Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Crescimento das Economias dos BRICs

9 de fevereiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais | Tags: , ,

brics

O mundo acostumou-se a considerar os BRICs (Brasil, Rússia, Índia e China) como os países emergentes de grandes dimensões, desde a criação deste nome por uma instituição financeira internacional de respeito para designar este grupo. Admitia-se que tinham grande potencial de crescimento e que ganhariam importância maior no mundo globalizado.

Estas economias vinham correspondendo às expectativas até a crise que se abateu sobre o mundo, em fins de 2008. Uma economia foi mais afetada, a da Rússia. A China vem se recuperando de forma impressionante, mantendo um câmbio desvalorizado, e a Índia e o Brasil mantiveram uma performance razoável.

Leia o restante desse texto »


Mais Sinais Robustos do Crescimento Asiático

9 de fevereiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Notícias | Tags: ,

Muitos sinais robustos indicam que os dados econômicos asiáticos mostram uma vigorosa recuperação depois de um período relativamente baixo. As vendas de automóveis na China subiram 84,2% em janeiro último, quando comparadas com o mesmo mês do ano anterior, atingindo mais de 1.210 mil unidades.

No Japão, no trimestre de outubro a dezembro último, o PNB cresceu 3,46%, o que é um dado promissor para uma economia que vinha patinando há algum tempo.

Na Índia, que conta com uma produção significativa de carros populares, em janeiro último o crescimento foi de 32% com relação a um ano atrás.

É evidente que estes números mostram um forte impacto, que ocorre também nos outros setores da economia. Mesmo não podendo se festejar ainda a superação total da recessão, estes dados devem influir na expectativa de empresários e consumidores, superando o quadro negro que se apresentava a todos.

Ainda existem problemas no setor financeiro a serem superados, mas parece que são menos graves na Ásia, quando comparados com a Europa e os Estados Unidos, que continuam sendo importantes no cenário mundial.

Mas são indícios que o fim do túnel já pode ser visto.


Notícias da Índia

9 de fevereiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Notícias | Tags: , ,

Noticia-se que a Tata Motors está aumentando em 400% sua capacidade para produzir o Nano, o seu modelo cujo preço gira em torno de US$ 2.500,00 por unidade. Todos admitem que esta empresa é a mais apta para produzir carros populares no mundo.

Ainda em 2010, deve atingir a produção de 250.000 unidades do Nano, para atender a demanda dos países emergentes. Para isto, conta com uma nova unidade industrial na periferia de Mombai. Só os chineses são capazes de produzir um carro que possa competir na faixa de preço desse carro.

Para os brasileiros, este modelo lembra um pouco o Romiseta, que foi produzido no passado, mas tem a capacidade para acomodar quatro passageiros, inclusive o motorista. Enquanto muitos menosprezam estes carros populares, uma faixa importante do mercado acaba sendo atendida, pois no mundo emergente muitos consumidores que estavam nas consideradas camadas inferiores de renda estão ingressando no mercado.

No Brasil, estima-se que a demanda nesta faixa cresce mais rapidamente. Nos últimos cinco anos, foi algo em torno de 10% ao ano em termos reais, o que não pode ser ignorado.


Maravilhas da Eletrônica Contemporânea

9 de fevereiro de 2010
Por: Kazuhiro Kurita | Seção: Tecnologia | Tags: , , | 3 Comentários »

Aos internautas de todo o mundo, avisamos que graças ao sistema eletrônico da Google este site pode ser acessado em mais de cinco dezenas de idiomas. O material é gerado em português e, pelo fato de ser feita por equipamentos, a tradução não é perfeita, mas esperamos que permita a compreensão da maioria dos textos, qualquer que seja o idioma preferido.

O nosso objetivo básico é permitir o entendimento entre os seres humanos, notadamente entre asiáticos e sul-americanos, mas damos as nossas boas-vindas a todos os demais deste mundo que se globaliza rapidamente.

Leia o restante desse texto »


KDD Adquire Operadoras de Celular nos Estados Unidos

9 de fevereiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Empresas | Tags: , , , ,

O Nikkei Net do maior jornal econômico do mundo anuncia que a KDD, antiga empresa estatal japonesa que operava o sistema de comunicação à longa distância, acaba de adquirir duas operadoras de celulares nos Estados Unidos.

