Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Ásia Começa 2010 de Forma Esperançosa

3 de Janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Notícias | Tags: , , , ,

Existem duas notícias que dominam o cenário internacional com grandes expectativas na Ásia. Os novos acenos norte coreanos no Ano Novo, expressando o seu desejo de restabelecer o relacionamento com o resto do mundo. Não é a primeira vez que isto acontece, e as tentativas recentes foram frustradas, pois a Coréia do Norte continua isolada, por prosseguir com seus esforços atômicos. E, o acordo de livre comércio da China com a ASEAN que entrou em vigor.

Leia o restante desse texto »


Culinária Japonesa para a Passagem de Ano

3 de Janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Gastronomia | Tags: , , , , , , ,

Como em muitas culturas, a japonesa possui alguns pratos considerados quase obrigatórios para a passagem do ano. Na noite do último dia do ano costuma-se consumir um “soba” – uma massa preparada a partir do trigo sarraceno. Lá no Japão, como se trata de inverno, o “soba” pode ser preparado quente, normalmente de uma forma sóbria, a partir de um caldo de “katsuo-bushi” do peixe bonito seco, que fica extremamente duro. Dele se retira lascas finas, e com água quente se produz um dos molhos básicos da culinária japonesa, que vão dos mais caros até os populares. Existem formas diferentes do preparado do “soba”, desde os mais sofisticados até os mais simples, com variações regionais, mas o elegante é manter uma atitude sóbria, quase zen, no final do ano.

Na América do Sul, predominantemente tropical, pode-se consumir frio ou gelado, como é feito no verão japonês, na forma do “zaru soba”. Utiliza uma pequena esteira, conhecida como “zaru”, para se retirar a água ou separar do gelo. Costuma-se utilizar um pouco de “nori” feito de algas, um pouco de “wasabi”, um tipo de raiz forte, e mesmo cebolinha picada. Existem algumas variedades de “soba” que levam o sabor do chá ou de outros apreciados pelos japoneses.

Leia o restante desse texto »


Percepções Interna e Externa

3 de Janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais | Tags: , , ,

Acompanhando a evolução da economia brasileira, com um mínimo de isenção, sentem que existe uma diferença entre a percepção da opinião pública interna e a que o Brasil goza no exterior. É evidente que a próxima sucessão presidencial turva o ambiente dentro do país, mas existem fatos que não podem ser negados, mesmo pelos que são mais críticos ao governo.

As pesquisas de opinião mostram que o Presidente Lula da Silva continua desfrutando de um prestígio pessoal invejável e ele não almeja a sua reeleição. Algo raro num mundo conturbado, afetado por uma crise econômica com poucos precedentes. O que a oposição aponta é que isto ocorre com a transferência maciça de recursos para os menos necessitados. No exterior, o combate à fome e a melhoria na distribuição de renda, mesmo com custos elevados é considerado um grande mérito.

Nos planos de governos passados, sempre se colocou como um dos objetivos a melhoria na distribuição de renda. Mas ninguém ousou tomar medidas concretas para que isto ocorresse, esperando que o desenvolvimento provocasse algo neste sentido, melhorando a qualidade de vida de todos. Hoje se constata que um crescimento acelerado tende a piorar a distribuição de renda, mesmo em países ditos socialistas como a China.

Leia o restante desse texto »


Medicina Preventiva

3 de Janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Saúde | Tags: , , , , , , | 4 Comentários »

Há uma evidente distorção na orientação atualmente adotada na medicina sul-americana, notadamente a brasileira. Os médicos que deveriam se concentrar nas tarefas para evitar que os seres humanos ficassem doentes, por causa do treinamento que receberam, estão trabalhando mais nas atividades para cuidar dos pacientes depois que eles adoecem.

Como lamenta um amigo médico: ele está com dúvidas sobre o que está fazendo, pois parece que está apanhando a bola de futebol na rede, depois que o gol foi feito. Faz uma reflexão: será que não seria a sua função evitar que o gol fosse feito ?

No passado, havia uma grande preocupação com a saúde pública e havia em São Paulo uma Faculdade na Universidade de São Paulo para tanto, hoje incorporada na da Medicina. Ajudou a formar sanitaristas que chamaram a atenção para a importância do abastecimento da água potável e do tratamento dos esgotos. Em decorrência, a mortalidade infantil decresceu substancialmente em São Paulo e no Brasil. Assim como aconteceu na maioria da América do Sul.

Leia o restante desse texto »


Festas de Fim e Começo de Ano

3 de Janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Cultura | Tags: , , , , ,

Algumas das coisas mais estranhas para os sul-americanos no Extremo Oriente são as festas de fim de ano. Na América do Sul, como na maioria dos países ocidentais, o Natal é uma das datas mais festivas, por influência do cristianismo, sendo um feriado, inclusive parte de sua véspera. É costume haver uma ceia na véspera, e um almoço no dia 25 de dezembro.

Evidentemente, no mundo não cristão, que compreende mais da metade do universo, a data não faz muito sentido, mas os interesses comerciais estão influenciando diversos países, criando um Natal para se presentear as pessoas a quem se quer agradecer.

