembro de 2019
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Saúde | Tags: , ,

clip_image002Uma simples gota de sangue permite o diagnóstico rápido e barato de 13 tipos de câncer: no aparelho gástrico, esôfago, pulmão, fígado, bílis, intestino, ovário, próstrata, bexiga, seios, sarcoma e glioma (livre tradução de termos médicos), entre outros. 

Notícias distribuídas pelas agências noticiosas japonesas Kyodo e Jiji estão sendo divulgadas pelos principais jornais japoneses. Com uma simples gota de sangue, com 99% de segurança, podem ser obtidos os diagnósticos de 13 tipos diferentes de câncer a custos baixos

Leia o restante desse texto »