Estas operadoras que não possuem um sistema próprio são dirigidas ao mercado dos imigrantes, entre eles muitos latinos do Sul dos Estados Unidos, que aparenta ser um nicho do mercado que vem apresentando um crescimento respeitável.


Bons Sinais da Economia Japonesa e Mundial

9 de fevereiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Notícias | Tags: , , ,

Uma boa notícia divulgada pelo jornal japonês Nikkei. As encomendas de máquinas no Japão cresceram 190% em janeiro de 2010, comparadas ao mesmo mês de 2009.

As encomendas para o mercado interno japonês cresceram 78,5% com relação ao mês anterior, sendo o segundo mês que aumentam. As exportações cresceram quatro vezes sobre o mês anterior.

Isto apesar do yen extremamente valorizado. São sinais otimistas que a economia mundial começa a apresentar crescimento, mesmo em economias como a japonesa, que estava demorando a se recuperar.


Projeções do Crescimento Chinês

8 de fevereiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais | Tags: , ,

Sempre existe um conforto quando o Prêmio Nobel de Economia de 1993, Robert Fogel, diretor do Centro para Economia da População da Universidade de Chicago, confirma num artigo recente no Foreign Policy suspeitas que eram somente de alguns conhecedores da China.

Alguns me consideram demasiadamente otimista com a China, um observador parcial. Quem conheceu aquele país continente, com muitos problemas, mas com pessoas dispostas a debatê-los abertamente, sempre ficava com a impressão que estava errado, diante de uma avalanche de opiniões contrárias no exterior, de pessoas que pouco ou superficialmente conheciam o País do Meio.

Leia o restante desse texto »


Exemplo que Vem da Coreia

8 de fevereiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Notícias | Tags: ,

coreia Um grande exemplo de um projeto da LG Eletrônicas com o governo metropolitano de Seul pode ser seguido por muitas cidades sul-americanas.

A LG e uma empresa estatal de Seul se tornaram parceiras num projeto amigo do meio ambiente, aproveitando a captação de energia solar para atender as facilidades públicas daquela capital.

Leia o restante desse texto »


Guias de Restaurantes Orientais

8 de fevereiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Gastronomia | Tags: , | 4 Comentários »

Alguns guias de restaurantes para turistas, como o Michelin, acabam sendo criticados mesmo que sejam elaborados com muito cuidado. Conceder avaliações, por mais criteriosos que sejam, sempre geram controvérsias, pois, graças a Deus, os seres humanos são dotados de diferentes preferências.

Mesmo na Europa, o Guia Michelin não está sendo aceito por consagrados chefs, pois parece que tendem a considerar muitos restaurantes pelo luxo de suas instalações e não exatamente pela qualidade de sua cozinha.

Leia o restante desse texto »


Nova Colaboradora

7 de fevereiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Depoimentos | Tags: , ,

coen123 Monja Coen Sensei passará a ser colaboradora deste blog em breve. Ela é missionária oficial da tradição Soto Shu – Zen Budismo com sede no Japão e é a Primaz Fundadora da Comunidade Zen Budista, criada em 2001, com sede em Pacaembu.
Iniciou seus estudos budistas no Zen Center of Los Angeles – ZCLA. Foi ordenada monja em 1983, mesmo ano em que foi para o Japão onde permaneceu por 12 anos sendo oito dos primeiros anos no Convento Zen Budista de Nagóia, Aichi Senmon Nisodo e Tokubetsu Nisodo.
Participou de vários cursos e programas de formação para monges tendo se graduado no mestrado da tradição Soto Shu.
Retornou ao Brasil em 1995, e liderou as atividades no Templo Busshinji, bairro da Liberdade, em São Paulo, e sede da tradição Soto Shu para a América do Sul durante seis anos. Foi, em 1997, a primeira mulher e primeira pessoa de origem não japonesa a assumir a Presidência da Federação das Seitas Budistas do Brasil, por um ano.
Participa de encontros educacionais, inter-religiosos e promove a Caminhada Zen, em parques públicos, com o objetivo de divulgação do princípio da não violência e a criação de culturas de paz, justiça, cura da Terra e de todos os seres vivos.

Quem quiser conhecer mais profundamente seu trabalho, pode acessar o site www.monjacoen.com.br