Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

A Agricultura de Precisão

11 de Maio de 2015
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais e Notícias | Tags: , ,

clip_image001Uma das dificuldades existentes na agricultura é que muitos tendem a considerar que áreas são uniformes, mesmo quando existem diferenças dentro de uma gleba, como de solos.

 

Diferenças da qualidade dos solos numa mesma gleba

Um artigo elaborado por Jess Lowenberg-DeBoer, publicado no Foreign Affairs, informa sobre equipamentos que permitem análises de solos ao mesmo tempo em que está dotado de um GPS de forma que os encarregados por suas correções saibam exatamente suas localizações.

No passado, países de pequenas dimensões geográficas como o Japão contavam com institutos de pesquisa agrícola a cada 50 quilômetros, pois os solos, climas e outras características apresentavam diferenças para as diversas variedades de produtos agrícolas a serem exploradas. Os agricultores mais experientes sabem que, mesmo dentro de uma pequena gleba, os solos apresentam características diferenciadas, e suas correções mais adequadas devem ser efetuadas com maior eficiência em cada ponto.

Existem equipamentos que retiram as amostras necessárias, informando por GPS a sua exata localização, de forma que a acidez e insuficiências de alguns nutrientes sejam corrigidas naquele ponto específico, mesmo em glebas de razoáveis dimensões. Denominam isto de agricultura de precisão, pois as estimativas são de populações crescentes que precisarão ser alimentadas adequadamente.

O máximo de diferenciação são as áreas de plantio de uvas para a produção de vinhos de variadas qualidades, como podem ser encontradas em algumas regiões da França. Mesmo nos Estados Unidos o Departamento de Agricultura informa que somente 20% das áreas cultivadas utilizam tecnologias sofisticadas para cada localidade.

Mas estas mudanças já estão ocorrendo também em países emergentes como o Brasil e a Argentina, onde existem produtos agrícolas incorporando as tecnologias mais avançadas. As economias de corretivos e fertilizantes podem ser importantes, compensando o custo do uso destes avanços.

Como alguns destes equipamentos são de custos elevados, muitos agricultores os utilizam mesmo à noite, contando com dois GPS para a localização adequada, mesmo sem uma visão clara. Também as sementes utilizadas para as diversas plantas acabam sendo as mais adequadas para cada área, de forma que sua produtividade seja elevada.

Ao mesmo tempo, as pesquisas de variedades permitiram o desenvolvimento de uma cana de açúcar que atinge uma altura de 6 metros, ainda que o seu teor de sacarose seja mais baixa. Tudo indica que será destinada à produção de energia, que, além do etanol, permitirá a combustão de suas plantas.

Tudo isto mostra que o desenvolvimento da agricultura continuará sendo importante, no Brasil como no resto do mundo.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: