Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Assistência aos Idosos

26 de janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Saúde | Tags: , ,

Muitas populações asiáticas contam com elevados percentuais de idosos na sua estrutura etária, e todos sabem que eles necessitam de mais assistência da comunidade, notadamente médica.

Da experiência internacional sobre o assunto, é preciso aprender um pouco para ver o que pode ser feito na América do Sul, que começa também a enfrentar os problemas de envelhecimento de sua população.

Leia o restante desse texto »


Mais Notícias da Ásia

26 de janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Notícias | Tags: , , , ,

Continuamos tentando adicionar informações diferenciadas que permitam compreender algumas notícias vindas da Ásia.

Em Okinawa, numa crucial eleição para a Prefeitura de Nago, a oposição ao governo Hatoyama venceu com Sussumu Inamina. Isto complica ainda mais o problema da realocação da base militar norte-americana de Futema, que vem sendo discutida. Problemas com crimes de soldados americanos em Okinawa tornam a população local muito sensível à presença deles, ainda que Japão e Estados Unidos considerem a continuidade da aliança militar crucial para a segurança do Extremo Oriente.

Os suicídios no Japão são elevados, e nos últimos 12 anos superam a marca de 30 mil casos por ano. Além de ainda ser considerado socialmente uma saída honrosa por algumas pessoas mais introvertidas, a crise econômica continua agravando o problema, passando a exigir atenções das autoridades onde estes casos dobram a média nacional. Os homens são mais de 65%.

O turismo internacional no Japão, ainda que tenha caído em 2009, continua elevado, liderado pelos chineses, taiwaneses e coreanos, que superam 1 milhão anual cada. Os chineses, na sua maioria casais com um filho, usam estas visitas como lições para os jovens sobre um país industrializado, que podem ser copiadas. As lojas japonesas, como em Akihabara – bairro famoso pelos produtos eletrônicos, colocam cartazes em chinês e estes turistas são grandes compradores de produtos “Made in Japan”, ainda que muito mais caros que os chineses.

As empresas japonesas estatais, privatizadas, continuam diversificando suas atividades. A KKD (similar a Embratel) ingressou no setor de TV a cabo. A JR (que explora o trem rápido) começou a produzir aparelhos de “game”, pois os passageiros costumam jogar muito durante as viagens.

Os coreanos intensificaram os entendimentos com os indianos sobre o CEPA – Comprehensive Economic Partnership Agreement, pois os asiáticos, com o fracasso da rodada de Doha, aumentam os acordos bilaterais.


Para Conhecer os Asiáticos

25 de janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Empresas | Tags: , , ,

sun tzu Um dos livros mais vendidos em todo o mundo, inclusive no Brasil, é o pequeno “A Arte da Guerra”, de Sun Tzu. Para negociar com empresários, autoridades ou outras personalidades, todos sabem que é como as guerras, e as estratégias e táticas similares às ensinadas por este militar chinês, que viveu entre 544 e 496 AD, estão entre as mais recomendadas. É preciso, antes de tudo, conhecer-se o  máximo de si e dos interlocutores para se obter os sucessos desejados nas negociações, que devem deixar ambas as partes satisfeitas.

Muitos meios são utilizados na Ásia para esta finalidade. Os chineses costumam convidar gentilmente os estrangeiros para um turismo inicial, como uma visita às Muralhas da China, para relaxar da longa viagem que fizeram. Pode estar certo que o guia é um especialista em análise das personalidades das pessoas, procurando obter o máximo deste conhecimento estratégico.

Leia o restante desse texto »


Capitães Asiáticos da Indústria

25 de janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Empresas | Tags: , , , , , | 2 Comentários »

Em qualquer economia, um fator fundamental para promover o desenvolvimento são os grandes empresários, que costumam ser chamados de “capitães de indústria”. No Japão, um se destacou como grande amigo do Brasil e foi primordial para o estabelecimento de um intercâmbio bilateral vigoroso. Chamava-se Toshiwo Doko e quando faleceu tinha a condecoração máxima de 27 países, inclusive o Cruzeiro do Sul no grau mais elevado.

Apesar de sua grande importância, era um homem simples, mas excepcional, com um comportamento pessoal que despertava a mais merecida admiração de todos que tiveram o privilégio de conviver com esta personalidade. Escovava o chão de sua casa e não permitia que o motorista o apanhasse quando ia trabalhar aos sábados, utilizando o metrô.

Leia o restante desse texto »


Novas Lideranças Empresariais Japonesas

25 de janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Notícias | Tags: , , ,

Novos nomes de empresários japoneses começam a despontar no cenário internacional. Entre eles, o novo presidente designado do Keidanren, Hisamasu Yonekura, que ocupava a presidência da Sumitomo Chemical, um gigante petroquímico japonês. Outro é o novo presidente da JAL, Naoyuki Morita, que assumirá nos primeiros dias de fevereiro. Ele veio da Kyocera, a grande estrela comandada pelo já reconhecido Kazuo Inamori, que criou este conglomerado baseado na cerâmica fina, e é um dos atuais “capitães de indústria” japonesa.

Leia o restante desse texto »


Redução do Uso do Sal

25 de janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Saúde | Tags: , ,

O site da Globo Saúde noticia, com grande propriedade, estudos da Sociedade Brasileira de Hipertensão, divulgados pelo Dr. Décio Mion Jr., alertando sobre o uso exagerado do sal pelos brasileiros. Refere-se, também, ao que está sendo divulgado pelo New York Times, baseado no que está sendo informado pelo prestigioso New England Journal of Medicine.

A média dos brasileiros continua mantendo, nos hábitos atuais da vida contemporânea, os padrões de consumo do sal do meio rural brasileiro no passado. Quando efetuavam grandes esforços físicos e suavam muito, pode ser que aquela quantidade de sal e gordura não era tão prejudicial, ainda que não se pode ter tanta certeza, pois a expectativa de vida era sensivelmente mais baixa.

Leia o restante desse texto »


Notícias Atuais do Japão

24 de janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Notícias | Tags: , , ,

O Japão vem desenvolvendo toda a sorte de medidas para sair do período de baixo crescimento que já perdura por décadas, e se agrava com a atual crise econômica. Como o governo não é capaz de estimular a economia, parece que o próprio setor privado também tenta as suas iniciativas.

O país, quando a sua economia crescia, impressionando o mundo com o chamado “Milagre Econômico”, foi ajudado por uma série de fatores externos, como o Plano Marshall, logo depois da Guerra, e a própria Guerra da Coreia, quando era o principal abastecedor dos Aliados. Mas o comando da economia era coordenado pelo Keidanren – a poderosa Federação das Organizações Econômicas, privada, envolvendo a indústria, o comércio e até as instituições financeiras, com contribuições próprias, podendo ser independente. No caso brasileiro, o sistema sindical patronal decorre de impostos e é somente administrado pelo setor privado, dividido pelos seus grandes setores, não dispondo de um ponto de vista comum, voltado a problemas de longo prazo.

Leia o restante desse texto »


Jovens Preparados Para Comandos

23 de janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Empresas | Tags: , ,

Recordo-me que o ministro Delfim Netto iniciou a sua gestão no Ministério da Fazenda com 38 anos de idade. Na Revolução Meiji, muitos ministros beiravam 25 anos. Os Prêmios Nobel, na sua maioria, tiveram os seus períodos mais criativos antes dos 30 anos. Os jovens de hoje estão mais preparados que as gerações anteriores, que sobrevivem com suas experiências. Não possuem mais a ousadia e a criatividade, salvo honrosas exceções.

O mundo globalizou-se e mudou completamente, e gerações de idosos empresários continuam atravancando a ascensão dos criativos e preparados jovens. Onde a gerontocracia vigora, como em alguns países asiáticos, perde-se o dinamismo que tinha no passado.

Leia o restante desse texto »


Importância do Futebol no Intercâmbio Mundial

23 de janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Intercâmbios | Tags: , ,

O mundo reconhece oficialmente a importância dos esportes como forma de incrementar o intercâmbio entre países e regiões. Foi com o tênis de mesa que os Estados Unidos iniciaram o descongelamento com a China.

Fui testemunha que nas mais remotas regiões asiáticas o Brasil era conhecido pelo futebol até pelas pessoas mais simples. “Pelé, Pelé…” era a primeira reação quando eu informava que era um brasileiro, ainda que a cara não ajude…

Leia o restante desse texto »


Curiosidades

23 de janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Notícias | Tags: , ,

Os japoneses passaram a contar com o papel higiênico para ensinar como evitar a gripe suína. Lá, também, parece que muitas pessoas lêem enquanto meditam no “trono”.

O aquecimento global provoca coisas estranhas: os pesquisadores da Universidade de Tóquio constataram que plantas com flores surgiram a mais de 3.000 metros de altitude, justamente no maior símbolo japonês, o Monte Fuji.

Com as inundações em São Paulo, em um túnel que ficou interditado por 38 horas, localizado cerca de um quilômetro do lago do Parque Ibirapuera, foram encontrados dois peixes que aparentam ter mais de um quilo cada.

Uma criança índia que foi atacada por uma onça teve que se deslocar por seis dias, usando um bote, para receber assistência médica na Amazônia. Eles, como os asiáticos, nascem com uma mancha roxa na nádega, que desaparece em alguns meses.