Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

As Crises Impõem Mudanças Radicais

22 de agosto de 2011
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais, webtown | Tags: , , , , | 2 Comentários »

As empresas japonesas davam elevada importância para as tecnologias desenvolvidas dentro de suas empresas, contando com muitas dificuldades para operarem com organizações de outros países. A Nissan japonesa, entrando em dificuldades, passou a necessitar da colaboração da Renault francesa, o que se revelou extremamente útil, com o executivo brasileiro Carlos Ghosn comprovando que estrangeiros poderiam aproveitar a cultura empresarial do Japão, comandando uma empresa com forte tradição japonesa, com proveito recíproco. Poucos acreditavam que isto era possível e, desde então, muitas empresas japonesas passaram a ser comandadas por executivos estrangeiros.

Agora, o site da IG, com notícias provenientes da Dow Jones, informa que a tradicional Toyota japonesa se associa com a Ford norte-americana para colaborarem no desenvolvimento de veículos híbridos de gasolina e eletricidade, para caminhões leves e utilitários esportivos, uma colaboração difícil de acreditar até as recentes dificuldades da tradicional montadora japonesa.

toyotalogoford_logo

Leia o restante desse texto »


Impulso Oriental na Indústria Automobilística Brasileira

8 de setembro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Empresas | Tags: , ,

Há um reconhecimento da indústria automobilística como de outros setores industriais que a ampliação do mercado consumidor deve continuar mais acentuado nas economias emergentes. A China, a Índia e o Brasil continuam atraindo os interesses de muitas empresas, ainda que os projetos sejam implementados com cautela, concentrados no primeiro momento na Ásia, onde as condições de produções baratas e as dimensões do mercado são mais atraentes.

Mas, no Brasil, começam a ser executados os novos projetos ou ampliações das unidades de produção, aproveitando as condições vigentes, ou utilizando as facilidades logísticas existentes, tanto para a importação no uso dos fornecimentos locais como para eventuais exportações. São os casos da japonesa Toyota, que inicia a construção de sua fábrica em Sorocaba, da coreana Hyundai em Piracicaba e da chinesa Chery em Jacareí, esta última com carros mais econômicos, todas no Estado de São Paulo.

toyotalogo logo hyunday CheryLogo[1]

Leia o restante desse texto »


Toyota Continua Errando

24 de Fevereiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Empresas | Tags: , , , , | 2 Comentários »

O anúncio antecipado do depoimento do presidente da Toyota no Congresso Norte-Americano é uma grande falta de respeito aos parlamentares daquele país. Mostra que o comando da empresa japonesa continua desorientado, desajustado com os costumes dos países estrangeiros.

O depoimento é burocrático, mostrando que não existe um gesto à altura dos problemas que enfrenta, sem a consciência que já não se trata da Toyota, mas da imagem do Japão e de sua indústria em todo o mundo.

Leia o restante desse texto »


Mudanças de Hábitos Empresariais e Políticos

5 de Fevereiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Notícias | Tags: , , ,

ozawa No Japão, até recentemente, quando um grande problema ocorria, independentemente da identificação dos responsáveis, alguém tinha que assumir a responsabilidade. Tanto nos meios políticos quanto empresariais. Normalmente, era o principal executivo, pois se interpretava que ele era o responsável pelos atos dos seus subordinados.

Para os ocidentais pode parecer que isto era um exagero, mas somente com uma atitude radical deste tipo era possível exorcizar este problema de uma organização, para que este “fantasma” não continuasse a prejudicar a todos.

Leia o restante desse texto »


Imprensa Japonesa Implacável com a Toyota

2 de Fevereiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Empresas | Tags: , , ,

Lamentavelmente, a imprensa japonesa tem sido implacável com a Toyota na crítica do seu comportamento após o “recall” dos seus seis modelos que vêm afetando a sua imagem, envolvendo até a qualidade de outros produtos japoneses. As críticas já são feitas até por membros do Congresso Norte-Americano, pois existem ameaças nos empregos naquele país.

O título de uma matéria do maior jornal econômico do mundo, o Nikkei.Com, foi inusitadamente violento com este ícone da indústria japonesa, fugindo dos padrões normais dos conservadores japoneses. Tanto que a matéria foi rapidamente substituída por uma entrevista de um vice-presidente da Toyota apresentando suas desculpas. Parece mostrar a indignação que se seguiu à surpresa no mundo empresarial japonês, envolvendo até os consumidores.

Leia o restante desse texto »


O Que Está Acontecendo Com a Toyota

29 de Janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Empresas | Tags: , , , ,

Muitos no mundo se perguntam o que estaria acontecendo com a Toyota. Não é uma questão simples e não parece haver uma única resposta. Mas algumas de suas características precisam ser consideradas.

Os aspectos que serão indicados só servem de meras sugestões para aspectos que devem ser examinados com maior profundidade, pois é uma grande e tradicional organização, respeitável sob todos os aspectos.

Leia o restante desse texto »


Notícias Mais Recentes do Japão

28 de Janeiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Notícias | Tags: , , , | 6 Comentários »

Como era de se esperar, as pesquisas efetuadas pela Nikkei, em conjunto com a TV Tokyo, indicam que o comportamento do secretário-geral do DPJ, Ichiro Ozawa, o principal da situação, nos seus depoimentos prestados aos promotores, não convenceu nem os que suportam este partido, de forma arrasadora. Ele sempre foi um político controvertido, e não pode chegar a primeiro-ministro. Isto afeta o prestígio do Gabinete de Yukio Hatoyama de forma insuportável, devendo provocar mudanças no futuro próximo. Lamentavelmente, os partidos de oposição que chegaram ao governo não têm conseguido se manter no poder por muito tempo, no regime parlamentarista daquele país.

A Toyota continua sendo atingido no seu prestígio pelo recall de mais outro modelo, depois de vários outros, sem que se consiga identificar a causa destas dificuldades nos aceleradores. Isto leva à suspensão da fabricação destes modelos, afetando este ícone da indústria automobilística japonesa, notadamente no mercado norte-americano, que apreciava os seus after services. Isto vem abrindo possibilidades para ascensão de outras marcas, como a dos coreanos, mais baratos e considerados de boa qualidade.

Os resultados de muitas empresas japonesas já acusam a volta dos lucros, ainda que não sejam elevados. É preciso notar que eles se referem ao terceiro trimestre do ano fiscal japonês, que só termina em março próximo.