Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Toyota Anuncia Uso de Componentes Bioplásticos

13 de outubro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Tecnologia | Tags: , ,

Desde a Expo Tsukuba 85, quando o Pavilhão Brasileiro apresentou a tecnologia do então chamado álcool, hoje etanol, e a bioquímica, vem-se insistindo na tendência do plástico de origem petroquímica utilizado nos veículos automotores ser substituído pelos biodegradáveis, ainda de custos mais elevados. Agora, a Toyota anuncia que alguns modelos de luxo, como o seu Lexus CT200h, irão utilizar componentes bioplásticos, começando com os destinados ao porta-malas, como anuncia o jornal japonês Nikkei na edição de hoje (dia 14 de outubro, horário do Japão).

Os antigos componentes de aço foram sendo substituídos pelos plásticos, mas os de origem petroquímica apresentam as dificuldades para serem reciclados ou serem absorvidos pela natureza como lixos. Os bioplásticos apresentam a vantagem de serem biodegradáveis, quando o custo dos lixos no mundo desenvolvido se torna cada vez mais elevado, além de contribuírem para a degradação do meio ambiente.

Bioplástico

O bioplástico será usado na mala do carro de luxo híbrido Lexus CT200h

Leia o restante desse texto »


“Japanese Americans” – Filme Americano Sobre Imigrantes

13 de outubro de 2010
Por: Naomi Doy | Seção: Livros e Filmes | Tags: , , | 2 Comentários »

Notícia publicada no semanário The North American Post, de Seattle, WA., informa que está sendo finalizado o filme sobre imigrantes japoneses nos Estados Unidos. Foi filmado em locação na Costa Oeste americana (Seattle, Los Angeles, Manzanar), e no Japão (Hiroshima, Okinawa), e é um seriado especial comemorativo do 60º aniversário da TBSTokyo Broadcasting System. É a dramática história da luta de um homem que tenta preservar a pequena propriedade construída com muito suor, enquanto, juntamente com sua família dividida, é enviado para um campo de prisioneiros de guerra. Relato de um tempo obscuro da história americana quando imigrantes japoneses e descendentes americanos foram encarcerados por causa do temor paranoico de que pudessem vir a colaborar com o beligerante governo militar japonês na II Guerra.

O ator japonês Tsuyoshi Kusanagui faz duplo papel: o do imigrante Chokichi Hiramatsu, que vai para os EUA em 1910 como trabalhador agrícola, e, na continuação a partir de 1940, representa também o papel do filho, Ichiro, quando toda a família é aprisionada em campo de concentração. Alistado no exército americano, ele é enviado para o front europeu. Suas duas irmãs são expatriadas, e sofrem também as piores consequências da guerra.

tsuyoshi-kusanagi_16541 Pinko_Izumi Sugako Hashida

Os atores Tsuyoshi Kusanagui e Pinko Izumi e a roteirista Sugako Hashida

Leia o restante desse texto »


Gengis Khan e a Formação do Mundo Moderno, de Jack Weatherford, tradução de Jorge Ritter, Rio de Janeiro, Bertrand Brasil, 2010.

13 de outubro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Livros e Filmes | Tags: , ,

gengis O autor deste livro, Jack Weatherford, é especialista em povos tribais, ocupa a cadeira de Antropologia, em Macaleste College, em St. Paul, Minnesota, USA. É Ph.D. pela Universidade da California, Doutor Honorário da Chinggis Khan College, Mongólia. Domina o idioma mongol moderno e junto com uma equipe de acadêmicos mongóis pesquisou por muitos anos, in loco, a vida de Gengis Khan e suas conquistas, que formou um Império que ia da Europa até a China, passando pela Pérsia e a Índia, em 1206.

Este foi um livro publicado em inglês em 2004 e agora é colocado à disposição dos leitores em português. Ele merece uma leitura cuidadosa, pois reformula completamente a imagem de um povo bárbaro e sanguinário que com suas hordas conquistou o mais amplo Império, maior que o dos romanos. Segundo o autor, Gengis Khan destruiu o sistema feudal de privilégios aristocrático e linhagem, provocou as condições para a Renascença, construiu um sistema baseado no mérito individual, na lealdade e competência. Organizou a maior zona de livre comércio da história. Baixou os impostos e aboliu-os para médicos, professores, igrejas e instituições educacionais, instituiu o censo regular e o primeiro sistema postal. Submeteu as autoridades à lei, tanto quanto a um pastor, concedeu liberdade religiosa em todo o Império e propiciou imunidade diplomática aos emissários de nações hostis ao seu.

Leia o restante desse texto »


Resgate dos Mineiros Chilenos Emociona o Mundo

13 de outubro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais | Tags: , , , | 2 Comentários »

Poucos assuntos merecem a atenção do mundo como este dramático resgate dos mineiros chilenos, provocando um coletivo sentimento de solidariedade que deve ser canalizado não só para operações similares no futuro. Assistindo pela televisão, eu estava mais nervoso do que aqueles que participavam diretamente da operação.

O que é preciso destacar é a competência do Chile, este nosso vizinho da América do Sul, que a partir da possibilidade de um resgate no período próximo ao Natal, que muitos mineiros não conseguiriam resistir, obteve-se a antecipação de mais de um mês e meio da conclusão da operação. É mais que elogiável a persistência nos duros trabalhos para superar os obstáculos que foram encontrados, inclusive mantendo elevada o moral dos mineiros aprisionados.

Não resta senão apresentar as mais efusivas congratulações a todos que estiveram envolvidos neste dramático episódio, os mineiros, seus familiares, as equipes de resgate e todas as autoridades que não mediram esforços para o sucesso da operação.

mineiro

Alex Vega beija sua mulher após sair da mina. Foto: EFE

Muitas lições serão obtidas nos próximos meses desta sofrida experiência que ajudarão a humanidade a aperfeiçoar os procedimentos nas situações extremas. Inicialmente, do ponto de vista da operação de resgate em si, mas também na área do comportamento humano nestas situações limites. Para os leigos, as primeiras imagens indicam que os mineiros estavam fisicamente bem logo após serem retirados do isolamento forçado, mas somente exames mais cuidadosos poderão comprovar os efeitos das situações em que ficaram. A medicina vai aproveitar todas estas lições.

O aspecto psicológico terá avanços importantes, pois os seres humanos continuam sendo comandadas pelo cérebro que condiciona o aspecto físico. A convivência forçada de um grupo de seres humanos, em condições tão limitadas, por um período incerto e longo, sempre apresenta complexidades bem acima das usuais.

A esperança é reconhecida como uma das motivações mais importantes dos seres humanos, e o melhor conhecimento do seu papel que deve ser aproveitado para outras situações. Na realidade, o aperfeiçoamento dos seres humanos só ocorre quando há dificuldades, como as destes mineiros que foram extremas impostas pelas circunstâncias.

Há muito que se refletir sobre este episódio, também para os que vivem se lamentando com dificuldades infinitamente menores, como nós mesmos. O regozijo com o sucesso deve ser contido, pois as consequências de prazo mais longo ainda não são conhecidas, mas tudo indica que serão cuidadosamente acompanhados pelos mais qualificados profissionais de cada setor. As minerações de todo o mundo devem adquirir a consciência que precisam proporcionar melhores condições de trabalho para os mineiros.

Quem superou grandes obstáculos merece a nossa confiança de que será capaz de suplantar outros que ainda podem surgir. A humanidade tem razões para a euforia, nestes tempos tão difíceis, onde os verdadeiros heróis são raros, e todos nós precisamos deles que não são virtuais nem meras criações artísticas.

O Chile, um país pequeno e extremamente montanhoso, já provou em outros campos, como a política e a economia, a sua competência. Agora dá uma demonstração de sua capacidade para se mobilizar em solidariedade humana. Vai continuar a se esforçar para superar suas dificuldades, mas estamos confiantes que episódios como estes vão reforçar o seu espírito de luta.


Importante Blog Cultural Ligando o Japão com o Brasil

12 de outubro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Cultura | Tags: , ,

Jo Takahashi é uma personalidade ímpar nos círculos culturais nipo-brasileiros. Seu trabalho de longos anos na Fundação Japão, instituição onde ele era a face para o Brasil, consolidou seu precioso conhecimento da cultura japonesa. Ele continua como consultor naquela entidade, mas passa para uma nova e importante etapa de sua vida. Ele informa que criou a Dô Cultural, que certamente será um organismo de grande sucesso na promoção cultural, e lança um blog imperdível. É o JoJoScope, acessível pelo www.jojoscope.com.br, divulgando o que há de relevante na cultura japonesa atual e passada.

Com uma apresentação cinemascópica, atraente e prática, o novo blog é dinâmico, trazendo inúmeros vídeos de grande interesse, atualizados, dando uma nova perspectiva sobre a cultura japonesa com explicações competentes. Onde é relevante incluem textos em japonês. Uma visão ampla abrangendo todo o campo da vasta cultura do seu idealizador.

jo

Imagem de abertura do jojoscope

Leia o restante desse texto »


Informações de Maglev de Xangai

11 de outubro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Trem Rápido | Tags: , ,

cf-s_15

Um visitante do site asiacomentada.com.br sugeriu que incluísse um vídeo sobre este trem rápido, que poderia interessar alguns internautas. Acatando a boa idéia, saímos à procura deste vídeo, mas somente conseguimos uma visita virtual que pode ser acessada utilizando-se no Google, “SMT Shanghai Maglev Transportation Development Co.Ltd.”, que dá uma visão deste sistema que pode ser utilizado naquela cidade, com uma tarifa modesta de 50 yuan.

Quando no seu interior, pode-se constatar que a viagem do Aeroporto de Pudong, onde se localiza o seu terminal, até a estação do Longyang Road, cobrindo uma distância de 30 quilômetros, pode ser feita em curto espaço de tempo, com grande conforto, pois não se sente nem a aceleração e nenhuma trepidação. Fica-se impressionado, pois o velocímetro no interior do vagão indica que em cerca de três minutos já se atinge a velocidade de 300 quilômetros horários, sendo que no teste experimental chegou a cerca de 450 quilômetros.

cwy c_20 c_07 cz1

Fotos do trem rápido que liga o Aeroporto de Puydong a Estação de Longyang Road

Leia o restante desse texto »


Mulheres no Mundo e na Ásia

11 de outubro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais | Tags: , ,

Chama a atenção de todos e a imprensa acaba registrando os contrastes existentes em muitos países, vários no mundo asiático, sobre o papel das mulheres nos dias atuais. Um artigo da Katrin Bennhold, do The New York Times, publicado na Folha de S.Paulo, fala do custoso regime machista, mostrando que a participação feminina na força de trabalho varia muito pelos países e, onde ela é baixa, estes locais estão menos desenvolvidos.

É difícil dizer se a causa é cultural ou o fenômeno é a consequência do nível de desenvolvimento. Na medida em que se registra uma escassez relativa da mão de obra, ocorre um apelo maior para o emprego de mulheres em funções que eram tradicionais de homens, como as atividades de segurança. Também a avaliação da importância das mulheres pode ser relativa, tanto em decorrência da aparência diferindo com o poder efetivo. Mesmo na Ásia, a quantidade mulheres no comando de governos é relativamente elevada.

Mulheres no trabalho mulheres-executivas jeova_jpg ok

As mulheres estão ocupando os mais variados postos de trabalho

Leia o restante desse texto »


Cerâmica Chinesa e Sua Influência no Mundo

11 de outubro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Cultura | Tags: , ,

Em que pesem as dificuldades de relacionamento internacional que a China atual enfrenta tanto em decorrência do seu inusitado aumento no mundo econômico como os problemas políticos de desrespeito aos direitos humanos, há que se reconhecer a importância cultural conquistada pela sua cerâmica no mundo. Em um museu em Sévres, famoso pela sua porcelana, expõe-se uma cronologia mundial mostrando que os chineses já produziam a porcelana quando os europeus faziam cerâmicas de baixa temperatura como os indígenas brasileiros.

O jornal chinês China Daily apresenta dois artigos sobre cerâmicas que merecem atenção. Um sobre a atual produção de cerâmicas de Nixing, de cor avermelhada, que foi apresentada na Expo Xangai 2010, informando que uma peça do mesmo estilo foi exposta em 1915 em São Francisco, USA, tendo sido contemplada com um grande prêmio. O outro, noticiando que num recente leilão mundial da Sotherby, em Hong Kong, uma porcelana chinesa da Dinastia Qing, de 360 anos, alcançou o preço recorde de US$ 32,5 milhões.

porcelana_01 Pote de chá de Nixing

A especialista Alice Cheng exibe o vaso de porcelana da dinastia Qing (foto de agências); pote de chá em cerâmica de Nixing (foto de China Daily)

Leia o restante desse texto »


Efeitos Empresariais das Fricções Sino-Japonesas

11 de outubro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Integração | Tags: , ,

A deterioração da situação entre a China e o Japão, tanto pelas disputas territoriais como suas consequências com aprisionamentos recíprocos de cidadãos de ambos os países, começa a afetar o quadro da integração comercial. O primeiro setor atingido foi o do fornecimento de terras raras chinesas para as indústrias de alta tecnologia do Japão. Depois vieram os cortes dos turistas de ambos os países. Seguem-se os intercâmbios de técnicos do setor eletrônico de tecnologia de ponta e agora se anuncia dificuldades crescentes no fornecimento de confecções chinesas para atender as demandas japonesas.

Há um aumento crescente dos custos de mão de obra na China e parte do abastecimento de confecções chinesas está passando para outros países, principalmente do Sudeste Asiático, mas num ritmo mais lento que o desejado, segundo o jornal japonês Nikkei. Alguns fornecedores chineses alegam que os japoneses adquirem em pequenos lotes, com condições mais duras, enquanto compradores norte-americanos e europeus oferecem melhores preços e outras facilidades, ao mesmo tempo em que a demanda interna da China está se elevando.

uniqlo

Rede de lojas japonesa Uniqlo, que pode ser afetada pela crise entre o Japão e a China

Leia o restante desse texto »


Prêmio Nobel na Ásia e no Japão

11 de outubro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais | Tags: , ,

O jornal econômico japonês Nikkei publica uma matéria reconhecendo que a indústria química japonesa deve muito a dois cientistas que foram premiados com o Prêmio Nobel neste ano, Akira Suzuki, da Universidade de Hokkaido, e Ei-ichi Negishi, atualmente na Universidade de Purdue, nos Estados Unidos. E isto vem ocorrendo há décadas, sem o merecido reconhecimento. O que chama a atenção é que muitos japoneses premiados ao longo dos anos atuam nos centros de pesquisa de outros países.

Na cultura japonesa, pouco da contribuição individual é destacada, mas a da coletividade. Os que são dotados de talentos pessoais nem sempre acabam sendo bem vistos, recebendo pouco suporte. Eles acabam encontrando melhores condições de trabalho nos centros de pesquisas em outros países, que procuram atrair cientistas de elevada potencialidade. As patentes das descobertas de novos conhecimentos relevantes acabam sendo atribuídas as empresas, que utilizam pesquisas feitas pelos cientistas.

Akira Suzuki Ei-ichi Negishi Liu Xiaobao Aung San Suu Kyi

Akira Suzuki, Ei-ichi Negishi, Liu Xiaobao e Aung San Suu Kyi

Leia o restante desse texto »