Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Tópicos Finais da Vida de Ghosn Para o Nikkei Asian Review

31 de Janeiro de 2017
Por: Paulo Yokota | Seção: Cultura, Economia, Editoriais e Notícias | Tags: , , , , , , , ,

clip_image002Como o depoimento de Carlos Ghosn para o Nikkei Asian Review é sobre a sua vida, ele procura destacar as lições que apreendeu com a Nissan, seus parceiros e outros assuntos relacionados. A longa série dos depoimentos parece chegar ao seu fim.

Funcionários da Nissan com Carlos Ghosn para a reconstrução da Nissan afetada pelo terremoto na região de Fukushima

Leia o restante desse texto »


Lições da Olimpíada Rio 2016

22 de agosto de 2016
Por: Paulo Yokota | Seção: Cultura, Editoriais e Notícias | Tags: , , , , | 4 Comentários »

imageSem a ocorrência de muitos temidos problemas como a zika, terrorismos e outros de vulto, concluiu-se a Olimpíada Rio 2016 com resultados que devem ser creditados aos seus organizadores e com lições importantes para o Brasil e para o mundo.

A governadora de Tokyo, Yuriko Koike, recebe a bandeira Olímpica para a Tokyo 2020

Leia o restante desse texto »


Muitos Recados Foram Dados na Abertura da Olimpíada

6 de agosto de 2016
Por: Paulo Yokota | Seção: Cultura, Editoriais e Notícias | Tags: , , , , | 2 Comentários »

Ainda que não seja possível agradar a todos, a abertura da Olimpíada deu para o mundo os seus recados mais importantes. Os brasileiros continuam festeiros, mesmo enfrentando todas as dificuldades econômicas e políticas.

http://cdn.torcedores.com/content/uploads/2016/08/Cerimonia-de-abertura-londres.jpg

Os brasileiros deram os seus recados mais importantes para o mundo na abertura da Olimpíada

Leia o restante desse texto »


Culinária Libanesa nos Estados Unidos e no Mundo

4 de Maio de 2016
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Gastronomia | Tags: , , ,

clip_image002Todos sabem que a culinária de origem árabe é bem diversificada, indo de Marrocos no noroeste da África ao Oriente Médio, com nuances locais diferenciadas, como na Turquia. Com a emigração de sírios e libaneses em decorrência dos conflitos armados, suas novas versões estão sendo novamente disseminadas em muitas partes do mundo.

Foto constante de um artigo publicado no The Wall Street Journal

Leia o restante desse texto »


Notícias da Ásia Nesta Segunda Feira

1 de Fevereiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Notícias | Tags: , , ,

A ampla diversidade de fontes disponíveis para colher notícias atualizadas da Ásia nos obriga a selecionar as de interesse mais geral e que tenham repercussões de prazo mais longo. Na imprensa japonesa, destaca-se o início da administração da nova JAL tendo o carismático Kazuo Inamori (da Kyocera) como chairman e Masaru Onishi como presidente. Como já noticiado neste site, são empresários reconhecidos e voltados ao desenvolvimento tecnológico, esperando-se que possam desempenhar um bom trabalho.

Notícia auspiciosa é a divulgação do primeiro relatório de 549 páginas do grupo conjunto sino-japonês sobre os polêmicos incidentes de Nanjing em 1937. A parte japonesa é chefiada pelo professor da Universidade de Tóquio, Shinichi Kitaoka, e a chinesa pelo diretor da Modern History of the Chinese Academy of Social Sciences, Bu Ping. O trabalho começou em 2006 e deve prosseguir nos próximos anos, e a esperança é que isto ajude a facilitar o aumento do intercâmbio bilateral, que já é a mais importante do mundo.

Anuncia-se que Barack Obama apoia o prosseguimento do FTA entre os Estados Unidos e a Coreia do Sul. O Brasil precisa se tornar mais agressivo nestes tipos de acordos bilaterais para não perder o “bonde da história”.

A venda de armas dos Estados Unidos para Taiwan continua gerando fortes reações do governo de Beijing, que considera aquele arquipélago parte da China, devendo evoluir para um status similar como de Hong Kong.

Aqueles que desejarem conhecer mais amplamente a rica culinária chinesa, em inglês, pode acessar o site english.eastday.com , que fornece informações sobre as culinárias regionais de Hunan, Zhejing, Anhui, Fujian, Szechan, Cantonese, Heajyang e Shandong, entre outros.

O filme Confusius, uma superprodução, está merecendo muita atenção na China e deve ser divulgado no resto do mundo.


Índia, Outro Gigante Asiático

8 de Janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Intercâmbios | Tags: , , , , , , , | 4 Comentários »

Todos sabem que outro gigante asiático, tanto em população que supera a casa dos 1 bilhão de habitantes, como em extensão geográfica é a Índia, que conta com uma longa história, tradição cultural e habilidade comercial. O que dificulta a compreensão deste país é a sua extrema diversidade, sendo que os jornais disponíveis daquele país estão em quase uma centena de idiomas regionais. Para se entenderem entre eles e se comunicar com o exterior utiliza-se o inglês, idioma que foi usado quando faziam parte do Império Britânico.

Os países industrializados, quando cogitam de produzir produtos voltados para os países emergentes, sempre consideram a India como uma alternativa a ser examinada. Não só porque contam com um mercado interno representado por uma classe média que supera a 200 milhões de habitantes, sete vezes maior que a brasileira, mas pelo seu elevado crescimento econômico que vem superando os seus 5% por cento anuais, mesmo em conjunturas adversas, incorporando novas camadas de população de baixa renda no mercado.

Leia o restante desse texto »


América do Sul

2 de Janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Intercâmbios | Tags: ,

A América do Sul é de grande complexidade para a nossa própria compreensão, e objeto de grande interesse para os asiáticos. A sua diversidade étnica é grande e a informação formal precária, com algumas incorreções. Visto da Ásia a América do Sul é considerada pela sua população mais descontraída e alegre. E a origem genética dos indígenas é certamente asiática, pois eles nascem com as mesmas manchas roxas na nádega, que desaparecem em alguns meses.

Dividimos este vasto continente pela sua influência espanhola e portuguesa. A parte espanhola foi fragmentada politicamente, constituída de países de grande dimensão como a Argentina e outros menores como o Equador, os três antigos territórios Guianos (Francês – ainda não emancipado, o ex-Inglês e o Suriname, antes Holandês). Ou mesmo o Uruguai e Paraguai, com dimensões geográficas limitadas, e nível de desenvolvimento econômico diferenciado, com o Chile. Na medida em que aprofundamos o seu conhecimento, vemos que as diferenças são acentuadas dentro do mesmo país, como no Brasil, inclusive de ponto de vista étnico. Nestes cenários aparecem figuras exóticas como Chaves, com sonhos de uma reunificação bolivariana, inspirado exatamente em quem ajudou a dividir tudo.

 

Leia o restante desse texto »