No Japão, 25 de dezembro é um dia útil como qualquer outro, com jornada completa nos empregos, mas as lojas estimulam a venda de presentes. Os ocidentais que vivem por lá só comemoram o Natal à noite, com um jantar e troca de presentes, cultivando a chegada do Papai Noel ou do São Nicolau (Santa Claus, em inglês). Muitos esquecem que se trata de um feriado religioso, comemorando o nascimento de Jesus Cristo.
Leia o restante desse texto »


A Crise Acelera Mudanças

3 de Janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Cultura | Tags: , , , ,

Muitas são as notícias que nos informam sobre as transformações que estão ocorrendo no mundo para superar as dificuldades criadas pela profunda crise econômica que afetou a todos. Além de centenas de medidas para se ajustar aos novos tipos de demandas internas e externas, que passaram por significativas alterações, todas as economias do mundo estão sendo obrigadas a promover mudanças estruturais mais importantes. Isto ocorre na América do Sul como na Ásia.

Certamente haverá aperfeiçoamentos de envergadura não só nas atividades financeiras, principalmente internacionais, para que os problemas que ocorreram não se repitam. Como ao nível das produções de bens, porque esta crise está coincidindo também com uma maior consciência dos altos e iminentes riscos provocados pelo intenso uso dos combustíveis poluentes, que estão elevando o nível do aquecimento global, trazendo sérias consequências como as que já estão afetando o clima nas mais diferentes regiões do planeta.

Leia o restante desse texto »


Trem Rápido Brasileiro

2 de Janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Intercâmbios | Tags: , , , , ,

O Japão foi o primeiro país que lançou o sistema de trem rápido, em 1964, chamado de Shinkansen (nova linha de trem), entre Tóquio e Osaka, uma distância equivalente a São Paulo e Rio de Janeiro. Hoje, o sistema atende o Japão, praticamente, de norte a sul, com novas tecnologias constantemente desenvolvidas. E os japoneses se orgulham que nunca houve um acidente de monta, considerando-o tecnologicamente mais avançado do mundo, ainda que custoso. Além de atender regiões planas, o seu sistema de tração nos próprios vagões permite o desmembramento de um trem em diversos trechos, e diferentes áreas, até para as montanhosas.

Leia o restante desse texto »


Janelas para o Mundo

2 de Janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Notícias | Tags: , , , , , , , , | 4 Comentários »

Entre as muitas inovações de 2009 na imprensa brasileira, ressaltamos duas: o suplemento semanal da Folha de São Paulo com algumas traduções de artigos publicados no The New York Times, que já eram acessíveis pela Internet em inglês; e o JP On Line da rádio Jovem Pan, que começa a generalizar a chamada multimídia, envolvendo a Internet, utilizando imagens gravadas em vídeos, como se fora uma TV.

No suplemento da Folha, no artigo de Edward Wong “China exporta trabalhadores, alvo de rejeição”, destaca-se os problemas que estão ocorrendo no Vietnã com os trabalhadores chineses. Este fenômeno já vem acontecendo em diversas partes do mundo, como no Japão, onde trabalhadores legais e ilegais chineses competem com outros asiáticos e sul-americanos legais, em grande número. Chegam como turistas, estudantes ou estagiários legalmente, mas permanecem depois de espirar os prazos que lhes são concedidos, aceitando condições penosas de trabalho.

Leia o restante desse texto »


Importantes Mudanças no Mundo

2 de Janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais | Tags: , , , , , , ,

A recente crise econômica mundial está determinando uma nova postura governamental em todos os países. Mesmo nos Estados Unidos, que possuía uma tradicional política econômica liberal, obrigou-se o governo a proteger bancos e empresas particulares de grande porte, para não aprofundar a sua crise, cujos efeitos se espalharam pelo mundo.

Nos países que aumentaram a sua importância econômica, como os emergentes China, Índia, Rússia e o Brasil, o papel do governo indutor ganha importância estratégica para o desenvolvimento do seu mercado interno, pois o comércio internacional sofreu grande revés. E a melhoria do padrão de vida de suas populações acaba sendo importante para minimizar os efeitos da recessão mundial. O desenvolvimento dos países está ligado à sua história. Os que estão chegando agora precisam adotar parte do que os desenvolvidos fizeram, quando as regras do comércio internacional eram menos controladas.

Leia o restante desse texto »


Hierarquização

2 de Janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Intercâmbios | Tags: , , , , , , , | 5 Comentários »

Uma diferença acentuada ocorre na forma em que as pessoas se hierarquizam nas empresas da América do Sul e na Ásia, principalmente no Extremo Oriente, e o papel que cabe a cada pessoa nesta organização, muito por influência do confucionismo. Tudo está mudando rapidamente com a globalização, mas o básico ainda continua valendo em cada região.

Em ambas as regiões, a estrutura populacional está se alterando lenta, mas firmemente. O Extremo Oriente vem elevando o seu percentual de idosos, dada a longevidade de sua população, com preocupante redução da taxa de natalidade. Com defasagem de algumas décadas, na América do Sul a população também vem se comportando de forma similar. Mas na hierarquia empresarial, outros fatores acabam interferindo, além da idade.

Leia o restante desse texto »