Warning: Use of undefined constant chp_top_head - assumed 'chp_top_head' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/asiacomentada.com.br/public_html/wp-content/themes/cleanhomepro/header.php on line 27

Warning: Use of undefined constant chp_blurb_static_text - assumed 'chp_blurb_static_text' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/asiacomentada.com.br/public_html/wp-content/themes/cleanhomepro/header.php on line 54
Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

O Intercâmbio Sino-Brasileiro Atual e Bases Para Expansão


Warning: Use of undefined constant chp_show_date - assumed 'chp_show_date' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/asiacomentada.com.br/public_html/wp-content/themes/cleanhomepro/single.php on line 13
13 de junho de 2011
Warning: Use of undefined constant chp_show_author - assumed 'chp_show_author' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/asiacomentada.com.br/public_html/wp-content/themes/cleanhomepro/single.php on line 17

Por: Paulo Yokota |
Warning: Use of undefined constant chp_show_cat - assumed 'chp_show_cat' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/asiacomentada.com.br/public_html/wp-content/themes/cleanhomepro/single.php on line 21
Seção: Economia, Editoriais, Política
Warning: Use of undefined constant chp_show_tags - assumed 'chp_show_tags' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/asiacomentada.com.br/public_html/wp-content/themes/cleanhomepro/single.php on line 25
| Tags: , ,
Warning: Use of undefined constant chp_show_edit - assumed 'chp_show_edit' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/asiacomentada.com.br/public_html/wp-content/themes/cleanhomepro/single.php on line 29

Warning: Use of undefined constant chp_show_comment - assumed 'chp_show_comment' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/asiacomentada.com.br/public_html/wp-content/themes/cleanhomepro/single.php on line 33


Warning: Use of undefined constant chp_top_post_adsense - assumed 'chp_top_post_adsense' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/asiacomentada.com.br/public_html/wp-content/themes/cleanhomepro/single.php on line 38

Warning: Use of undefined constant chp_top_post_adsense - assumed 'chp_top_post_adsense' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/asiacomentada.com.br/public_html/wp-content/themes/cleanhomepro/single.php on line 38

A Folha de S.Paulo trouxe no domingo, dia 12 de junho, dois artigos de suma importância sobre o intercâmbio sino-brasileiro que merecem a atenção de todos que estão relacionados com este relacionamento. Um é de Fabiano Maisonnave, correspondente em Pequim do jornal e outro escrito pelo cônsul geral do Brasil em Xangai, Marcos Caramuru, junto com seu adjunto, Joel Sampaio. O primeiro observa que os serviços brasileiros na China ainda engatinham, com uma presença limitada, e o segundo trata do aumento do entendimento entre chineses e brasileiros, como base para o futuro aumento do intercâmbio econômico.

O que valeria a pena acrescentar é porque isto está acontecendo, com base na história do Brasil e exemplos dos intercâmbios efetuados com os Estados Unidos, Europa e Japão, ainda que superficialmente. Isto permitiria sugerir medidas para o aumento do intercâmbio bilateral, com bases mais sólidas.

Brazilian%20Consul-General

Cônsul geral do Brasil em Xangai, Marcos Caramuru de Paiva

É preciso admitir que na história brasileira tivemos origem como colônia e os europeus interessados em produtos do Brasil aqui estimulavam a sua produção, encarregando-se de todas as tarefas necessárias como o seu financiamento, inclusive seu escoamento para os mercados internacionais. Assim foi com o pau-brasil, açúcar, algodão e café, inclusive em suas formas contendo maior valor adicionado. Os locais se mantinham numa atitude passiva, só se interessando pelos países mais desenvolvidos por turismo ou educação de alguns dos seus filhos nas escolas daquelas regiões, que também ajudaram na ampliação dos conhecimentos. Este quadro só veio se alterando nas últimas décadas, ainda lentamente.

Mesmo no Japão, que é vizinho da China, seus interesses iniciais foram pela imigração dos seus excedentes populacionais, abastecimento de algumas matérias-primas, como o algodão, depois café, minérios etc. Foram os japoneses que instalaram seus bancos, tradings, algumas empresas como siderurgia, produção de celulose e alumina e outras para aproveitarem as matérias-primas locais. Só nas últimas décadas, quando o intercâmbio começou a ganhar dimensão, é que empresas brasileiras foram se instalar no Japão para atender os seus clientes tradicionais, seguido pelos bancos que também aproveitaram a capacidade japonesa de financiar atividades internacionais ou infraestrutura para atender as produções voltadas para o exterior.

Toda a iniciativa brasileira no exterior foi estimulada pelas autoridades diplomáticas e econômicas, que pensavam aproveitar a possibilidade de um intercâmbio mais substancioso. Mesmo na área educacional, foram os estrangeiros que ofereceram as primeiras bolsas que permitiram ampliar os conhecimentos recíprocos.

Mas a economia brasileira, com seus altos e baixos, acabou estimulando algumas empresas de porte a contarem com o mercado externo para ampliar suas atividades e minimizar as flutuações. Algumas empreiteiras começaram a conseguir projetos no exterior, sempre com a retaguarda das autoridades brasileiras. O Banco do Brasil foi estimulado a incrementar a sua presença no exterior, tanto para capitação de recursos como respaldo para as atividades de comércio exterior das empresas brasileiras, ao mesmo tempo em que auxiliava os empresários brasileiros a identificarem oportunidades de negócios no exterior. Como subproduto, acabou ajudando na formação de quadros de profissionais conhecedores das atividades internacionais.

No caso chinês, ele não se interessou por emigrações para o Brasil, como aconteceu em diversos países, inclusive em áreas pioneiras como nos Estados Unidos, no Canadá e na Austrália, que acabaram por fomentar o intercâmbio bilateral com a China. Agora, os chineses se interessam pelo fornecimento brasileiro de matérias-primas, minerais, energia e commodities agropecuárias, além de alguns produtos com um pouco mais de valor adicionado, como papel e celulose, produtos siderúrgicos, alimentos semiprocessados etc.

As empresas brasileiras instaladas na China ainda se voltam para a importação de produtos chineses competitivos no mercado internacional e aproveitamento dos baixos custos dos recursos humanos. Procuram auxiliar nas possibilidades de instalação de empresas chinesas no Brasil, inclusive para a exploração da infraestrutura, utilizando suas tecnologias e capacidades de investimentos/financiamentos. Precisam ser estimuladas pelas autoridades e agências promotoras das exportações do Brasil, como a Apex ou de financiamentos como o Banco do Brasil e instituições financeiras privadas para passos adicionais.

Devem aumentar consciências que sempre com o intercâmbio bilateral existem oportunidades para melhor aproveitamento dos sistemas logísticos, com cargas de ida e vinda. Também os riscos cambiais acabam sendo naturalmente neutralizados, sem a necessidade de uso do hedge, que sempre implica em custos. Os relacionamentos com os grandes conglomerados acabam gerando a identificação das oportunidades de bons negócios. E os recursos humanos, com melhor conhecimento recíproco, acabam facilitando os demorados processos de aprendizados das culturas, exigências das autoridades e burocracias empresariais distintas.

As autoridades necessitam dar um passo adiante, inclusive com parcerias público/privadas, pois no início do processo, os potenciais interessados privados no intercâmbio bilateral ainda temem os riscos envolvidos, e os riscos soberanos entre os Estados, ajudam a reduzi-los substancialmente.

Os intercâmbios de educação e pesquisa de alto nível, bem como a troca de bolsas de estudos devem contar com a participação governamental, não bastando às constatações das suas necessidades, mas estabelecendo projetos concretos. Nota-se que existem interesses recíprocos, mas o ritmo em que eles evoluem ainda não atende aos anseios de todos que acompanham estes processos.


Warning: Use of undefined constant chp_bottom_post_adsense - assumed 'chp_bottom_post_adsense' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/asiacomentada.com.br/public_html/wp-content/themes/cleanhomepro/single.php on line 44

Warning: Use of undefined constant chp_bottom_post_adsense - assumed 'chp_bottom_post_adsense' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/asiacomentada.com.br/public_html/wp-content/themes/cleanhomepro/single.php on line 44



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui:

Warning: Use of undefined constant chp_bottom_tracking - assumed 'chp_bottom_tracking' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/asiacomentada.com.br/public_html/wp-content/themes/cleanhomepro/footer.php on line 12

Warning: Use of undefined constant chp_bottom_tracking - assumed 'chp_bottom_tracking' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/asiacomentada.com.br/public_html/wp-content/themes/cleanhomepro/footer.php on line 12