Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Preocupações Com a Formação de Cartéis de Logística

3 de janeiro de 2017
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais e Notícias | Tags: , , ,

Dentro do sistema de mercado que vigora no mundo, os sistemas de logísticas procuram se organizar na forma de cartéis para evitar prejuízos, o que começa a preocupar as autoridades que não possuem jurisdição internacional para atuar com eficiência.

clip_image002

Gráfico constante do artigo no The Wall Street Journal sobre o grupamento de empresas que tendem a estabelecer acordos para a formação de cartéis

Leia o restante desse texto »


Distorção de Informações Sobre a Visita de Shinzo Abe ao Havaí

28 de dezembro de 2016
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias | Tags: , ,

clip_image002As vezes acontecem divulgações de notícias incorretas e quando se insistem nos erros acaba-se gerando a desconfiança que haveria uma razão para tanto, ainda não esclarecida plenamente.

O primeiro-ministro Shigueru Yoshida cumprimenta o almirante Arthur Radford no Havaí, em 1951, em foto republicada pelo The Wall Street Journal na edição de 27 de dezembro último

Leia o restante desse texto »


Mudanças de Investidores nos EUA

16 de dezembro de 2016
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais e Notícias | Tags: , ,

Tudo indica que as relações entre os Estados Unidos com a China tendem a piorar com a eleição de Donald Trump, quando os chineses já estão acusando dificuldades na sua economia. Mesmo que isto aconteça também com o Japão, os problemas dos japoneses parecem contar com menos alternativas.

image

O yuan chinês começou a desvalorizar com relação ao dólar norte-americano, tanto pelo aumento da taxa de juros do FED como perspectivas de piora das relações entre a China e os Estados Unidos. Gráfico elaborado pela Ideias Consultoria

Leia o restante desse texto »


Entendimentos Entre Empresas Automobilísticas Japonesas

13 de outubro de 2016
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais e Notícias | Tags: , , | 8 Comentários »

imageimageTodos sabem que no mundo as indústrias automobilísticas tendem a formar grandes grupos, utilizando suas experiências em algumas faixas de veículos, entendendo-se com outras companhias fortes em outras. As japonesas Toyota e a Suzuki estão mantendo entendimentos para atuações conjunta em algumas áreas.

Leia o restante desse texto »


Culinária Libanesa nos Estados Unidos e no Mundo

4 de maio de 2016
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Gastronomia | Tags: , , ,

clip_image002Todos sabem que a culinária de origem árabe é bem diversificada, indo de Marrocos no noroeste da África ao Oriente Médio, com nuances locais diferenciadas, como na Turquia. Com a emigração de sírios e libaneses em decorrência dos conflitos armados, suas novas versões estão sendo novamente disseminadas em muitas partes do mundo.

Foto constante de um artigo publicado no The Wall Street Journal

Leia o restante desse texto »


Crianças Mudam os Hábitos dos Pais Segundo Pesquisas

19 de abril de 2016
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Saúde | Tags: , ,

clip_image002Um artigo elaborado por Ann Lukits e publicado no The Wall Street Journal mostra que algumas pesquisas científicas indicam que as crianças podem mudar para melhor os hábitos dos pais, beneficiando alguns casos de saúde.

Ilustração inserida no artigo publicado no The Wall Street Journal

Leia o restante desse texto »


Redes Sociais Voltando Para os Negócios

6 de janeiro de 2016
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais e Notícias | Tags: , , ,

clip_image002Para quem estava impressionado com a disseminação do WhatsApp no Brasil, mesmo sabendo que existem outros meios assemelhados como o Uber, fica surpreso com o prestígio do WeChat chinês, mesmo entre os especialistas como do próprio Facebook.

Foto ilustrando o uso de smartphone entre hostess de uma exposição na China, publicado no artigo do The Wall Street Journal

Leia o restante desse texto »


Baixa Eficiência da Política Monetária no Crescimento

18 de setembro de 2015
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais e Notícias | Tags: , , ,

clip_image001Apesar do conhecimento dos economistas, os responsáveis pelas políticas econômicas acabam atendendo às recomendações dos bancos. Eles são os poucos que se beneficiaram destas medidas de ampliação das suas capacidades de fornecimento dos créditos para o mundo.

Sede do FED – Sistema Federal de Reservas em Washington,USA

Leia o restante desse texto »


Tentativas Para Aumentar a População no Japão

29 de janeiro de 2015
Por: Paulo Yokota | Seção: Cultura, Editoriais, Notícias | Tags: , ,

clip_image002O problema da diminuição e envelhecimento da população japonesa cria uma onda de locais para favorecer o casamento, segundo um artigo publicado no The Wall Street Journal.

Apartamento konkatsu para estimular o casamento, que ilustra um artigo publicado no The Wall Street Journal

Leia o restante desse texto »


Estados Unidos Contra o Resto do Mundo

5 de dezembro de 2014
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais, Notícias, Política | Tags: , ,

Um artigo recente publicado por Nicole Friedman no The Wall Street Journal informa que a política monetária aplicada nos Estados Unidos, inundando o mundo com dólares e crédito, está melhorando as perspectivas do seu crescimento econômico, ao mesmo tempo em que os preços das principais commodities estão desabando. Provocam reações como da Europa e do Japão, que tendem a adotar políticas semelhantes, promovendo a desvalorização dos seus câmbios. Parece até irônico que a jornalista e aquele jornal não se deem conta de que os Estados Unidos não podem estar isolados neste mundo globalizado, e que as reações que ocorrem em outras economias representa algo como uma guerra cambial, para suas sobrevivências.

clip_image002

Gráfico adaptado do publicado no The Wall Street Journal, incluindo o real brasileiro

No gráfico, fica claro que, depois da crise provocada pelos bancos norte-americanos em 2007, diversos países sofreram valorizações das suas moedas, e procuram minimizar os efeitos da recessão mundial que se aprofundou em 2009. Houve uma tendência das demais moedas se valorizarem com relação ao dólar, havendo nos últimos anos uma tendência para suas desvalorizações agressivas, como defesa.

O caso brasileiro mostra que as reações das exportações como das importações não são imediatas a estes movimentos cambiais, havendo defasagens que costumam variar de 18 a 24 meses, notadamente nas exportações, dependendo ainda de outros fatores de política econômica, como a prioridade dada aos relacionamentos externos.

clip_image004

Ao mesmo tempo, depois de 2009, os preços dos produtos de exportação do Brasil, como os minérios e os produtos agrícolas, melhoram sensivelmente com a demanda, principalmente dos chineses. Os das importações brasileiras não tiveram estes comportamentos, fazendo com que a chamada relação de troca pelos economistas ajudassem a gerar superávits na balança comercial. Esta tendência já se encontra agora em queda, acentuando-se em 2014.

Como consequência, os déficits comerciais se tornaram inevitáveis, obrigando que o governo permitisse a aceleração recente da desvalorização cambial, para que os problemas não se agravassem.

clip_image006

Além destes problemas para os outros países no mundo, os Estados Unidos temem agora que o fluxo de turismo para aquele país tenda a reduzir-se com o dólar mais caro, deixando de contribuir para a melhoria da sua economia.

No Japão, a chamada Abeconomics não está proporcionando os resultados esperados, mesmo com a brutal expansão dos seus créditos. Os europeus também, mais cautelosamente, procuram ativar a sua economia. Parece necessário que os países economicamente poderosos se deem conta que não estão isolados no atual mundo globalizado, havendo que compatibilizar a sua recuperação também com a conveniência dos seus parceiros externos, notadamente os que não possuem moedas de circulação internacional.