Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Recuperação da Racionalidade Política na Europa

15 de Maio de 2017
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Política | Tags: , ,

clip_image002A expressiva vitória que o partido de Angela Merkel, a CDU – União Democrata Cristã conseguiu na Renânia do Norte – Vestfália dá sinais de prosseguimento do que ocorreu na França, mostrando que a racionalidade política voltou a ter uma hegemonia na Europa.

A chanceler Angela Merkel e seu partido CDU conseguiu uma expressiva vitória local numa região estratégica para a política alemã neste fim de semana

Quando muitos já consideravam que Angela Merkel já estaria cansada e o seu partido, o CDU, não teria condições para continuar no poder, as eleições locais da estratégica Renânia do Norte – Vestfália deram uma vitória expressiva, ela que conta com um quinto dos eleitores alemães. Tudo indica que este resultado tende a se estender por todo o país, mostrando que Angela Merkel tem todas as condições de continuar no poder, reforçando a tendência de racionalidade na política Europeia, prosseguindo a conquista de Emmanuel Macron na França, onde foi empossado presidente.

Quando a Europa passava uma ideia de sua desorganização com o Brexit no Reino Unido e outros indícios de atitudes emocionais na política em diversos países, este é um sinal que o Velha Continente, com sua longa tradição política, conta com bases sólidas para continuar integrada, banindo guerras como as que ocorreram no passadas e promovendo uma maior integração continental, com consequências em todo o mundo.

clip_image004

Gráfico mostrando a vitória do CDU sobre o SPD numa eleição local na Alemanha, constante do artigo publicado no site da Bloomberg

Isto não significa que Angela Merkel vai continuar mandando na Europa, como insinuou Marine Le Pen na campanha eleitoral francesa, mas certamente a sua influência será importante, tanto que o novo presidente francês Emmanuel Macron já indicou que vai procurá-la para ajudar na recuperação da Europa, com o novo quadro que começa a se esboçar, a favor da continuidade da globalização e da imigração, vital para manter sua população crescendo e jovem, como foi da tradição dos últimos séculos que estava sendo ameaçado por tendências emocionais diante das dificuldades econômicas e políticas.

clip_image006

A importância do resultado desta eleição local na Alemanha fica mais claro quando se compara com o de 2012, quando o SPD tinha vencido, como mostra o gráfico constante do artigo no site da Bloomberg

Os dirigentes dos partidos que conseguiram resultados menos favoráveis já anunciaram a sua demissão, como é usual nos países onde a democracia está consolidada. Os resultados eleitorais são indicações do que os eleitores desejam.

Há, portanto, esperanças fundadas de uma mudança política e econômica na Europa, que se espera tenha fortes consequências no resto do mundo.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: